;
segunda-feira, 30 de novembro de 2020 - 02:26 h

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Caminhoneiro é preso após ser flagrado dirigindo em ‘zigue-zague’ na Dutra em Volta Redonda

Caminhoneiro é preso após ser flagrado dirigindo em ‘zigue-zague’ na Dutra em Volta Redonda

Matéria publicada em 21 de novembro de 2020, 08:21 horas

 


Condutor, de 52 anos, foi flagrado com sinais de embriaguez após ser denunciado por motoristas que trefegavam no km 257, sentido São Paulo

Volta Redonda – Um homem, de 52 anos, foi detido por agentes da Polícia Rodoviária Federal na noite de sexta-feira (20), no km 257 da Dutra, ponto de apoio PRF da Serrinha de Arrozal, no sentido São Paulo, após ser flagrado conduzindo uma carreta Scania/112, vermelha, de maneira irregular, fazendo zigue-zague pela pista, com sinais de embriaguez.

Os agentes afirmam que a Equipe de reforço da 7ª DEL PRF realizava fiscalização de combate ao crime relativa à Operação Tamoio VIII por volta das 18h, quando vários motoristas pararam no local para denunciar o ocorrido.

”Os PRFs abordaram a referida carreta e ao solicitar a documentação ao motorista, já perceberam sinais visíveis de embriaguez, como fala enrolada, odor etílico no hálito, olhos vermelhos, sudorese, desordem nas vestes. E quando solicitado que saísse do veículo, o condutor estava com desequilíbrio, coordenação motora prejudicada, falando algumas frases desconexas, eufórico e algumas vezes irônico”, disse um agente.

De acordo com a PRF, o condutor informou que havia ingerido bebidas alcoólicas, onde mencionou que havia bebido uma “cachacinha” e 3 “latinhas” de cerveja, por ser feriado. Ao ser submetido ao teste etílico foi obtido o resultado de 0,81 mg/L (miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões), configurando o crime previsto no Artigo 306 do CTB, conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool ou de outra substância psicoativa que determine dependência: penas – detenção, de seis meses a três anos, multa e suspensão ou proibição de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir veículo automotor.

Após o flagrante, foi dada voz de prisão ao condutor. A ocorrência foi encaminhada à 93ª DP (Volta Redonda), onde permaneceu preso. Segundo a PRF, o delegado arbitrou a fiança em R$5 mil reais. ”Além da prisão, foi lavrada a devida multa de trânsito pela PRF por dirigir sob efeito de álcool, no valor de R$2.934,70, e uma multa por estar com disco do tacógrafo vencido, no valor de R$195,23. No total foram R$3.129,93 em multas. O condutor terá a suspensão do direito de dirigir e a carreta ficou retida até que fosse apresentado um condutor em condições para conduzi-la”, finalizou o agente.

 

Condutor foi encaminhado à 93ª DP (Foto: PRF)


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Avatar

    Quando o Boulos for eleito ele vai criar o Estatuto do Desembriagamento! Aí estaremos livres destas “gentalha, gentalha!!!” Uashuashuash!!!

  2. Avatar

    Este cabra safado deveria ter a pena duplicada em função de ser motorista com a CNH profissional. Eom tempos de atingir um veículo transeunte, com inocentes à bordo, e provocar uma tragédia.
    Este País deveria começar a repensar em recuperar a malha ferroviária de passageiros e cargas, pois estamos sujeitos a estes Zé Marlboros, que pode trucidar a vida da gente, a troco de quase nada.

  3. Avatar

    De acordo com o CTB, o contraventor (e criminoso), é motorista profissional e tanto a multa quanto a condenação devem ser em dobro.
    Infelizmente a fiscalização é próxima de zero e menos de 0,1% desses criminosos e contraventores são apanhados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document