terça-feira, 7 de dezembro de 2021 - 18:31 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Associação de Moradores do Açude se solidariza com família que teve casa incendiada

Associação de Moradores do Açude se solidariza com família que teve casa incendiada

Matéria publicada em 8 de junho de 2021, 07:58 horas

 


A casa da Dona Maria ficou totalmente destruída pelo fogo – Foto: Divulgação Mylenna.

Volta Redonda- Em um período em que a dificuldade de muitas famílias aumentaram com a pandemia, a AMABA(Associação de Moradores e Amigos do Bairro Açude I,II,III e IV), se sensibilizou com a história de uma família que perdeu tudo no último sábado durante um incêndio e resolveu ajudá-la.

Segundo Alan Cunha, presidente da AMABA, a família residia na rua Benedito dos Santos, servidão Nossa Senhora de Aparecida, no Açude I, onde morava a Dona Maria José, uma senhora de 72 anos, seus dois bisnetos de 4 e 6 anos e duas netas de 23 e 19 anos. De acordo com Alan, a Dona Maria é uma pessoa muito querida e se mantém recolhendo material reciclado nas ruas do bairro. Mas infelizmente na noite de sábado, dia 5, um incêndio causado por um problema na fiação elétrica da casa acabou destruindo toda a residência e o material reciclado que a moradora tinha recolhido.

“Estivemos no local domingo à tarde, mas infelizmente não encontrei mais ninguém da família. A AMABA se sensibilizou com o incidente e está disponibilizando o seu espaço físico para receber doações de roupas, cobertores, cestas básicas, telhas, fiação elétrica, uma caçamba para retirar o que foi queimado ou qualquer outra coisa que possar dar mais conforto e dignidade a essa família”, afirmou Alan.

Segundo o representante da associação de moradores, a AMABA já realiza um trabalho social dentro da comunidade para ajudar outras famílias do bairro. “Como a associação funciona somente uma vez por semana, na quarta-feira, de 9 às 18h, estou verificando a possibilidade de abrir a sede em mais um dia da semana para aumentar as doações, talvez na sexta ou sábado. Mas quem estiver interessado em ajudar pode agendar um horário através do nosso WhatsApp 55-24-99999-8177 ou entregar pessoalmente na nossa sede na Rua Sr. Miguel de Oliveira (antiga rua N), Nº 07 – Açude I”, informou Alan.

Sem nada

Para a neta da Dona Maria, Mylenna de Souza, de 23 anos, que estava trabalhando na hora em que o fogo começou a destruir a casa, por volta das 20h do último sábado, ver a residência sendo destruída deu muita tristeza no coração.

– Infelizmente perdemos quase tudo, mas Graças a Deus ninguém se feriu. Na casa morava a minha avó, o meu filho de 6 anos, uma filha de 4 anos, eu a minha irmã de 19 anos. A causa do incêndio foi um curto circuito na rede elétrica e apesar de todos da casa já estarem dormindo quando o fogo começou, os vizinhos logo aparecerem e conseguiram retirar todo mundo com segurança – disse aliviada a neta da Dona Maria.

De acordo com Mylenna, até o momento ela e sua avó só tem recebido ajuda dos vizinhos, e por enquanto estão vivendo na casa de parentes. “A minha avó já foi no Cras do Açude pedir ajuda e foi informada que eles irão entrar em contato com a Secretaria Municipal de Ação Comunitária (Smac) para verificar qual o tipo de atendimento será oferecido a família”, disse.

Para quem desejar ajudar a família com alguma doação em dinheiro o nº do pix é 16399793793, conta corrente é agência 3880 / operação 1288 / conta 842531616-0(Caixa Econômica), no nome de Mylenna de Souza.

Telefone de contato: 24-998281818

Toda ajuda será bem-vinda, pois a casa terá que ser reconstruída e a fiação terá que ser refeita.

 

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document