>
segunda-feira, 15 de agosto de 2022 - 15:34 h

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Barra Mansa amplia 4ª dose contra Covid-19 a partir de segunda-feira

Barra Mansa amplia 4ª dose contra Covid-19 a partir de segunda-feira

Matéria publicada em 5 de junho de 2022, 09:59 horas

 


Profissionais da Saúde e pessoas maiores de 50 anos também poderão receber segundo reforço contra a doença

As doses pediátricas, destinadas a crianças de 5 a 11 anos de idade ou imunossuprimidas, continuam sendo aplicadas em alguns postos de saúde – Foto: Chico de Assis(PMBM).

Barra Mansa- A Prefeitura de Barra Mansa, por meio da Secretaria de Saúde, divulgou o calendário de vacinação contra Covid-19, Influenza e sarampo desta segunda-feira, dia 6. A novidade é a ampliação da quarta dose contra o coronavírus para o público a partir de 50 anos de idade e para profissionais da Saúde.
As doses pediátricas, destinadas a crianças de 5 a 11 anos de idade ou imunossuprimidas, continuam sendo aplicadas nos seguintes postos de saúde: UBS Centro, Paraíso de Cima, Clínica da Família, Coringa I, São Francisco, UBS Colônia e Pró Saúde. As unidades citadas estão disponíveis para imunização às segundas, quartas e quintas-feiras.

Já para as crianças a partir de 6 anos, os responsáveis devem procurar as seguintes unidades: São Luiz, Roselândia, Santa Lúcia (terças e sextas), Vila Maria (terças e quintas), Paraíso de Cima (quartas e quintas), Vila Elmira, Vale do Paraíba (quinta-feira), Siderlândia (segundas, quartas e sextas), Vila Independência, (quarta-feira), Clínica da Família (Vista Alegre), UBS Centro, Coringa I, UBS Colônia (segundas e quartas), São Francisco, Vila Principal (sexta-feira), Santa Rita de Cássia (quinta-feira), Floriano (terça-feira), Rialto (terça-feira), Amparo (quarta-feira dose pediátrica, quinta-feira adultos) e Pró Saúde (segundas, quartas e quintas-feiras.)

Jovens e Adultos

A vacinação segue também para os jovens e adultos, que devem seguir o cronograma abaixo:
– D1 em pessoas a partir de 12 anos;
– D2 agendadas (CoronaVac, AstraZeneca e Pfizer em todos os postos; Janssen no PSF Ano Bom)
– D3 para maiores de 12 anos que tomaram a D2 até o dia 06/02/22;
– D4 para imunossuprimidos com laudo médico maiores de 18 anos que tenham tomado a D3 até o dia 06/02/22, profissionais da Saúde e pessoas a partir de 50 anos que tenham tomado D3 até 06/11/22.

Para a imunização, é necessária a apresentação do cartão de vacina, RG e CPF, comprovante de residência atualizado ou a declaração do posto de saúde. Já para receber a D4 é imprescindível também a apresentação do comprovante das outras doses.
As ações acontecerão das 9h às 16h nos postos de saúde dos bairros e das 9h às 20h na Unidade de Saúde do Ano Bom.

Influenza e sarampo

As doses contra Influenza são destinadas a crianças de seis meses a 4 anos, idosos acima de 60 anos, gestantes, puérperas e os grupos prioritários de 5 a 59 anos de idade, que são as pessoas com comorbidade, caminhoneiros, trabalhadores portuários, professores de escolas públicas e privadas, pessoas com deficiência permanente, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário, Forças de Segurança e Salvamento, Forças Armadas, população privada de liberdade e adolescentes e jovens em medidas socioeducativas.
As doses contra sarampo serão aplicadas em trabalhadores da Saúde (em seus próprios locais de trabalho) que não tenham recebido a vacina da Tríplice Viral como atualização de caderneta. Além de crianças de seis meses a quatro anos de idade de forma indiscriminada.
A imunização contra Influenza e sarampo acontece em todas as Unidades Básicas de Saúde do município.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Ns escolas de VR Covid está correndo solto, inclusive nas particulares.
    Crianças ficam sem aula e a escola não avisa aos pais das crianças sobre os casos.
    Pessoas com sintomas gripais indo estudar e dar aula.
    Nada é falado.
    Enquanto isso crianças com comorbidades ficam expostas a contaminação.
    Ensino hibrido para sintomáticos e uso de máscara no inverno tem que voltar.

Untitled Document