quarta-feira, 28 de julho de 2021 - 18:22 h

TEMPO REAL

 

Capa / Plantão da redação / Atendimento no Centro de Tratamento da Covid-19 em Itatiaia está previsto para iniciar a partir do dia 1º

Atendimento no Centro de Tratamento da Covid-19 em Itatiaia está previsto para iniciar a partir do dia 1º

Matéria publicada em 23 de fevereiro de 2021, 08:49 horas

 


O primeiro Centro de Tratamento Covid-19, foi erguido em estrutura modular – Foto: Divulgação PMI.

Itatiaia- Criado para atender pacientes com suspeitas ou infectados pelo novo coronavírus, a implantação do primeiro Centro de Tratamento da Covid-19, montado pela Prefeitura de Itatiaia já está na reta final.

A Unidade, de 200m² foi erguida no Hospital Municipal Dr. Manoel Martins de Barros, no Jardim Itatiaia e a previsão é que seja finalizada nesta sexta-feira, dia 26.

De acordo com Secretaria Municipal de Saúde, no momento os profissionais que atuam na implantação do Centro estão trabalhando na ligação da rede de distribuição gás e do ar condicionado. O início do funcionamento da unidade está previsto para acontecer na próxima segunda-feira, dia 1º de março.

Dos 15 leitos que serão abertos, 10 são de baixa complexidade(enfermarias) e 5 leitos com respiradores, serão disponibilizados para estabilização de pacientes de alta complexibilidade (sala vermelha). O objetivo da unidade é fazer o primeiro atendimento e a triagem dos pacientes com síndromes respiratórias, e receber aqueles com sintomas da Covid-19.

O primeiro Centro de Tratamento Covid-19, foi erguido em estrutura modular. O espaço conta com piso vinílico, que confere ao espaço um aspecto de limpeza e também terá mobiliário, entre outros equipamentos adequados ao atendimento de forma a oferecer mais comodidade para pacientes e profissionais de saúde.

No Centro, os pacientes serão atendidos por uma equipe multiprofissional composta por médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, fisioterapeutas, entre outros profissionais.

Com o início do funcionamento da Unidade, a Tenda de Síndromes Respiratórias, onde atualmente são realizados os atendimentos, será retirada permitindo assim a continuidade das obras no Hospital Municipal, como na lateral da maternidade, que estavam paralisadas.

 

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document