;
quinta-feira, 26 de novembro de 2020 - 06:44 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Bares e boates são interditados e notificados em Volta Redonda

Bares e boates são interditados e notificados em Volta Redonda

Matéria publicada em 13 de setembro de 2020, 17:17 horas

 


Volta Redonda – A Força-tarefa de Volta Redonda realizou mais operações de fiscalização neste final de semana , resultando na interdição de cinco bares e três boates pelo município. A força-tarefa, composta pela Guarda Municipal, secretarias de Fazenda e de Segurança Pública, Vigilância Sanitária, além das polícias Militar e Civil e Ministério Público, nesse final de semana. A ação serve ainda para promover orientação aos estabelecimentos.

Sexta-feira

Na sexta-feira, dia 11, a ação aconteceu das 21h até meia noite nos bairros Aterrado, Vila Americana, Eucaliptal, São Geraldo, São João e Jardim Amália e serviu para coibir aglomeração nesses locais, bem como a não utilização de máscaras de proteção. Um bar, no bairro Aterrado, foi autuado por estar usando o passeio público com mesas e cadeiras sem possuir a devida licença.

Nos bairros São João, Jardim Amália e Aterrado três boates foram notificadas para que o responsável tenha ciência de que a atividade de discoteca continua suspensa por tempo indeterminado. Já no bairro Eucaliptal dois bares foram interditados e autuados devido a aglomeração de pessoas na porta do estabelecimento e pelo uso do passeio e via publica com mesas, cadeiras e churrasqueira. Pelos mesmos motivos outro bar foi interditado no bairro São Geraldo.

Sábado

No sábado, dia 12, a ronda foi realizada no Aterrado, Monte Castelo, São João, Retiro, Belmonte e Ponte Alta. Três estabelecimentos foram interditados temporariamente no Retiro. Todos eles já foram notificados tanto por não evitarem aglomerações quanto ao uso indevido de mesas e cadeiras em via pública e calçadas, além de não possuírem alvará. Esses estabelecimentos também já foram autuados, por mais de uma vez, por diferentes agentes fiscais, no entanto, todos eles continuavam descumprindo os termos legais vigentes e desconsiderando as autoridades municipais.

No bairro Belmonte uma chopperia foi autuada pelo uso indevido de mesas e cadeiras na calçada, sem licenciamento.

O diretor do Departamento de Atividades Econômicas e Sociais da Secretaria Municipal de Fazenda, Wagner Jardim Chaves, afirmou que alguns proprietários alegam que precisam recuperar os meses fechados e, por isso, não têm controle sobre o publico.

– Entendemos que a necessidade de gerar emprego e renda nesse momento é importante, mas não se sobrepõe à saúde da população. É preciso que todos os estabelecimentos se adequem ao momento de pandemia, às restrições que decorrem da necessidade de preservar a saúde de todos e às determinações legais do poder público – disse o diretor.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

8 comentários

  1. Avatar

    Esta faltando passar no Jardim Vila Rica – Tiradentes, Sexta e sábado a noite, Estabelecimento com musica ao vivo Alem da aglomeração. Barulho demais, não tem tratamento acustico. na Avenida 5

  2. Avatar

    Como que a gente vai fazer, para interditar as praias, tem um milhão de gente na praia de Copacabana sem máscaras, aliais ! as praias do Brasil inteiro estão todas lotadas…então daqui 15 dias não vai ter respirador mais ?

    • Avatar

      Sociedade fria, egoísta e calculista.

      Quanto vale uma vida?

      Um banho de mar?

      Volta as aulas nesse momento é inviável!

      Crianças não seguem protocolo!

      Adolescentes não seguem protocolo!

      Podem ser assintomaticos , mas transmitem muitoooooo!

      Crianças tem carga viral, mesmo assintomaticas maior que uma pessoa com covid em UTI.

      Professores seriam muito expostos.

      Quem vê cara não vê COVID!

      Professores em sua maioria são grupo de risco, devido ao sedentarismo, sobrepeso, problemas circulatorios, problemas de pressão, diabete tipo 2 etc.

      2 semanas após volta as aulas em Manaus, com “protocolo” , 1/3 dos professores foram contaminados .

      Isso no ensino médio…

      Aí o governo de Manaus desistiu do plano de volta às aulas .

      Pais morreriam, avós, professores, etc…

      Pois esses jovens e crianças contaminariam à todos, em ambiente fechado e no transporte até a escola.

      Mas muitos pais não querem entender!

      Muitos com covid não chegam a morrer , mas muitos passam 2, 3 semanas entubado em UTI e depois ficam com sequelas para tratarem por meses.

      Se professores forem altamente infectados, vários ficarão sem condições de ensinar, nem remotamente.

      Crianças e jovens são o futuro , tem que ser poupados de sequelas.

      E professores são grandes responsáveis por esse futuro.

      Ps Não sou professora, mas tenho empatia e me solidarizo com eles, também tenho filhos , mas no momento voltar às aulas é loucura!

      Sem falar que estamos quase no final do ano.

      Aceita que dói menos!

  3. Avatar

    Não à volta as aulas presenciais!

    Para aqueles que dizem que não tem aula para quem quer estudar aprende.

    Para os pais que se dispõe em.separar um tempo a noite, de dia ou fim de semana para acompanhar seus filhos , tirando dúvidas tá dando certo.

    Tenho 2 filhos, um no médio e outro no fundamental, estão acompanhando os estudos .

    O que eles tem dúvidas, na internet tem vários vídeos com aulas no YouTube , inteiramente grátis.

    É no período que estariam na escola , manhã ou tarde se dedicam aos estudos.

    Não estão soltando pipa, jogando bola ou videogame , pois não estão de férias.

    Escola não é para criar filhos.

    Professores estão trabalhando remotamente.

    O ensino remoto não é o ideal,mas nesse momento é o melhor a se fazer!

    Filho dá trabalho!

    Tem que ajudar nos estudos e dizer não, impor regras…

    Quem educa são os pais!

    Não quer ter trabalho, não tenha filhos!

    A maioria que fala em volta as aulas é para ficar livre do filho ou quando é aluno é para ir para escola fazer social.

    Hoje se faz curso técnico, faculdade, pos graduação à distancia.

    Os pais tem que se envolveram nos estudos , meus filhos com 5 anos entraram no 1 ano e os 2 já tinham sido alfabetizados por mim e não sou professora.

    É gostoso acompanhar na escola?

    Não, não é, dá trabalho, irrita, stressante demais, mas faz parte da responsabilidade de ser pai ou mãe.

  4. Avatar

    Parabéns à Fiscalização.
    Tem que interditar mesmo.
    O povo está achando que já voltou tudo ao normal, mas tem morrido mais gente do que mês passado.
    Sou a favor de liberar alguns lugares, mas liberar boate, escolas e salão de festas vai fazer aumentar muito os casos em Volta Redonda.
    Esses fiscais são guerreiros. Colocam em risco a própria saúde para defender a saúde da população.
    Deveriam receber uma medalha de bravura por isso.

  5. Avatar

    Mto bem feito! Quem sabe tomem vergonha na cara!

    • Avatar

      Vocês tem que vim na vista Alegre , a boate área restrita tá funcionando normalmente , é um absurdo , será que o dono é policial aí pode ?

  6. Avatar

    Precisam do dinheiro,ok.

    Mas há regras.

    Regras foram feitas para serem cumpridas.

    Não sabe brincar não desde pro play.

    Quando o MP fechou tudo, aceitaram tudo e agora que está aberto não querem cumprir.

    Eu andando no Vila Rica vi uma lojinha de artigos da roça, queria entrar, mas não foi possível pois a pessoa que estava lá dentro estava sem mascara.

    Espantam a clientela …

    Quando não tomam as medidas sanitárias para evitar o covid espantam o cliente.

    Eu quando vou em um mercado e vejo que não estão cumprindo as regras não volto.

    Bar, mercado, comércio tem um monte , respeitar as regras não perde clientela, muito pelo contrário , faz ganhar clientes.

    Depois dizem que se escolar voltar vão cumprir regras…

    Aluno, dá soco em professor, joga carteira, não lava mão, uns assoam nariz na blusa, sacaniam os pais, definitivamente ninguém cumprirá protocolo.

    Protocolo, nem adulto está cumprindo, crianças não cumprirão , muito menos aborrecentes.

    Engraçado que os que menos estudam reclamam que querem voltar pra escola, os que estudam seguem em casa estudando, pois na verdade estudar não querem, querem é fazer social.

Untitled Document