>
sábado, 2 de julho de 2022 - 09:00 h

TEMPO REAL

 

Capa / Internacional / Ataques ‘jihadistas’ matam 44 e ferem dezenas no Iraque

Ataques ‘jihadistas’ matam 44 e ferem dezenas no Iraque

Matéria publicada em 12 de julho de 2015, 17:00 horas

 


Bagdá – Pelo menos 44 pessoas morreram, entre elas 30 militantes do autoproclamado Estado Islâmico (EI), e dezenas ficaram feridas, em confrontos, bombardeios e explosões em vários pontos do Iraque, segundo fontes de segurança. As informações são da Agência Lusa.

Na cidade de Kirkuk, a 250 quilômetros a norte de Bagdá, ‘jihadistas’ atacaram três sedes das forças de segurança curdas “peshmergas”, disse à agência EFE uma fonte local.

As forças curdas, protegidas pela aviação da coligação internacional liderada pelos Estados Unidos, repeliram os ataques e mataram 30 ‘jihadistas’, causando, ainda, algumas dezenas de feridos, segundo a mesma fonte.
Do lado das forças iraquianas, oito soldados foram mortos e cinco feridos num ataque de um homem-bomba, que viajava num automóvel na zona de Abu Flis, a leste da cidade de Ramadi.
Um ataque a uma concessionária de automóveis, próximo da zona de Al Bayaa, a sudoeste de Bagdá, causou a morte de duas pessoas e feriu outras sete.
Mais quatro perderam a vida e 15 ficaram feridas, num atentado a bomba na praça de Adén, em Qadimiya, a norte da capital iraquiana.

O Iraque enfrenta, desde junho de 2014, uma guerra contra o autoproclamado EI, que tem conquistado zonas do território e proclamou um califado no país e na vizinha Síria.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document