>
segunda-feira, 20 de junho de 2022 - 09:27 h

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Após disparos de tiros, comércio da Colônia Santo Antônio fecha

Após disparos de tiros, comércio da Colônia Santo Antônio fecha

Matéria publicada em 20 de maio de 2022, 14:48 horas

 


Barra Mansa – Comerciantes da Colônia Santo Antônio também fecharam as portas no início da tarde desta sexta-feira, por volta das 13 horas, após criminosos dispararem tiros no bairro. Uma equipe de agentes da PM seguiu para o loca, mas ainda não há informação sobre o que está ocorrendo.

Moradores estão evitando sair de casa. Um carro foi incendiado na rua principal e deixou os ocupantes em pânico. Eles saíram do veículo correndo e ninguém ficou ferido.

Ônibus também foram incendiados, segundo informou o encarregado do Consórcio Triecon, que detém algumas linhas de ônibus que atendem a população de Barra Mansa, Marino Castro. Não foi informado, porém, o número de veículos incendiados. Por temer novos ataques, a circulação de ônibus de diversas linhas foram suspensas, incluindo Colônia Santo Antônio, Região Leste, Nova Esperança, Roselândia, São Luís, Piteiras, Vila Principal, Cajueiro, Ari Parreiras e Vale do Paraíba já estão parados no pátio da empresa, no bairro Vila Maria.  

A proprietária de um salão de beleza do bairro, que prefere não se identificar, foi uma das comerciantes que fechou o estabelecimento nesta tarde.

– Eu e a minha amiga fomos almoçar em um restaurante um pouco acima. Aí a gente escutou o barulho de três tiros, mas como foi no carro houve um estouro. Quando saímos pra ver já tinha dois carros pegando fogo, o pessoal correu para apagar e o que parecia era que não foi tiro pra matar ninguém. Só mesmo pra dar susto. Agora parece que a situação está mais tranquila, mas está um movimento de pessoas lá pra cima e nos optamos em fechar o salão- disse.

Segundo informações dos próprios moradores, empresas de ônibus não estariam entrando no bairro por causa do ato criminoso. Os passageiros estariam descendo no início do bairro.

 

Vila Delgado

Pela manhã, manifestantes incendiaram em sinal de protesto contra a morte de Vitor Hugo Marques de Lima, o “Vitinho”, de 19 anos, durante uma ação da PM, em Barra Mansa. O ato praticado por populares foi na Avenida Presidente Kennedy, próximo a Vila Delgado, no Ano Bom.

Pela versão da PM, o rapaz  teria recebido os agentes a tiros, que foram revidados por eles.Segundo os agentes, o jovem tinha grau de parentesco  com chefe do tráfico de drogas da localidade.  Moradores  da Vila Delgado disseram que o jovem era inocente.

Os autores colocaram fogo em pneus e colhões, interditando a avenida ao trânsito de veículos. Populares chegaram a apedrejar outros  ônibus, mas não houve informação de passageiro ferido. O clima chegou a ficar tenso no local, que foi reforçado por viaturas da PM

Em nota, o 28º Batalhão da PM  alega que na manhã desta desta sexta-feira, foi realizada uma operação da PM com o objetivo de retirar de circulação, armas, drogas e prender criminosos, na Vila Delgado. Durante as ações de vasculhamento, houve confronto  entre os agentes e um suposto criminoso, vindo a vítima, que teria grau de parentesco com o chefe do tráfico de drogas da localidade, a  trocar tiros com os agentes e,  em seguida,  morreu.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Me acabaram de falar que na Eduardo Junqueira e no São Luis , a coisa
    também está feia, com comércio fechados inclusive.

Untitled Document