quinta-feira, 17 de outubro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Tempo Real / Brasileiros levam a sério meta de praticar atividades físicas

Brasileiros levam a sério meta de praticar atividades físicas

Matéria publicada em 19 de janeiro de 2019, 18:00 horas

 


Caminhada e corrida estão entre os exercícios mais praticados por pessoas que optaram começar 2019 de forma saudável

Barra Mansa- Há uma semana, a funcionária pública Grayce da Silva Oliveira, de 36 anos, colocou em prática uma das suas metas para o ano de 2019, que era incluir na rotina diária a prática de atividades físicas. Ela, que optou pela caminhada de 40 minutos, ao ar livre, contou que o objetivo é manter o exercício ao longo do ano como forma de melhorar o peso e também seu condicionamento físico e a qualidade de vida.
Grayce faz parte da parcela de brasileiros citados em uma pesquisa recente da Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), que apontou que o número de pessoas que praticam exercícios no país aumentou em 24%, nos últimos anos. O estudo apontou ainda que cerca de 37% da população das capitais brasileiras está fazendo, ao menos, 150 minutos de atividade física por semana, o mínimo recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS).
– Chega um momento da vida que a gente se conscientiza da importância e do bem que as atividades físicas nos trazem. Estou caminhando há uma semana, sem quebrar o ritmo, e já vejo os benefícios: estou dormindo muito melhor, as dores na perna diminuíram e o inchaço provocado pelos excessos de comida no final do ano foi embora – pontuou a funcionária.
A autônoma Adriana Pereira, de 38 anos, sempre frequentou academias de ginástica, mas para este ano resolveu incluir a corrida nas suas atividades, segundo ela influenciada por várias pessoas que também correm. A finalidade da proposta, conforme explicou Adriana, foi buscar algo que pudesse fazer ao ar livre, sem a obrigação de seguir os famosos “programas” das academias.
– Eu tenho muitos amigos correndo e todos, sem exceção, falam do prazer e dos benefícios que a corrida proporciona. Sempre que eu ia para a academia ficava impressionada em ver tanta gente correndo na Beira Rio e no Parque Centenário e também quis experimentar. Na noite do dia 31 de dezembro coloquei a corrida como uma das metas para 2019 e desde o dia 2 de janeiro estou correndo todos os dias. Comecei com uma caminhada mais acelerada e, aos poucos, fui aumentando a minha frequência. É, sem dúvidas, uma sensação muito boa correr – disse a autônoma.
Já a professora Rafaela Teixeira, de 32 anos, na virada do ano de 2017/2018 decretou que iria mudar seus hábitos alimentarem e introduzir a atividade física em sua rotina e, até hoje, ela consegue manter o propósito. A busca por uma vida saudável tinha como objetivo a perda de peso e hoje, mesmo após ter eliminado 15 quilos, ela diz que não consegue ficar sem se exercitar.
– Fiz a promessa de ‘ser fitness’ meio que no tom de brincadeira, como a gente sempre faz com a chegada de um novo ano, mas quando iniciei as atividades físicas me senti melhor, mais disposta, que comecei a levar a sério e, inclusive, acabei optando em contratar um personal para me acompanhar na academia. Sem dúvidas, além de outras realizações, de 2017 para cá, conseguir manter a rotina de exercícios foi uma das melhores decisões e que tem feito toda a diferença na minha vida – salientou.

Cuidados antes de se exercitar

Mas, antes de colocar em prática qualquer opção de atividade o primeiro passo, conforme orienta os profissionais da área de Educação Física, é procurar um médico para avaliação prévia do condicionamento físico. Na avaliação pode-se descobrir o esporte e a intensidade de exercícios indicados para cada indivíduo. De acordo com a professora Monica Almeida, uma pessoa sedentária não deve -de início- começar a correr ou a fazer qualquer exercício de maior impacto, uma vez que essas atividades exigem preparação, treinamento e condicionamento físico.
– Um bom programa de condicionamento físico deve conter alongamento, prevenindo lesões musculares e tendinosas, possíveis dores musculares e aumentando a amplitude dos movimentos articulares. É muito importante que se faça o alongamento ao final do exercício, pois a atividade tem a função de relaxar a musculatura – orientou a professora.
Ainda de acordo com ela, após seguir certos cuidados, também é sempre válido verificar alguns sintomas do corpo no momento da atividade como, por exemplo: rosto muito vermelho, tontura, dores musculares, de coluna e de joelho, que podem ser um sinal de esforço inadequado.
– O ideal, nesses casos, é parar o exercício e estudar a causa por meio de exames e orientação profissional, pois o exercício deve proporcionar acima de tudo prazer e bem estar – finalizou a professora.

Por Roze Martins

(Especial para o DIÁRIO DO VALE)


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. Avatar

    Caminhada começa indo na padaria e voltando. Depois de um mês nessa rotina, e consultando um médico, estará apto para caminhadas de 30 minutos (10 para ir e 10 para voltar mais 10 minutos em pé por algum motivo). Mais do que isso é prejudicial às articulações. Quem está acima do IMC começar a caminhar 5 minutos já é o bastante, pois estará se habituando e condicionando as articulações e os músculos para caminhadas mais longas, sempre seguindo orientações dos médicos.

    No caminho do meu trabalho já perdi muitos conhecidos por não se cuidarem. Há aqueles que caminhavam em jejum e aqueles que não faziam aquecimento antes. E atenção, muitos caminham sem documentos, o que é um grande descuido. Ah, esqueçam a garrafinha d’água. De nada adianta você estar se esforçando e se enchendo d´água, que inclusive pode ser jogada pelo caminho.

    Agora se as calçadas fossem melhores, haveria mais adeptos dessa prática.

    Interessante é a professora dizer que eliminou 15 quilos com caminhada. Acho que ela usou medicação para isso. Se caminhadas fosse sinônimo de eliminar peso, os carteiros seriam esqueleto em pé. rsrs

  2. Avatar

    Estou fazendo atividades físicas há 6 meses 4 dias por semana e 2 horas por dia, o resultado é excelente, mas só consigo fazer pelo resultado, pois é uma atividade que detesto.

Untitled Document