domingo, 31 de maio de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Região / ANP aponta preços iguais para a gasolina em 50% dos postos pesquisados em Volta Redonda

ANP aponta preços iguais para a gasolina em 50% dos postos pesquisados em Volta Redonda

Matéria publicada em 26 de março de 2018, 16:29 horas

 


Agência Nacional do Petróleo pesquisou doze postos da cidade e metade deles cobrou R$ 4,799 pelo combustível

Coincidência: Seis dos doze postos pesquisados tinham o mesmo valor para o litro de gasolina (Foto: Felipe de Souza - 10/01/2018))

Coincidência: Seis dos doze postos pesquisados tinham o mesmo valor para o litro de gasolina
(Foto: Felipe de Souza – 10/01/2018))

Volta Redonda – De acordo com o levantamento feito pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) no dia 21 de março, em doze postos de Volta Redonda, seis estabelecimentos cobravam um valor idêntico (R$ 4,799) pelo litro de gasolina. Ainda de acordo com o levantamento, sete dos doze postos pesquisados deixaram de apresentar a nota fiscal de compra do combustível que estavam vendendo.

Isso, contudo, ainda não é considerado suficiente para comprovar a prática de cartel e levar a uma possível punição dos envolvidos. De acordo com o site Âmbito Jurídico, a suspeita de cartelização no varejo de combustíveis é comum no Brasil:

“Denúncias de prática de cartel na revenda de combustível respondem por um terço do total das denúncias recebidas pela SDE, sendo que atualmente a SDE investiga aproximadamente 130 cartéis de combustíveis.  É sabido que o setor de combustíveis é propenso à cartelização por ter características como produto homogêneo, semelhança dos custos, barreiras regulatórias e atuação ativa por parte de Sindicatos de forma a auxiliar na uniformização ou coordenação das condutas comerciais de seus filiados”, afirma texto postado no site, citando o  Sistema Brasileiro de Defesa da Concorrência (SBDC, ou, SDE).

De acordo com o próprio site, o número tão elevado de casos investigados está ligado com a dificuldade de comprovação e manejo jurídico no ato de se penalizar tal crime.

O “Âmbito Jurídico” cita uma fala datada de 2012, da procuradora federal Rossana Malta de Souza Gusmão: “verificou-se que um número extremamente pequeno de casos envolvendo cartel no setor de combustíveis, efetivamente, resultava em condenações. A imensa maioria dos casos era, ao final, arquivada, muito embora demandasse grande dispêndio de recursos públicos durante o processo de investigação e julgamento”, afirmou a procuradora.

Variação

O preço de R$ 4,799 por litro, embora tenha sido o mais comum, não era o mais alto entre os preços praticados. Dois postos – um na Vila Santa Cecília e outro na Vila Mury – cobravam ainda mais pelo combustível: R$ 4,899 por litro.

Abaixo do patamar de R$ 4,799 foram identificados quatro postos: um no bairro São Lucas, que cobrava R$ 4,40 pelo litro da gasolina (o menor preço encontrado no levantamento), um no Conforto, com R$ 4,699, um no Centro, com R$ 4,736 e um no Retiro, com R$ 4,79.

Margens

O levantamento de margens de lucro dos postos feito pela ANP ficou prejudicado pelo fato de sete dos doze postos pesquisados não terem apresentado a nota fiscal de compra do combustível que estavam revendendo. Nos cinco postos que mostraram o documento, a margem (diferença entre preços de compra e de venda) variou de 12,19% a 18,70%.

Detalhe: a menor margem foi registrada no posto que também apresentou o menor preço ao consumidor, e também registrou o preço mais baixo de compra do combustível. A margem mais alta ficou com um dos postos que cobram o valor de  R$ 4,799. Os dois postos que cobravam R$ 4,899 por litro de gasolina estão entre os que não apresentaram o valor de compra do produto.

 

O preço da gasolina em Volta Redonda, pela pesquisa da ANP

 

postos


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

29 comentários

  1. Avatar

    Não se esqueçam que a comprovação de NF, não quer dizer que o produto é lícito, papel é facilmente adulterado. Nós vivemos no país da vergonha. Não adianta ficarem aqui reclamando que nada vai mudar, disso vcs tbm certeza.

  2. Avatar

    E assim, tudo como dantes, no quartel (cartel) de Abrantes. F da se o povo.

  3. Avatar

    Esse estardalhaço todo por uma coisa que a população já sabe a anos. Existe e vai continuar existindo cartelização de combustíveis na região; quero ver se tem macho que derruba esse cartel.

  4. Avatar

    Nossa heim, que beleza de trabalho da ANP. Posto vendendo gasolina sem a NF de compra e nada foi feito? Tinham que apreender todo o combustível desses postos.
    Tenta você, cidadão de bem, passar na blitz do pedágio de Itatiaia com dois eletrônicos novos sem NF pra ver o que te acontece!

  5. Avatar
    Morador do Vila Rica.

    Postos não apresentaram NF!! É gasolina adulterada, produto de roubo ou sei lá o que, tem é que investigar.
    Muito estranho isso.

  6. Avatar
    Pagador de impostos

    Essas agências reguladoras servem pra nada mesmo. Acabaram se transformando (não sei se desde o seu início) num grande cabide de emprego para os apaniguados políticos das “incelências”. Quer dizer que não é apresentada a nota fiscal de compra do produto e ficamos todos felizes e contentes ? Tente não apresentar um recibo de despesas se for chamado na receita federal. Você estará f… Mas, é claro, somos os pagadores de impostos. Até quando ?

  7. Avatar

    Nossa essa ANP é boa mesmo heim ! Fez pesquisa para descobrir o que a população já sabe a muito tempo.

  8. Avatar

    e o etanol, diesel e GNV???? Gás de cozinha tb !!! Todos são fiscalizados pela ANP

  9. Avatar

    Gente, não tem jeito! Tem que abastecer fora da cidade e forçar esses pilantras a reduzirem os preços. Meu dinheiro não vai para nenhum posto de Volta Redonda.
    ANP: que trabalho ridículo, posto sem nota, e ainda possivelmente gasolina batizada #vergonhaalheia
    DIÁRIO DO VALE: enunciado tendenciosos hein…

    • Avatar

      já ha mais de 2 anos que eu não abasteço meu carro em volred., porem o povo é muito desunido ,e preferem compartilhar com a ganançia

  10. Avatar

    E qual vai ser a providência a ser tomada?
    Quero é solução o preço eu já sabia…..

  11. Avatar

    Gasolina em recife 4, 10 no dia 22/03.

  12. Avatar
    Tô de olho em tudo

    E agora, qual será o próximo passo, se isto não configura cartel? Favor definir o que é então. Não entendi nada por que fizeram a pesquisa se não tem como definir CARTEL? Estamos em um ano eleitoral, tudo é possível.

  13. Avatar
    Smilodon Tacinus - O Emir Cicutiano

    A coisa já começa a feder quando se constata que a quantidade de postos de GASOLINA é praticamente a mesma desde o início dos anos 90, sendo que a frota hoje é múltiplas vezes maior, ou seja, maximização dos lucros via reserva de mercado… Os bancos, indústria siderúrgica e setor automobilístico também agem assim. Eles são todos “abiguinhos” uns dos outros, gostam até de estar próximos, quase um mutualismo corporativo…

  14. Avatar

    Simples, basta a população parar de andar de carro e optar por andar a pé, de bicicleta ou de ônibus. Tenho certeza absoluta que o preço do combustível cai. Lei da oferta e da procura. Infelizmente a ANP não limita o valor de venda do combustível é bem a margem de lucro de cada posto. Torço, sinceramente, que a comissão especial instalada na Câmara Municipal de Volta Redonda consiga esclarecer alguns fatos para população.

  15. Avatar

    Em Barra Mansa a gasolina esta mais barata.

  16. Avatar

    A populacao tem o poder de resover essa situacao. Basta querer. Mas esses merdas continuam a abastecer nos postos de VR… Vamos todos para BM… J faço isso desde que esse assunto começou a se espalhar pelo ZAP… Donos de posto em VR sao todos Canalhas. Canalhas. Canalhas

  17. Avatar

    Gasolina sem nota fiscal, misericórdia, estamos ferrados.

  18. Avatar
    TA DE BRINCADEIRA 01

    KKKKK PRECISOU DE UMA PESQUISA PARA SABER O O QUE ATE MEU FILHO DE 11 ANOS SABE…..

  19. Avatar

    Isso é o famoso cartel, será prq a gasolina é bem mais em conta em Barra Mansa e com preço melhor ainda em Resende, só aqui em VR é esse absurdo, e outra coisa o GLP gás de cozinha esta no mesmo caminho, preço combinado independente da marca, chega a diferença de 15,00 por botijão de gás do preço em Barra Mansa

  20. Avatar

    Se isso não é cartel… As endorinhas não voam, Papai Noel existe, e o Lula não é ladrão… Vcs estão de sacanagem. Daqui a pouco em VR, o preço do gás estará igual ao da gasolina… Isso tudo é normal…. kkkk… O povinho abençoado.

  21. Avatar

    Esse é o Brasil. A agência que regula o combustível acha normal um posto não apresentar NF. Cada um faz o que bem entende aqui. Por isso cada dia que passa esta melhor.

  22. Avatar

    Boicote. Nem nota fiscal apresentam para a ANP; a margem de lucro deve ser exorbitante.

  23. Avatar

    Gasolina sem nota fiscal, isso quer dizer que ela não tem procedência e ainda a esse preço tbm quer dizer roubo. Agora acaba com isso se todos estão vendendo pelo mesmo preço muito simples TABELA o valor de venda já vindo da distribuidora e assim acabe com o cartel. Ia me esquecendo sem a nota fiscal do produto como estão pagando os impostos?

  24. Avatar

    E daí, isso todo mundo sabe.

  25. Avatar

    Abasteci ontem em São José dos campos (25.03) a R$ 3,69.

  26. Avatar

    Isso tem que continuar, viu?

  27. Avatar

    Salve ! salve cartel

Untitled Document