quinta-feira, 15 de abril de 2021 - 08:32 h

TEMPO REAL

 

Capa / Educação / Angra tem Educação Infantil pública premiada

Angra tem Educação Infantil pública premiada

Matéria publicada em 8 de abril de 2021, 09:08 horas

 


Angra dos Reis – Quatro projetos, desenvolvidos por educadores da rede pública, estão entre as 100 melhores atividades do ‘Prêmio Educação Infantil: Boas Práticas de Professores durante a Pandemia’. O objetivo da ação foi reconhecer os professores de Educação Infantil, evidenciando as boas práticas realizadas com as crianças e suas famílias no contexto da covid-19, durante o ano de 2020.

O prêmio, promovido pela Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal, em parceria com a Undime (União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação) e a Fundação Itaú Social, recebeu 707 inscrições de todos os cantos do país. O Estado do Rio recebeu seis premiações, sendo que quatro delas são da rede pública municipal de Angra, muito bem representada pelas educadoras Adriana Oliveira Santos (Cemei Professora Deise Maria da Silva Vieira), Ana Paula Cruz Cardial Coelho (Cemei Jair Landim de Almeida), Michele Rocha Matias (Escola Municipal Brigadeiro Nóbrega) e Tatiana Mariano Pereira Brito (Ceti Escola Municipal Monsenhor Pinto de Carvalho).

O Cemei Jair Landim de Almeida realizou a atividade “Memórias afetivas: família e Cemei de mãos dadas nesta construção positiva”. A partir da problemática “que memórias estamos construindo no período de isolamento social?”, a unidade buscou promover a construção de memórias afetivas positivas, fortalecendo vínculos, vivenciando ricas experiências e aprendizagens, por meio de brincadeiras e interações, perpassando pelos vários campos de experiência.

Já a Escola Municipal Brigadeiro Nóbrega realizou o “Desafio 1ª Semana de Ciência e Tecnologia online – 2020”. O projeto consistiu em enviar aos alunos, via WhatsApp, a proposta de uma semana de desafios. Na iniciativa os alunos puderam compartilhar seus vídeos e fotos realizando as tarefas de uma maneira divertida. Boa parte das atividades necessitavam da participação das famílias e isso foi muito importante.

O Ceti Escola Municipal Monsenhor Pinto de Carvalho, desenvolveu “Brincadeiras em família” com a turma multianual de pré 1 e pré 2. Foram desafios simples como confecção de jogos, brincadeiras com sucatas e a partir de leituras também. O objetivo principal foi promover a integração entre as famílias, alunos e escola durante o período de isolamento social devido à pandemia, garantindo os direitos das crianças.

            Também premiada, a atividade “Pelo mundo virtual, me conecto ao Cemei!”, desenvolvida no Cemei Professora Deise Maria da Silva Vieira, foi construído coletivamente, levando em conta também a apreciação e sugestão das famílias, por meio de conversas, reunião de pais e participação do Conselho de Escola. Com muita contação de histórias, músicas, brincadeiras e materiais reaproveitados, o desafio era não deixar o vínculo escola-família se perder.

– Parabenizamos todos os profissionais vencedores e aqueles que ousaram participar deste projeto. Isso vai muito além de um prêmio, é principalmente o reconhecimento a nível nacional do profissionalismo, dedicação, comprometimento, superação, competência e amor com que essas educadoras e tantas outras de nossa rede colocam as crianças como protagonistas do processo de aprendizagem – destacou o secretário de Educação, Paulo Fortunato.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document