;
sexta-feira, 4 de dezembro de 2020 - 20:56 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Barreiras sanitárias em Porto Real são prorrogadas até dia 30 de junho

Barreiras sanitárias em Porto Real são prorrogadas até dia 30 de junho

Matéria publicada em 10 de junho de 2020, 17:23 horas

 


Porto Real – As barreiras sanitárias instaladas em Porto Real continuarão instaladas até o dia 30 deste mês, segundo determinou a prefeitura, através do Gabinete de Crise de Enfrentamento à Covid-19. Elas foram prorrogadas devido ao aumento do casos confirmados do novo coronavírus no município.

Segundo dados contabilizados pela Secretaria de Saúde, cerca de 59 moradores e outros 18 não residentes de Porto Real apresentaram alterações na temperatura corporal entre os meses de abril e maio.

– Os casos de coronavírus subiram durante os últimos meses e é preciso manter o controle desse aumento. As quatro barreiras instaladas auxiliam na contenção de possíveis novos casos, contribuindo para inibir a proliferação da doença – afirmou o secretário de Saúde, Luiz Fernando Curty Jardim.

Luiz Fernando reiterou os procedimentos realizados quando alguém apresenta febre.

– Se a pessoa apresentar febre e for moradora, a mesma é orientada a procurar uma Unidade de Saúde da Família para acompanhamento. Quando não se trata de um morador de Porto Real, o indivíduo é convidado a voltar para o município de origem e também procurar atendimento médico. Nesse caso, a Vigilância Epidemiológica de Porto Real encaminha os dados à Unidade de Saúde do município de origem da pessoa e verifica se houve a procura pelo atendimento – concluiu

Barreias

As barreiras sanitárias estão localizadas: à Avenida Geraldo Ribas, próxima à antiga açucareira; Avenida Geraldo Ribas; na divisa com Floriano (Barra Mansa), no bairro Fátima; Rua Seigo Chokyu, próximo à Secretaria de Ordem Pública; e em Bulhões, na Avenida H.R Pritchad, na entrada do bairro. São 30 guardas municipais e 10 profissionais de saúde atuando todos os dias em esquema de revezamento. As barreiras funcionam todos os dias, das 8h às 18h.

Aumento no número de casos preocupa prefeitura
(foto: Dorinha Lopes)


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document