Barra Mansa realiza capacitação para agentes de endemias e de zoonoses

Palestras aconteceram nesta sexta-feira (9) no Parque de Saudade e no Sindicato Rural

Por Otávio de Paiva
114 Visualizações

Foto: Paulo Dimas

Barra Mansa – Buscando aperfeiçoar o trabalho executado pelas equipes da Vigilância em Saúde Ambiental, a arefeitura de Barra Mansa promoveu nesta sexta-feira (9), duas capacitações. A primeira foi voltada aos agentes de combate às endemias (com foco na dengue), e aconteceu no Parque Natural Municipal de Saudade, contando com a presença de técnicos do Estado do Rio de Janeiro. Já a outra, destinada aos servidores que atuam contra a proliferação de animais peçonhentos, foi realizada no Sindicato Rural de Barra Mansa, localizado no bairro Ano Bom.

A reunião feita no Parque de Saudade foi direcionada aos agentes que já fazem parte do setor de combate às endemias desde 2021. A médica veterinária e supervisora técnica, Millena Borges, detalhou mais sobre o encontro.

– Estamos fazendo uma reciclagem com os concursados do ano de 2021. A cada dois ou três anos é realizada esta qualificação, para que eles estejam sempre atualizados. A reciclagem é feita através de técnicos do Rio de Janeiro”, pontuou Millena, ressaltando ainda que 57 novos agentes passaram no último processo seletivo e estão recebendo orientação teórica e prática.

O agente de combate a endemias no Estado do Rio de Janeiro, Edmar Lobo, ressaltou a importância da capacitação. “A ferramenta mais importante que nós temos é o conhecimento do combate ao vetor. Através do entendimento do vetor, de como ele se prolifera, a gente reforça a importância do porquê se fazer o ’10 minutos contra dengue’. Enquanto o vetor está na água, não oferece risco, mas quando chega à fase adulta, ele começa a transmissão, então, é primordial que se conheça e entenda o ciclo de transmissão do vetor para o ser humano”, explicou.

Zoonoses

Ainda nesta sexta-feira, dia 09, houve uma capacitação para os agentes do setor de zoonoses do município, com foco na otimização do trabalho referente a animais peçonhentos. O evento foi destinado aos novos agentes, que receberam informações sobre a melhor abordagem a bichos que podem representar perigo à vida humana, como cobras, aranhas, escorpiões e abelhas.

Advertisement

VOCÊ PODE GOSTAR

Deixe um comentário

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

 

(24) 99926-5051 – Jornalismo

 

(24) 99234-8846 – Comercial

 

(24) 99234-8846 – Assinaturas

Canal diário do vale

colunas

© 2023 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996