segunda-feira, 24 de fevereiro de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Câmara anula decreto que suspende complementação de bolsa de estudos

Câmara anula decreto que suspende complementação de bolsa de estudos

Matéria publicada em 7 de outubro de 2015, 08:37 horas

 


Por unanimidade, vereadores de Volta Redonda anularam decreto de prefeito que suspendia benefício de servidores

Em vigor: Câmara aprova reajuste de servidores e parcelamento de impostos (Foto: Arquivo)

(Foto: Arquivo)

Volta Redonda – A Câmara Municipal aprovou ontem (6), por unanimidade, um decreto legislativo que anula a decisão do prefeito Antônio Francisco Neto (PMDB) que havia retirado o pagamento de complemento de bolsa de estudo a servidores públicos que estudam ou têm dependentes estudando em instituições públicas de ensino superior.

Neto retirou o benefício porque, segundo ele, o pagamento é incompatível com a própria lei que o criou, já que instituições públicas de ensino não cobram mensalidades e, portanto, não há bolsas de estudo a complementar.

A decisão de Neto atingia cerca de 160 servidores e mantinha a ajuda para aproximadamente outros mil, que estudam ou têm dependentes em instituições particulares de ensino.

Os vereadores Nilton Alves de Faria, o Neném (PC do B), América Tereza (PMDB) e Francisco Novaes (PP), não compareceram à sessão.

A informação é do vereador Fernando Martins (PSDC).

Clique e leia mais na coluna mosaico


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

49 comentários

  1. Avatar
    cidada voltaredondense

    PARABENS AOS VEREADORES PRESENTES ,E NAO VAMOS NOS ESQUECER DOS Q FALTARAM A VOTAÇAO PARA NAO CONTRARIAR O CHEFAO “NETO”..(AMERICA TEREZA,NENEM E NOVAES)
    OS ESTUDANTES MERECEM SIM AJUDA ,PELO MENOS O DINHEIRO ESTA SENDODADOA ESTUDANTES PARA Q NAO DESANIMEM E ESTUDEM PARA UM FUTURO MELHOR .
    PARABENS AO PRESIDENTE DA CAMARA PAULO CONRADO E A TODOS OS VEREADORES Q TBM ESTAVAM PRESENTE E PELO CARINHO AO SERVIDOR .

  2. Avatar

    Vcs.acham que o Neném , América Tereza iam participar desta sessão engano não trairia o patrão kkkk as eleições vem aí.

  3. Avatar

    Se o dinheiro de imposto for destinado à educação ou contribui para alguém ter acesso a ela, que continue assim né? Prefiro mil vezes esse destino a outros.

    • Avatar
      cidada voltaredondense

      CONCORDO ..
      PARABENS AO VEREADORES PRESENTES Q VOTARAM A FAVOR DO SERVIDOR ..
      E NAO PODEMOS NOS ESQUECR DOS QUE FALTARAM A VOTAÇAOA FAVOR DO NETO ..ELEIÇOES VEM AI(AMERICA TEREZA,NENEM,NOVAES) VCS NAO MERECEM APOIO DOS ESTUDANTES SERVIDORES .

  4. Avatar

    Acho incrível pessoas tão desinformadas ainda perderem o tempo entrando em discussão. Primeiro, Cederj é sim uma faculdade em que estudantes não pagam mensalidades, entretanto, são outras despesas que eles têm, e nem todos estudam na própria cidade em que reside. Pra quem não sabe, os cursos são divididos por polos, se vc se identifica com algum que não seja ofertado em sua cidade, as despesas são ainda maiores, visto que não é uma faculdade à distância como muitos pensam, é semi presencial, ou seja, muitos precisam frequentar pelo menos de três a quatro vezes na semana, isso se não tiver no período de provas, fato que aumentam as presenças. Acho tb o que se deve pensar é na educação que estas pessoas estão buscando, pois esse quadro de ignorância, corrupção, abusos de poder entre outros, só são derrubados com educação, um país só avança através dela. Alguns preguiçosos, que não querem melhorar de vida procurando qualificação profissional, vão mesmo vir aqui dizer que essa bolsa é injusta, mas quero ver arregaçar as mangas e enfrentar uma dessas universidades. Estão aqui brigando por besteiras que não prejudica a ninguém, mt pelo contrário. Por que não correm atrás então desses políticos corruptos, por que não tentam mudar o país, mas por onde realmente deve começar? Querem prejudicar estudantes???? Que país de imbecis é esse que só procria??? Prestem atenção. O que os governantes querem é gente assim mesmo, bitolados para continuarem como bonecos nas mãos deles. Eles continuarem a fazer o que faz e bem querem, passando por cima de quem quer que seja, pois é assim que acontece em V. R. Essa América Tereza é uma cara de pau. Toda vez que tem que ir a favor da classe mais prejudicada, se esconde, não quer dar a cara a tapa. Não só ela como essa corja que não compareceu com medo de retalhação do prefeito.
    Parabéns aos funcionários pela conquista! É de pessoas assim, que busca seu crescimento para compartilhar com a sociedade que precisamos, e não de marionetes do prefeito, que vivem despeitados com o progresso dos outros.

    • Avatar

      Retificando meus comentários:
      ME LEMBREI DO CIÊNCIAS SEM FRONTEIRAS E UMA RENCA DE FILHINHO DE PAPAI QUE ESTÁ LÁ FORA À NOSSAS CUSTAS, RESUMINDO: VOCÊS MERECEM, CORRAM ATRÁS DO DIREITO DE VOCÊS.

  5. Avatar

    Boa tarde

    Sou um dos servidores que foi atingido pelo corte da ajuda de custo.
    O que posso dizer é que meu salário é de pouco mais de R$ 800,00. A prefeitura paga muio abaixo do piso nacional determinado por lei.
    Entendo a indicação dos colegas, gostaria de receber um salário justo pra nao depender de esmola. Essa bolsa é muito importante para eu me manter na faculdade que não é em Volta Redonda. Acredito que quando uma prefeitura ou empresa investe na formação de seu servidor ela ela esta investindo em melhor qualidade na prestação de serviços.
    Quero que os colegas saibam que essa blosa de pouco mais de R$300,00 não é uma farra de benefícios como parece ao se ler o jornal. Farra com o dinheiro público são os altos salários de pessoas comicionadas e de confiança la na prefeitura. Esses muitas vezes nem vao trabalhar. Eu estou todos os dias fazendo o meu trabalho da melhor forma que posso.

  6. Avatar

    JrRicardo

    Se acha ruim quem estuda em universidade publica receber ajuda pois mensalidade é paga por impostos, pare de pagar o seu. Eu estudei para ingressar na universidade pública assim como estudei para ser concursado. Nós não inventamos a lei. Lei é lei, na lei diz q a ajuda deve ser paga a quem cursa Ensino Superior. Não importa como. A prefeitura não paga os meses de janeiro e julho, que as faculdades estão de férias. Porém, quem faz particular continua pagando, inclusive mais caro ainda. Justificativa vaga da prefeitura. Se você acha justo ou não, é opinião sua. Mas é assim que a sociedade funciona. Leis, democracia e liberdade de expressão. Debate é válido, passar por cima da lei como fez o senhor prefeito, não.

    • Avatar

      Calma Zé, não necessita ficar nervoso, eu não questionei a lei, algo pode ser legal, porem imoral, nossos políticos são cheios de vantagens legais, porem imorais.

  7. Avatar

    O engraçado é que eu nunca vi 99% das pessoas que estão comentando a esse respeito, se manifestarem em relação as reportagens sobre mensalão, sobre petrolão, e vários outros casos de corrupção, que desviam trilhões dos cofres públicos. A esses ninguém se sente violado, roubado, ninguém enche a boca para dizer que ” esta saindo do meu bolso” etc. São esses casos que causam o déficit na educação, na saúde, na segurança etc, e quase ninguém aqui se manifesta, pelo contrário, já li posts de alguns aqui até defendendo esse governo corrupto. Agora vem dizer que estão pagando por isso???? Os beneficiarios dessas bolsas, pagam impostos como qualquer outro aqui, arrisco em dizer que , até duas ou três vezes mais do que aqueles que estão se sentindo lesados, por isso, não estão recebendo nada de ninguém, estão tendo em retorno aquilo que eles mesmos tb pagam de imposto, o dinheiro que estão recebendo, nada mais é do que o retorno de seus próprios impostos.

    • Avatar

      Se mal temos dinheiro pra pagar a faculdade, teremos para ir a camara dos deputados em Brasília?
      Se não reclamarmos o rombo do país, não podemos reclamar o rombo do nosso salário?
      Se não tem o que falar, se cala que é melhor

    • Avatar

      Se mal temos dinheiro pra pagar a faculdade, teremos para ir a camara dos deputados em Brasília?
      Se não reclamarmos o rombo do país, não podemos reclamar o rombo do nosso salário?
      Se não tem o que falar, se cala que é melhor

    • Avatar

      Acho que quem deveria se calar é vc, mas já que falou, tente ser mais claro, pois não entendi nada. dinheiro para ir a Brasília ?????? o que quis dizer com isso??????? “mal temos dinheiro para pagar a faculdade” o que tb quis dizer com isso??????? não entendi nada kkkkkkkkk vc é contra ou a favor da bolsa? se for a favor, o que foi dito acima, tb significa que sou a favor. Que rombo no seu salário??????? vc fez curso com a dilma????? kkkkkkkkk Agora, se vc for beneficiário dessa bolsa e se expressa com essa dificuldade, vc vai jogar no lixo toda argumentação de quem é beneficiário quando diz que é para aperfeiçoamento kkkkkkkkk
      Alias, não precisa se calar não, gosto de dar boas risadas com tanta ignorância kkkkkkkkk

    • Avatar

      Você não precisa ir a brasilia para reclamar sobre a situação de seu país, assim como não precisou ir a prefeitura para reclamar sobre o que se esta discutindo aqui. TAMBÉM NÃO ENTENDI NADA DO QUE VC QUIS DIZER ARTHUR RSRSRSRSRSRS. ESTUUUUUUUUUDA MENINO RSRSRSRS

  8. Avatar

    Minha filha estuda na UFF, sei muito bem o que é necessário para mantê-la na faculdade, continuo achando absurdo “beneficio” para 1/2 dúzia pagos com o dinheiro do povo.

  9. Avatar

    O “benefício” não cai do céu, o contribuinte é quem paga a conta, faço minhas as palavras do jricardo.

    • Avatar

      Então lute contra os benefícios dos cargos comissionados com indicação política. Lute contra os privilégios dos nossos vereadores que já recebem um alto salário e ainda gozam de gordos benefícios, além do alto custo de seus gabinetes.

      Lutar contra benefício dos trabalhadores que querem se especializar é burrice. Estamos falando de investimento em educação.

      Imagino então que você também seja contra as escolas e os hospitais públicos, afinal eles são mantidos com os impostos do contribuinte.

  10. Avatar

    Para aqueles q ainda permanecem ignorantes, como o jricardo: Para a concessão do benefício aos servidores públicos e seus dependentes, fora alegado que a quantia concedida destinaria-se ao custeamento de algumas pequenas despesas, tais como o pagamento de passagens, xerox e/ou compra de livros, que qualquer estudante possui, independentemente de pagar ou não as mensalidades da faculdade, mesmo porque, com um valor pouco superior a R$ 300,00, seria impossível o pagamento de uma mensalidade em qualquer graduação sem que houvesse a complementação por parte do estudante, e não como agora estão alegando, ao afirmarem que trata-se de bolsa de estudo complementar. Estão tentando disseminar uma interpretação um tanto tendenciosa, totalmente a favor deles, e portanto, contra os benefícios conquistados pelo funcionalismo municipal. Isso sem mencionar os bolsistas integrais do Prouni, que por não pagarem para estudar, também perderiam o direito a ajuda financeira.

    Para refletir: Se a ajuda financeira é para o pagamento das mensalidades da faculdade pq nos meses de janeiro e julho os funcionários não a recebem, se mesmo em período de férias eles têm que pagar as mensalidades? Respondam essa!

    Aproveito ainda para informar que já está circulando nos corredores que o próximo corte será o da cesta básica. Um absurdo! O Senhor Prefeito deveria é ficar com vergonha de conceder o mísero valor de R$115,00, mas como se não bastasse essa quantia ser irrisória no atual cenário que enfretamos, que não é possível alimentar sequer uma pessoa com esse valor, ainda quer cortá-lo?

    Assim não dá! Daqui a pouco o povo vai ter que pagar pra trabalhar e ainda vão querer que sejam “gratos pela oportunidade”…

    • Avatar

      Caro João, sei que você esta defendendo o seu lado, porem não posso me refutar a criticar o fato que a sociedade esta pagando duas vezes a conta.

  11. Avatar

    Todos que são contra bolsa estudo possivelmente não se interessam em aprimorar-se ou então não conhece o mínimo de despesa que se tem ao fazer uma faculdade, mesmo que pública.
    Então peço a todos que são contra, que antes de ratificar a sua opinião contra esse tipo de bolsa, que procure se informar melhor.
    Eu não sou contra o bolsa família, por exemplo, sou contra os que se aproveitam desse tipo de benefício, assim como para os outros benefícios. Portanto, cabe à Administração Pública rever sua administração e logística para que os benefícios existentes se estenda a todos os que realmente precisa.

    Atenciosamente,
    Thamires

    • Avatar

      Errata: se estendam a todos os que realmente precisam.

    • Avatar

      Cara Thamires, eu não sou contra bolsas de estudo, eu sou contra bolsas de estudos para quem já recebe alguma benfeitoria do dinheiro público, como é o caso das pessoas que estudam em instituições públicas, pois assim ela estará se beneficiando duas vezes do dinheiro de nossos impostos.

    • Avatar

      Prezado JRicardo, mas se coloque na circunstância de que você passou para uma Universidade Pública com o seu esforço “de enfiar a cara nos livros”, mas infelizmente não tem condições de bancar os livros, materiais, passagens e alguns outros custos necessários, não estou nem citando alimentação, pois pode-se levar um lanche de casa.
      Pense ainda no servidor, o qual possui esposa e no mínimo um filho… Acho que não preciso mais expressar-me, pelo menos acho, entretanto…

    • Avatar

      Cara Thamires, mesmo tendo meu ponto de vista diferente do seu, devo salientar que teus argumentos foram muito bons, parabéns por saber debater e defender sua opinião de forma clara.

  12. Avatar

    Só para lembrar, o dinheiro das bolsas saem dos impostos, ou seja, nos pagamos a conta. Isso é uma vergonha.

    • Avatar

      Todos nós pagamos impostos, e pagam para ter auxílios do governo, seja de qualquer forma, na saúde, hospital, lazer, saneamento, bem-estar social etc..

      O problema não é a bolsa e sim como a Administração Pública distribui, com isonomia, os impostos.

  13. Avatar

    Aos caros leitores Matheus e Jricardo, apenas algumas informações: mensalidade não é a única despesa de quem faz algum curso, existem também materiais didáticos, transporte, alimentação e etc.

    Além disso, as bolsas de estudo servem como um incentivo ao funcionário público, para que este sempre busque seu aprimoramento profissional e com isso consiga exercer a sua função de forma ainda mais capacitada. Dessa forma, toda a sociedade sai ganhando.

    Afinal, de que lado vocês estão? Querem menos benefícios para os trabalhadores? Seriam vocês alguns dos muitos “peixes” do prefeito, ou são frustrados por não ter o direito de acesso a tal benefício?

    E a vereadorea Tereza? Quer ser prefeita, mas não comparece nem às sessões importantes da Câmara. Lamentável!

    • Avatar

      Caro Gustavo, o incentivo para a pessoa estudar e melhorar tem que partir dela, não ficar dependente de ajudas externas. Se ela já faz um curso em entidade pública, a sociedade já esta arcando com uma parte dos custos, cabendo ao funcionário arcar com os outros gastos e assim valorizar seu esforço. Quanto a que lado estou, estou do lado daqueles que acreditam que nossos impostos devem ser usados de forma a atender a maior parte da sociedade, não apenas alguns apadrinhados políticos. Também não sou funcionário público ou peixe do prefeito, só para constar não votei no Neto e não concordo com sua política circo e pão, somente estou cansado de ver pessoas que dizem que temos que mudar o pais e quando essa mudança afeta suas regalias muda de lado.

    • Avatar

      Não são apadrinhados políticos, como você disse. São funcionários públicos concursados.

      Bolsa de estudo não é regalia. É incentivo àqueles que querem se especializar mas muitas vezes não tem condições financeiras para isso. Eu fiz faculdade pública e sei bem a quantidade de gastos que os alunos precisam arcar.

      Usar o dinheiro dos nossos impostos em educação é o melhor investimento que o poder público pode fazer.

      Infelizmente, alguns pelegos desinformados são contra esses investimentos. Vai ver, preferem continuar vivendo em um país de educação pífia, para que possam continuar reclamando sem parar.

      É aquilo: se o governo não faz nada, reclamam. Quando faz, também reclamam. Ô povo mala!

    • Avatar

      Boa tarde Gustavo, sei muito bem dos gastos que uma universidade nos traz, pois estou me graduando em uma e pelo visto ano que vem terei que apertar o orçamento mais ainda para iniciar a pós. Não trabalho na PMVR, de fato a injeção de verbas em educação é um investimento indiscutível. Porém como vocês já fazem em instituições públicas, não concordo com essa “bolsa” que não faço nem idéia de quanto seja. O próprio governo federal não investe, vemos diariamente notícias de universitários da UERJ, UFRJ passando perrengue e estão la, continuam buscando o melhor. Nunca me envolvi com política e não procuro me misturar a este “câncer”. Na atual situação precária que se encontra a educação, o governo possui outras prioridades de investimento, vocês já gozam de um direito, pra que outro? (direito esse conquistado com vossos méritos).

    • Avatar

      Caro Gustavo, eu sou de família humilde e também fiz universidade pública, eu sei que a educação muda a vida para melhor, só não concordo com esta visão que temos que dar tudo para a pessoa, o dinheiro é um só, tem que ser melhor aplicado, o dinheiro que vai para a bolsa de quem faz uma faculdade pública vai faltar para aqueles que fazem a faculdade privada e não tem como pagar a mensalidade. Só lembrando que o bolso é o mesmo, é o bolso do cidadão que paga impostos. Outra coisa, ser concursado não significa não ser apadrinhado, tem um monte de concursados apadrinhados na prefeitura.

    • Avatar

      Caro Gustavo, eu sou de família humilde e também fiz universidade pública, eu sei que a educação muda a vida para melhor, só não concordo com esta visão que temos que dar tudo para a pessoa, o dinheiro é um só, tem que ser melhor aplicado, o dinheiro que vai para a bolsa de quem faz uma faculdade pública vai faltar para aqueles que fazem a faculdade privada e não tem como pagar a mensalidade. Só lembrando que o bolso é o mesmo, é o bolso do cidadão que paga impostos. Outra coisa, ser concursado não significa não ser apadrinhado, tem um monte de concursados apadrinhados na prefeitura.

  14. Avatar
    André Luiz de Oliveira

    Gostaria de saber porque os outros vereadores não foram votar? Isso é compromisso sério.

  15. Avatar

    O brasileiro realmente é um povo diferente, quando um político se beneficia de algo, no mínimo imoral, todos reclamam e falam que ele não presta. Agora quando esse mesmo povo vê uma chance de se dar bem, pronto a maracutaia é certa. Se o cidadão já estuda em instituição pública, ou seja, paga com nossos impostos, não deve receber bolças do governo, que também são pagas com nossos impostos. Por isso que a máxima: O político só reflete o povo que o elegeu é a mais correta que existe. O povinho mais malandro é o brasileiro, tenho até vergonha.

  16. Avatar

    Fiquemos atentos aos vereadores que faltaram a votação para não contrariar o patrão Neto, com isso se omitiram de defender os direitos dos trabalhadores, de olhos neles.
    São eles:
    Neném
    América Tereza
    Novaes

  17. Avatar

    Matheus acredito qe vc ainda nao fez uma faculdade para entender claramente que as despesas que a envolvem nao se limitam so ao pagamento de mensalidades. Se o fez eu é que nao entendo seu comentário. Além do que na forma da lri a boksa não se destiba ao pagamento de mensalidades…

    • Avatar

      Eu também não entendi sua colocação no comentário Tereza. Eu fiz 2 faculdades numa época em que não existia crédito educativo e posso lhe garantir que as mensalidades não se comparam às de hoje pois a quantidade de instituições eram infinitamente menor. Sempre trabalhei e estudei. Comprei cadernos, apostilas, andei de ônibus e me alimentei sem nenhum auxílio do governo. Este NÃO EXISTIA. Vamos ser coerentes ao defender um auxílio que beneficie todos e não só 160 que estão se prevalecendo de um benefício injusto para com a maioria. Só para lhe informar, pois acredito que pelo seu comentário a senhora não saiba, o corte não foi tirado da cartola e sim sugerido pelo TCE (Tribunal de contas do estado) em auditoria fiscal na prefeitura de Volta Redonda.
      Percamos todos o conceito de que os governos são responsáveis e obrigados a conceder auxílio de tudo. Ele não é.
      Boa tarde.

    • Avatar

      Tereza, concluo meu curso de Engenharia daqui a 2 meses e ano que vem já ingresso em uma especialização. Venho ratificar que não sou contra, porém as pessoas devem saber ouvir críticas, perguntas e dar respostas coesas. Realmente são muitos gastos em uma especialização e lembrando que o salário de prefeitura já é abaixo do teto dos cargos. Eu mesmo, sou servidor público e confirmo isto. O BRASIL É ISSO AÍ, CADA UM OLHANDO PRO SEU PRÓPRIO UMBIGO E ASSIM NÓS VAMOS PROGREDINDO. rsrsrs

  18. Avatar

    Não entendi, se eles estudam em instituições públicas, por quê precisam de bolsa?
    Quem de fato precisa de algum auxílio é quem faz em instituição particular. Alguém me esclareça por gentileza.

    • Avatar

      Faculdade pública ou privada tem custos além da mensalidade!
      Livros
      Apostilas
      Cópias
      Outros

    • Avatar

      Marcos. Neste caso então, todos os alunos que estudam em instituições públicas deveriam receber algum tipo de bolsa. Não sou contra, mas temos que lembrar que o Governo Federal está em crise, quiçá os municípios.

    • Avatar

      Exato! E foi visto que a maioria ainda estuda no Cederj, que é ensino a distância! Como explicar isso?

    • Avatar

      Não existe neste país qualquer esclarecimento pois elegemos senadores deputados mas a esposa de todos eles tem direito de passagens aereas toda mordomia e ainda recebem altos salários para que se as despesas ja estao sendo pagas. Explica essa ???????? Ajuda aos estudos não e nada perto disto.

  19. Avatar

    Quero ver pagar o mês de setembro que não pagou. E olha que assinou o decreto só dia 22, depois do fechamento da folha de pagamento. Total descaso com os servidores.

  20. Avatar

    Ainda há uma esperança… não podemos eternamente ficar reféns dos desmandos do NETO que faz o que bem entende em Volta Redonda… e esse mandato que não acaba, meu Deus!!!!

  21. Avatar

    Tem muita coisa a ser mudada, mas infelizmente quando trocamos nossos representantes, por melhor que selecionamos, eles se corrompem, pois a vida muda, e o dinheiro entra fácil.
    Para acabar com essa farra, tem que começar acabando com o salário de político e suas mordomias, assim eles iriam lutar pelo bem estar de todos.

  22. Avatar

    Parabéns aos funcionários que tiveram de volta seu direito. O beneficio foi adquirido por direito. Funcionário concursado não esta ali por favor de político nem indicação de prefeito.

Untitled Document