>
sexta-feira, 19 de agosto de 2022 - 23:29 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Banco de Sangue de Volta Redonda recebe doação coletiva de policiais federais

Banco de Sangue de Volta Redonda recebe doação coletiva de policiais federais

Matéria publicada em 6 de julho de 2022, 15:33 horas

 


Cerca de 15 funcionários da delegacia da cidade foram ao hemonúcleo, no Hospital São João Batista, na manhã desta quarta-feira, dia 6

Volta Redonda – O Núcleo de Hemoterapia de Volta Redonda, localizado no Hospital São João Batista (HSJB), recebeu nesta quarta-feira, dia 6, uma campanha de doação de sangue coletiva promovida pela Polícia Federal de Volta Redonda. Ao todo, 15 doadores, entre funcionários e policiais, participaram da ação no Banco de Sangue.

Dentre os presentes estava o delegado chefe da Polícia Federal de Volta Redonda, Pedro Paulo Simões. Ele destacou que esta é a segunda vez desde o início da pandemia de Covid-19 que a instituição promove a doação de sangue coletiva na unidade.

“Sempre procuro doar sangue, pelo menos uma vez ao ano, e pensei em não vir sozinho, mas movimentar outras pessoas para virem doar também, porque é uma atitude cívica, cristã e que salva vidas. A Polícia é uma instituição que tem credibilidade pública e dar este bom exemplo, incentiva outras instituições e a se movimentarem também, realizando mais campanhas de doação de sangue e, assim, ajudando a aumentar os estoques que estão sempre baixos”, disse.

O policial federal Altenir Nunes, de 59 anos, participou da campanha e ressaltou que doa sangue com frequência.

“É muito interessante estarmos estimulando este bom exemplo para outras instituições e também para a sociedade. Felizmente nunca precisei de receber sangue, mas sei que a minha doação salvou muitas vidas. Por isso, as instituições precisam ter este papel social de incentivar mais pessoas a virem doar sangue com mais frequência”, opinou.

O coordenador técnico do Núcleo de Hemoterapia, o médico hematologista Luiz Gonzaga Lula de Oliveira Lima, falou sobre a importância das instituições realizarem campanhas de doação de sangue.

“A Polícia Federal é uma instituição grande e só temos a agradecer ao delegado Pedro Paulo, aos policiais e aos funcionários por promoverem esta doação de sangue. Durante todo o mês de junho, também recebemos diversas outras campanhas e isso é muito importante, porque este bom exemplo incentiva e contribui para que mais pessoas criem a consciência, o hábito de doar sangue regularmente”, afirmou Lula.

Como doar

O Banco de Sangue de Volta Redonda funciona no Hospital São João Batista e a captação de doadores é feita das 7h às 13h, de segunda a sexta-feira. Não é necessário o agendamento para a realização da doação e nem estar em jejum. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone: (24) 3339-4242 (ramal 325 e 326).

Requisitos para ser doador:

– Pessoas entre 16 e 69 anos (menores de 16 e 17 anos precisam da autorização dos pais ou responsáveis);
– Estar em boas condições de saúde (quem apresentar febre, gripe ou outras infecções não deve doar sangue);
-Aguardar dois dias se foi vacinado contra a Covid-19 com a vacina CoronaVac;
-Aguardar sete dias se foi vacinado contra a Covid-19 com outro imunizante.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document