>
sábado, 20 de agosto de 2022 - 00:17 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Artigo de egresso da Engenharia Elétrica do UniFOA é premiado internacionalmente

Artigo de egresso da Engenharia Elétrica do UniFOA é premiado internacionalmente

Matéria publicada em 1 de julho de 2022, 17:17 horas

 


Volta Redonda – Egresso da Engenharia Elétrica do UniFOA, Italo Pinto Rodrigues foi premiado por um artigo publicado em 2021, intitulado Modeling satellite battery aging for an operational satellite simulator. Doutorando em Engenharia e Tecnologia Espaciais no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), ele desenvolveu um projeto e publicou artigo referente a seus resultados na revista Advances in Space Research, do Reino Unido.

O trabalho foi reconhecido pelo COSPAR (Committee on Space Research) – comitê de cientistas na área espacial sediado em Paris, França. Esse órgão tem como objetivos promover a pesquisa científica no espaço, em nível internacional, com ênfase no intercâmbio de resultados, informações e opiniões, além de proporcionar um fórum, aberto a todos os cientistas, para a discussão de problemas que possam afetar a pesquisa científica espacial.

Estes objetivos são alcançados através da organização de assembleias científicas, publicações e outros meios. O comitê premia artigos de jovens cientistas, com idades até 31 anos na data de sua publicação.

Italo divide a autoria do artigo com Priscylla Oliveira, Ana Maria Ambrosio e Ronan Chagas. O prêmio será entregue durante o 44th COSPAR Scientific Assembly – COSPAR 2022, em Atenas, na Grécia. O evento será realizado entre os dias 16 e 24 do mês de julho. Italo, que não poderá estar presente, recebeu seu certificado em casa.

Para ele, o prêmio representa várias vitórias: “Primeiramente, acho que o prêmio é um reconhecimento à dedicação que tivemos na condução deste artigo. Sobretudo porque durante 2020, primeiro ano da pandemia, tivemos dificuldades na obtenção dos dados. Mas conseguimos superar a situação e, agora, ser reconhecido é algo que realmente motiva e alegra”, comemora.

O artigo de Italo, traduzido de maneira simples, buscou modelar o comportamento de um satélite usando redes neurais artificiais, de maneira a se obter mais fidelidade durante as operações com um satélite. Tudo isso mostrando também um modo menos custoso, computacionalmente, de realizar os diversos cálculos inerentes ao simulador, preservando os aspectos de tempo quase real – necessários para manter a fidelidade do modelo.

Atualmente, ele também é professor responsável pelas disciplinas de Projeto, Aplicações em Engenharias 4.0 e Eletrotécnica e Acionamentos no Centro Universitário de Volta Redonda (UniFOA).

O jovem cientista reconhece que o prêmio indica que está no caminho certo: “A pesquisa representa o estado da arte em termos de simulação de satélites. O reconhecimento nos motiva a seguir em frente realizando excelentes trabalhos”, finalizou.

Um vídeo, postado no YouTube, mostra um evento do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) apresentado por Italo.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document