Angra inicia operação de Ordenamento e Monitoramento Ambiental e Turístico

Equipes de fiscalização e ordenamento estão atuando durante o Carnaval para garantir a preservação ambiental do município e a segurança de turistas e moradores

Por Vivian Costa e Silva
125 Visualizações

Angra dos Reis deu um importante passo em direção à ampliação da preservação e da gestão responsável de seus recursos naturais neste sábado (10), com o início da operação de Ordenamento e Monitoramento Ambiental e Turístico.

Ao todo, 83 novos profissionais distribuídos em oito equipes – cinco no mar e três em terra – estarão em ação durante os dias de Carnaval para garantir a segurança de turistas e moradores e a preservação do patrimônio natural da região junto ao efetivo já existente para esse trabalho. Coordenados por um técnico do meio ambiente, as equipes consistem em 21 monitores e 62 apoios operacionais.

O projeto, gerido pela Secretaria de Segurança Pública, integra a expertise do Instituto Municipal do Ambiente de Angra dos Reis (IMAAR), da Fundação de Turismo de Angra dos Reis (TurisAngra), da Secretaria Executiva da Ilha Grande e do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM), que garante a participação de órgãos estaduais e federais. A iniciativa busca intensificar a fiscalização, promover campanhas educativas e otimizar a atuação dos fiscais municipais no ordenamento, priorizando a prevenção.

– Angra dos Reis continua sendo a cidade mais procurada pelos turistas no estado do Rio de Janeiro, pelo segundo ano consecutivo, durante o Carnaval. Diante desse cenário, é mais do que justo ampliar os esforços de ordenamento, garantindo uma recepção acolhedora aos visitantes e incentivando os empresários a desempenharem seus papéis de maneira respeitosa às normas ambientais e sustentáveis. Angra está no caminho certo para um turismo cada vez mais próspero – comentou Marc Olichon, presidente da TurisAngra.

Equipadas com veículos e lanchas, as equipes terão a mobilidade necessária para cobrir todo o território terrestre e marítimo do município. O projeto representa um esforço conjunto para garantir segurança, preservar o meio ambiente e promover uma experiência turística positiva o município.

O treinamento definitivo, agendado para o dia 21 de fevereiro, terá como objetivo capacitar os monitores a compreender a dinâmica do trabalho, a importância da preservação ambiental e a abordagem adequada aos visitantes, operadores de turismo e demais envolvidos nas atividades turísticas.

– Nossa proposta é implementar um ordenamento mais eficaz tanto no litoral quanto no continente, visando assegurar a segurança dos turistas e da população. Estamos confiantes de que essa abordagem trará inúmeros benefícios para a cidade – afirmou o secretário de Segurança Pública, Douglas Barbosa.

Advertisement

VOCÊ PODE GOSTAR

Deixe um comentário

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

 

(24) 99926-5051 – Jornalismo

 

(24) 99234-8846 – Comercial

 

(24) 99234-8846 – Assinaturas

Canal diário do vale

colunas

© 2023 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996