>
quinta-feira, 26 de maio de 2022 - 14:55 h

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Ator e diretor Bernardo Maurício morre em Volta Redonda

Ator e diretor Bernardo Maurício morre em Volta Redonda

Matéria publicada em 17 de janeiro de 2022, 20:05 horas

 


Volta Redonda – O ator e diretor de teatro Bernardo Mauricio, de 82 anos, morreu nesta segunda-feira (17), em Volta Redonda. Natural de Alenquer, no Pará, ele estava internado no Hospital Regional Zilda Arns desde o início do mês por ter sofrido um infarto associado a um AVC (Acidente Vascular Cerebral). Na unidade, acabou testando positivo para a Covid-19 e não resistiu, falecendo por volta do meio-dia. Bernardo Mauricio deixa dois filhos, Narciso e Eva Musa, e duas netas.

Ao longo de sua trajetória, Bernardo Mauricio participou ativamente do teatro de resistência em Volta Redonda. Chegou a ficar preso por 77 dias, enfrentando cerca de 30 interrogatórios por conta de um espetáculo teatral, no Teatro Santa Cecília, que comemorava os 20 anos da Declaração dos Direitos Humanos da ONU, em 1978 . Morou no Rio de Janeiro, estudou no Tablado e participou da montagem histórica de “Sonhos de Uma Noite de Verão”.

Bernardo dedicou sua vida ao ensino do teatro em Volta Redonda. Em 1981, montou uma peça na Praça Brasil envolvendo 250 atores, o primeiro dos mais de 30 espetáculos que dirigiu na cidade. A partir de 1985, foi diretor do departamento de teatro da Secretaria Municipal de Cultura e criou o Centro Experimental Novos Atores, o CENA, onde formou mais de mil alunos. Tinha como sonho reativar o Teatro Santa Cecília.

Nas redes sociais, amigos e fãs do trabalho do diretor de teatro lamentaram a perda.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. Uma perda pra cena cultural da região…ele fez acontecer o teatro por aqui…

  2. Estudei teatro com ele em 1981 e fiz parte do grupo No Olho da Rua. Grande perda oara a cultura da cidade que não deu o devido valor a ele .

Untitled Document
close