Câmara Municipal rejeita impeachment da prefeita de Angra dos Reis

Por Diário do Vale
68 Visualizações

Angra dos Reis

O processo de impeachment da prefeita Conceição Rabha (PT) e do seu vice Leandro Silva (PDT) foi rejeitado pela Câmara Municipal durante a sessão de ontem. Por sete votos a cinco, os parlamentares decidiram recusar o pedido da oposição, que argumentava incapacidade de gestão, falta de transparências na utilização de recursos públicos, por desequilíbrio da ordem publica para pedir o afastamento de Conceição e Leandro da prefeitura.
A ação contra os chefes do Executivo começou a ganhar forma no final de janeiro, quando durante uma reunião entre os vereadores José Antônio (PCdoB), Thimoteo (PR), Helinho (PCdoB) e Cássia (PSD), ficou decido que seriam montados diversos pontos onde a população poderia assinar a favor do impeachment dos dois governantes. Além disso, uma petição pública também teve início. 1.199 pessoas a assinaram.
Na sessão da manhã de ontem votaram contra o pedido os vereadores Eduardo Godinho (PT), Fábio Macedo (PT), Lia (PT), Jean (PDT), Chapinha do Sindicato (PSD), Claudinho (PR) e Carlinho Santo Antônio (PROS). Já defenderam o processo de denúncia os vereadores Dr. José Antônio (PCdoB), Helinho do Sindicato (PCdoB), Jairo Magno (PRB), Thimoteo Cavalcanti (PR) e Dra. Cássia (PSD).

Cenário econômico

Ainda durante a sessão, o presidente da Casa, Marco Aurélio Vargas (PROS) solicitou a criação de uma Comissão Temporária Especial para a avaliação do desenvolvimento do cenário econômico municipal, que foi aprovada por unanimidade.
– Proponho um pacto, buscando o desenvolvimento do município. Na última semana, tivemos uma reunião com a diretoria do Estaleiro Brasfels com a preocupação de que a crise do setor naval nacional não atinja a nossa cidade. Foi-nos garantido que não haverá demissões no estaleiro. Na sexta-feira continuaremos esta discussão em uma reunião no Rio de Janeiro. Nesta quarta, viajarei para Brasília para uma reunião no Ministério de Minas e Energia também para discutir com a Eletronuclear assuntos de interesse da cidade. Enfim, é hora de nos unirmos para o bem de Angra dos Reis, em detrimento das nossas diferenças e isso se faz com trabalho, discussões e proposituras, enfim, com ação – ressaltou o parlamentar.
O presidente também comentou a situação dos funcionários da empresa terceirizada Gaviões da Cidade, que presta serviço ao Legislativo, que estão sem receber há três meses.
– Como presidente desta instituição, tenho o dever de prestar este esclarecimento à população. A Câmara Municipal mantém com a empresa Gaviões da Cidade contrato para serviços como zeladoria e segurança. O vínculo dos trabalhadores é com a contratada.  Para que a Câmara deposite a fatura à prestadora de serviço é necessário que a mesma preste conta do pagamento mensal e do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) dos trabalhadores, o que não vem acontecendo há muito tempo. Não é verdade que a Câmara está em atraso com o pagamento da empresa Gaviões da Cidade. O que existe é um impedimento legal – explicou Marco Aurélio Vargas.

Advertisement

VOCÊ PODE GOSTAR

1 Comentário

curioso 3 de março de 2015, 20:29h - 20:29

só falta agora esperar 2016 e derrotar os traidores.

Comments are closed.

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

 

(24) 99926-5051 – Jornalismo

 

(24) 99234-8846 – Comercial

 

(24) 99234-8846 – Assinaturas

Canal diário do vale

colunas

© 2023 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996