sexta-feira, 25 de setembro de 2020 - 18:17 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Barra do Piraí fará outra testagem em massa de Covid-19 em idosos neste sábado

Barra do Piraí fará outra testagem em massa de Covid-19 em idosos neste sábado

Matéria publicada em 7 de agosto de 2020, 13:53 horas

 


Barra do Piraí – A Secretaria de Saúde de Barra do Piraí promoverá a quarta testagem em massa para Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, desta vez será voltada para os idosos acima dos 60 anos, no próximo sábado (8). O evento ocorrerá no Parque de Exposições, no bairro da Química, das 9 às 16 horas, pelo sistema drive thru (sem sair do carro). Uso de máscara é obrigatório.

O teste em massa será feito por drive thru para evitar aglomerações e que passem pela amostragem pessoas que não são de Barra do Piraí. Para tanto, é preciso levar Cartão SUS, Identidade e Comprovante de Residência, com moradia em bairros barrenses.

Testagens em massa

A prefeitura de Barra do Piraí realizou a primeira testagem em massa em abril deste ano, com 1,1 mil pessoas, nos postos de saúde do município, através da coleta sanguínea ou sorologia.

Em junho, a prefeitura repetiu o feito, com mais 600 barrenses. Na primeira quinzena de julho, 154 taxistas passaram pelo mesmo procedimento. E agora, o governo municipal pretende nortear seus trabalhos frente aos casos positivos em idosos. Em todas as aferições, cerca de 10% testaram positivo, segundo a Secretaria de Saúde.

O secretário de Saúde, Juberto Folena de Oliveira Júnior, destacou que o mapeamento de casos ou a aferição feita em grupos específicos pode dar um rumo científico aos estudos em pacientes. Ele relembrou do quantitativo de testes em massa, feito na cidade, desde que a pandemia teve início, seguindo ditames técnicos promovidos em todo o planeta.

– Não sabemos até onde os idosos são imunes a este novo vírus. O mundo está em estudos. Quando o novo coronavírus surgiu, diziam se tratar de doença de pessoas da Terceira Idade. Vimos que esse mito foi derrubado; muitos jovens estão se contaminando; outros até vindo a óbitos. Porém, a categoria de idosos merece atenção específica. Não sabemos até onde chegaremos com estes números – e nem quantos serão positivados sem, ao menos, terem apresentado sintomas. Mas, o mais importante é que não estamos nos esquecendo deles – destacou o secretário.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document