quinta-feira, 9 de julho de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Bruno Marini e Furtado afirmam que Estado precisa de investimentos em segurança

Bruno Marini e Furtado afirmam que Estado precisa de investimentos em segurança

Matéria publicada em 30 de setembro de 2018, 16:07 horas

 


Simpatizantes de Bruno Marini e Antônio Furtado fazem campanha no Ano Bom, em Barra Mansa

Barra Mansa – O Ano Bom recebeu na noite de sábado, 29, a caminhada dos candidatos a deputado estadual Bruno Marini (PSD) e a deputado federal Antônio Furtado (PSL). Com dezenas de participantes, entre apoiadores e simpatizantes dos postulantes à Alerj e à Câmara Federal, o evento teve a finalidade de chamar a atenção da população para dois problemas: a falta de segurança pública e o desemprego.

Bruno Marini e Antônio Furtado receberam o carinho dos eleitores e, na ocasião, reafirmaram que a retomada do desenvolvimento econômico do Rio está atrelada ao combate à violência e à criminalidade.

– Em todas as atividades que participo, tenho defendido que o caminho para resolver os problemas do Estado do Rio passa por investimentos em políticas públicas que impactem na geração de emprego. No entanto, a retomada do desenvolvimento econômico depende da redução dos índices de violência. Esse caos enfrentado hoje pela população fluminense precisa ser encarado com seriedade.

Infelizmente, a atual gestão não conseguiu dar conta de implementar o serviço público de maneira plena e eficaz, principalmente nas comunidades mais carentes e aí, onde os serviços estatais não chegam, chegam as milícias, com o tráfico de drogas – analisou Bruno.

Tendo o delegado Antônio Furtado, como parceiro, Bruno quer trabalhar na Assembleia Legislativa do Estado do Rio, em conjunto com a Câmara Federal. “O Furtado desempenhou um trabalho de excelência à frente das delegacias da nossa região, como Volta Redonda, Pinheiral e Barra Mansa. Sua atuação foi respaldada pela população. Tenho convicção, que em Brasília, terá ações semelhantes. É por isso que estamos juntos”, afirmou.

PROPOSTAS

Bruno Marini tem como eixo central da sua campanha a geração de emprego. Ele ressalta que o desenvolvimento de uma região está ligado diretamente à qualificação profissional e ao bem estar das pessoas. “Temos exemplos de alguns municípios que atraíram empresas de grande e médio porte e que não conseguiram melhorar a vida dos seus moradores. Ao contrário, a falta de qualificação profissional impediu que eles fossem absorvidos pelo mercado de trabalho. Na Alerj vou trabalhar para a implantação da educação em tempo integral, a criação do Consórcio Intermunicipal de Empregos, reunindo o poder público, a iniciativa privada e entidades representativas de classe. A iniciativa permitirá a criação de um portfólio, com as potencialidades socioeconômicas da nossa região, fortalecendo as empresas aqui instaladas, criando o cinturão de fornecedores e atraindo novos investimentos. O fomento às atividades de cultura, turismo, gastronomia e entretenimento pode ser alavancado com a criação da Escola de Empreendedorismo, com apoio de entidades como o Senai, o Sest/Senac, o Sesi e o Sesc. O emprego é que dá dignidade as pessoas – ressaltou Bruno, destacando que no segmento de segurança, terá como aliado o delegado .

O delegado Antônio Furtado reforça a importância e a necessidade urgente de iniciativas que garantam a segurança da população. “O nosso Estado precisa ser olhado com mais carinho. A insegurança tem afugentado investimentos, principalmente na área do turismo. Haja vista, a violência existente na Capital e em Angra dos Reis, na Região da Costa Verde. Precisamos envolver as entidades civis organizadas na discussão sobre segurança e juntos, traçarmos estratégias que devolvam ao cidadão o direito de ir e vir, com paz e tranquilidade. Outro ponto de extrema relevância diz respeito à intervenção federal, que até o momento, não trouxe o resultado esperado, e se finda em dezembro deste ano. Como ficará o Estado do Rio após este período? Por isto, quero estar em Brasília para defender os interesses da nossa região”, concluiu.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

6 comentários

  1. Avatar

    Dezenas de participantes? Contei 15 pessoas só, assim mesmo pq o Bruno Marine deve ter pago os atrasados, pq o pessoal ameaçou fazer greve, coisa muito normal, pois este Bruno não paga ninguém em vida, agora não entendo o delegado andando com ele, como diz uma gaiato, depois das eleições o próprio delegado vai ser responsável por prende lo, kkkk

  2. Avatar

    Aventureiros. Usam a mídia regional para parecer solução. O problema não é conjuntural é estrutural.
    Delegado estrelinha que quer implacar uma boquinha. Lamentável! Conversa de ponto de ônibus o discurso populista, oportunista e raso desses candidatos.

  3. Avatar

    Mais investimentos em segurança? Mais gastos com segurança? Para enxugar gelo?

    Para sanar o problema de segurança é preciso investimento maciço em INSTRUÇÃO, inclusive dos pais para darem educação aos filhos estudantes.

    VAI VENDO Aí o que dá votar em candidatos que NÃO CONHECEM a Adminsitração Pública e NÃO ENTENDEM de Gestão Pública. Sem INSTRUÇÃO não se cria empregos para darmos oportunidade aos jovens para não precisarem ROUBAR ou SEREM ACOLHIDOS PELO TRÁFICO.

    Segue alguns dados da realidade absurda do Brasil revelado pelo Relatório de agosto de 2018 do Cadastro Nacional de Presos/Conselho Nacional de Justiça

    * Tipos penais com recorrência acima de 50%: Roubos e Tráfico de drogas

    * Faixa etária acima de 50% estão entre 18 e 29 anos

    * Estado Civil acima de 78% são solteiros

    * Também acima de 78% são de presos com Escolaridade até o Ensino Fundamental Completo

    RESUMO: Jovens sem qualquer perspetiva de futuro, de se desenvolverem e até mesmo de lerem este jornal Diário do Vale

  4. Avatar

    Só canditado ruim para deputado estadual e federal no estado do RJ. Exemplo claro é o bruno marine e o marcelo cabelereiro. Barra mansa não merece isso. Esse último nunca fez nada de bom como vereador, a cidade está parada no tempo por causa desses políticos que só visam o bem estar próprio.

  5. Avatar

    Papai noel precisa de novas renas tambem.. Boce sabia disso??

  6. Avatar

    E de boas opções de candidatos para nós eleitores também. O ano eleitoral pobre!

Untitled Document