sábado, 10 de abril de 2021 - 16:46 h

TEMPO REAL

 

Capa / Destaque / Barra Mansa amplia multa para quem descumprir decretos municipais

Barra Mansa amplia multa para quem descumprir decretos municipais

Matéria publicada em 6 de abril de 2021, 19:00 horas

 


Barra Mansa – A prefeitura de Barra Mansa definiu nesta terça-feira (6), uma multa mais rigorosa para quem não cumprir os decretos municipais de enfrentamento à Covid-19. Os valores variam de 500 a 5 mil UFMs. A medida foi definida em uma reunião com as coordenadorias de Fiscalização de Posturas, Vigilância Sanitária, Guarda Municipal, Guarda Ambiental, Defesa Civil, Fiscalização Fazendária e Procon. Atualmente, a UFM vale 3,02 reais, ou seja UFMs podem valer 15 mil reais.

Fiscalização

Durante as ações de fiscalização, 28 estabelecimentos foram interditados, sendo que alguns já foram reabertos pelo prazo de 15 dias. O objetivo é dar condições para que o comércio continue funcionando de forma segura.

No fim de semana, a Polícia Militar e a Guarda Municipal apreenderam um veículo na Vista Alegre e, através de denúncias, coibiram a realização de um festival de pipa no Boa Sorte.

O secretário de Ordem Pública, William Pereira, falou sobre a importância da população no combate à pandemia e a manutenção do comércio.

– Nós continuamos firmes nas fiscalizações, trabalhando para manter o comércio aberto. No último fim de semana, mais quatro estabelecimentos foram fechados por descumprirem os decretos do município. A maioria das pessoas que estão circulando pelas ruas não estão realizando compras. Elas estão com outros afazeres e infelizmente o comércio é que está sendo penalizado – explicou.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Avatar
    Djenane cunha moreira de oliveira

    Fiscalização no bairro de vista alegre. Tem estabelecimentos que nao estao usando mascaras .

  2. Avatar

    Tem que punir o indivíduo. Multar pelo CPF.

    Enquanto o povo não ficar conscio que o vírus não circula, nós é que circulamos, continuaremos com este caos ora instalado.

    Sr. Prefeito, multe!

  3. Avatar

    O comércio não está acarretando o vírus e sim as pessoas que se acham semideuses. Sem nenhum respeito pelo outro, pela família, e querendo morrer de maneira trágica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document