Angra realiza exames de revisão do Mutirão de Catarata 

Revisões têm como objetivo assegurar a recuperação plena dos pacientes

by Agatha Amorim

Foto: Divulgação

Angra dos Reis – A cidade de Angra dos Reis realizou neste fim de semana, a revisão das cirurgias ocorridas no Mutirão de Catarata que aconteceu no final de abril e início de maio. A ação aconteceu no Estádio Municipal Jair Toscano e atendeu 409 pacientes.

A revisão é uma etapa essencial do mutirão, que abrange desde os exames pré-operatórios, passando pela cirurgia, os exames pós-operatórios, até chegar às revisões. O objetivo é assegurar a recuperação plena dos pacientes, garantindo a eficácia dos procedimentos.

O Mutirão de Catarata realizado no fim de abril deste ano atendeu 409 pessoas com o objetivo de restaurar a visão dos pacientes e, consequentemente, melhorar sua qualidade de vida. A catarata, uma das principais causas de cegueira no mundo, recebe atenção especial no município. As cirurgias são conduzidas por uma equipe de especialistas altamente capacitados, proporcionando o máximo de cuidado e eficiência.

Os pacientes encaminhados para a cirurgia passaram por avaliações prévias em suas unidades de saúde locais e foram referenciados para especialistas no Hospital Municipal da Japuíba (HMJ) ou no Centro de Especialidades Médicas do Parque das Palmeiras.

Os mutirões de catarata representam um avanço importante na saúde pública de Angra dos Reis, com mais de 5.000 cirurgias realizadas desde 2018. Em 2023, foram realizadas mais de 1.000 operações em quatro edições do mutirão. Todas as cirurgias são realizadas em uma carreta adaptada, seguindo rigorosamente os protocolos exigidos pela Vigilância Sanitária. Os prognósticos pós-operatórios são muito positivos, pois as cirurgias devolvem a autonomia aos pacientes em aproximadamente 90 dias.

– Gostaria de expressar meu sincero agradecimento à equipe da saúde de Angra pelos exames de revisão do mutirão de catarata. Participei neste fim de semana e fiquei muito satisfeito com o atendimento. A revisão foi essencial para garantir minha recuperação plena. A dedicação e o cuidado dos profissionais fizeram toda a diferença. Agradeço pela organização e atenção e pelo excelente trabalho prestado – comentou João Carlos Rodrigues, paciente atendido neste domingo.

You may also like

Leave a Comment

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996