>
terça-feira, 28 de junho de 2022 - 21:53 h

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Assistência Social de Barra do Piraí promove conscientização contra abuso sexual infantil

Assistência Social de Barra do Piraí promove conscientização contra abuso sexual infantil

Matéria publicada em 20 de maio de 2022, 08:55 horas

 


Barra do Piraí – A Secretaria de Assistência Social, da Prefeitura de Barra do Piraí, promoveu, na manhã de quarta, 18, a primeira caminhada contra o abuso e exploração sexual infantil, em alusão ao mês de maio. A ação visa alertar os moradores quanto à responsabilidade cidadã quanto ao tema, que atinge todas as camadas sociais. Outras atividades acontecem até sexta, 20, com panfletagens e trabalhos de conscientização.

Conhecido como “Faça Bonito”, o programa difundido pela Assistência Social é uma iniciativa do Ministério da Cidadania e Família, do Governo Federal, e visa denunciar casos de abuso e exploração sexual infantil. A data é uma referência a morte da pequena Araceli Crespo, abusada e assassinada brutalmente aos 8 anos de idade, em 18 de maio de 1973, em Vitória, capital do Espírito Santo. Este movimento tem ganhado notoriedade no Brasil, onde, segundo dados oficiais, cerca de 70% dos casos contra crianças e adolescentes estão ligados a pessoas da família ou próximas dela.

De acordo com a diretora de Proteção Social Especial, Eliane Ribeiro, Barra do Piraí também possui casos de abusos sexuais e de exploração, e “assim como os demais municípios, a população precisa denunciar”. Explica que essa agenda nacional – e de mobilização – envolve todo o município. Para acionar, é preciso ligar, gratuitamente, ao número 100, do Governo Federal; ou procurar os Centros de Referência Especializada em Assistência Social (Creas). “É um dia de luta! Datas como esta precisam ser incutidas no dia a dia da população, no sentido de conscientizar e denunciar a exploração sexual, mobilizando a sociedade e a comunidade. A morte de Araceli se deu há 49 anos, mas ainda é uma realidade atual; crianças morrem ou carregam estes traumas por conta da violação dos seus direitos; e os maiores estão em suas famílias. Portanto, utilizem os canais, como o Disque 100, para que sejam denunciados”, alerta Eliane.

O prefeito de Barra do Piraí, Mario Esteves, relembra quando refez e readequou a Secretaria de Assistência Social do município, dando total liberdade para que fossem implementados projetos voltados para toda a população local. O chefe do Executivo pontuou a necessidade de criar mecanismos diretos de denúncia, como o Disque 100, e de ampliar ferramentas como os Creas, onde a sociedade seja parceira do Poder Público. “Não podemos e não devemos ser detentores e apropriadores de propostas como estas. Somos responsáveis pela difusão social de atividades como o de combate ao abuso de crianças e adolescentes. Nosso município, hoje, está completamente preparado a defender estas pessoas, indefesas por uma série de fatores. E a população também deve estar inserida nesse contexto; com atuação ativa e direta em pontos como este. Portanto, denuncie”, finaliza Mario.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document