terça-feira, 27 de outubro de 2020 - 02:35 h

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Campanha que alerta para consumo de álcool entre menores rende denúncias, em Volta Redonda

Campanha que alerta para consumo de álcool entre menores rende denúncias, em Volta Redonda

Matéria publicada em 25 de outubro de 2016, 17:15 horas

 


Foram mais de 60 chamadas ao Ciosp desde o último mês de abril; trabalho de divulgação é da Coordenadoria de Prevenção às Drogas

Volta Redonda – A campanha de divulgação da Lei 13.106/15, que torna crime vender, fornecer, servir, ministrar ou entregar bebida alcoólica para menores de idade, intensificada em abril deste ano pela Coordenadoria Municipal de Prevenção às Drogas (CMPD), já rendeu mais de 60 denúncias, através do Ciosp (Centro Integrado de Operações de Segurança Pública). A campanha “Infância Sem Álcool” tem um telefone para denúncias de comercialização ou uso de bebidas alcoólicas por menores – 0800 702 1190.

De acordo com a coordenadora municipal de Prevenção às Drogas, Myriane Nogueira Leal, o objetivo da campanha não é prender ninguém, mas alertar para os riscos do consumo de álcool entre menores para a saúde.

– Mas é preciso deixar claro também que a bebida alcoólica é uma droga ilícita para menores – afirmou, acrescentando que, antes da Lei Federal 13.106, fornecer bebida alcoólica a menores de idade era considerado apenas contravenção penal e hoje se tornou crime.

O trabalho de conscientização do problema também é feito através de reuniões em escolas e nos Cras (Centros de Referência à Assistência Social), coordenadas pela CMPD, e já atingiu cerca de 1,2 mil pessoas no município. Entre os temas abordados estão as consequências do consumo exagerado de álcool.

– O consumo exagerado de álcool tem influência no aumento da população de rua e da violência urbana, da gravidez indesejada na adolescência, além da contaminação por DSTs (Doenças Sexualmente Transmissíveis) – completou Myriane.

A instituição que quiser receber a palestra com orientações da campanha pode entrar em contato com a Coordenadoria Municipal de Prevenção às Drogas pelo telefone: (24) 3345-4444, ramal: 103.

Pesquisa

Estudo do Ibope, realizado em maio e junho de 2016, mostra que a relação de jovens com o álcool é cada vez mais precoce e intensa. A pesquisa também aponta que o consumo de bebidas alcoólicas é um hábito entre menores de idade: 45% dos adolescentes de 12 a 17 anos já experimentaram e 39% compraram o produto em algum estabelecimento comercial.

O levantamento foi feito em São Paulo, mas especialistas revelam que o cenário se repete em igual medida em várias partes do Brasil. Dentre as pessoas que provaram álcool, o porcentual de adolescentes que confessaram ter bebido nos últimos 12 meses é maior do que o número de adultos, 71% e 64%, respectivamente.

Enquanto a maioria dos jovens de 16 e 17 anos bebe geralmente na companhia de amigos, é com a família que 44% dos adolescentes de 12 e 13 anos costumam ingerir as bebidas alcoólicas. A pesquisa mostra que a idade do primeiro gole é cada vez mais cedo. Os adultos confessam que começaram a beber com 15 anos, os adolescentes reconheceram que, na média, iniciaram com quase 14 anos. Mas admitem que deveriam começar a beber só depois da maioridade.

Não são raros os casos em que é algum familiar que oferece o primeiro copo. Um em cada cinco adolescentes foi incentivado por um parente. Mas a principal influência ainda vem dos amigos. Em metade dos casos, são eles que estimulam o gole inicial. O estudo mostra que o consumo muitas vezes ocorre em casa e quanto maior a renda familiar, maior é o consumo. A falta de limites na educação, a facilidade de acesso à bebida e a permissividade da família – que não vê o consumo de álcool como atitude grave – são apontados como os principais fatores responsáveis por aproximar os jovens da bebida.

– Em outra pesquisa, desta vez do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), alguns dados chamam atenção: o aumento do consumo de bebidas alcoólicas entre jovens de 12 a 15 anos se compararmos os anos de 2012 e 2015. Além disso, foi verificado que as meninas têm começado mais cedo que os meninos, uma mudança de perfil que pode gerar consequências futuras como o aumento do alcoolismo entre mulheres adultas – apontou Myriane.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

13 comentários

  1. Avatar

    Uma pergunta se faz necessária: Quando é que a Guarda Municipal e a Policia Militar vão dar iniciar a fiscalização, apreensão, multas e recolhimento dos carros que infernizam os nossos ouvidos com som acima do permito que circulam livremente até altas horas perturbando a paz das pessoas. Outra coisa comum em Volta Redonda e sem nenhuma fiscalização são os motoristas que batem grandes papos no celular dirigindo e fazendo barbeiragem em nossas ruas ??

  2. Avatar
    VEJAMOS AS FESTAS DE FORMATURA DO ENSINO MÉDIO EM VOLTA REDONDA.

    Culpa dos pais somente não pois o contexto social está pressão total.
    Ué a própria escola permite a bebida alcoólica…
    É lógico que podemos não ceder. O que estamos fazendo agora mas…
    Tem sempre um bebadozinho desequilibrado puxando o cordão dos puxa sacos e colocando paninho na fogueira…
    dizendo assim: – Qual o problema os meninos tem quase dezoito anos… ou lá em casa sempre permiti uma provinha ou outra porque melhor experimentar em casa… ou ainda, que palhaçada vai proibir aqui eles saem e bebem… e por ai vai…
    AGORA SE É UMA ESCOLA SÉRIA NÃO PERMITIRIA NEM A DISCUSSÃO À ESTE RESPEITO.
    E PONTO FINAL.

  3. Avatar

    kkkkkkkk, e a rodovia do contorno??

  4. Avatar

    A culpa é unica e exclusiva dos pais. Hoje em dia mais de 90% deles não assumem o papel de educador. Acham que tudo é por conta da sociedade e da escola. Quando em festas os filhos estão lá fazendo “m” uma atrás da outra, fingem que não veem. Bando de folgados. Acham que filho é somente a parte biológica das coisas. Aí quando morrem por acidente, overdose, etc… ficam lá chorando e querendo achar culpados.Nesse caso é basta olhar para o espelho para achá-los.

  5. Avatar
    VEJAMOS AS FESTAS DE FORMATURA DO ENSINO MÉDIO EM VOLTA REDONDA.

    VAMOS FAZER UMA CONTA SIMPLES BASEADA NOS VALORES DE 2014. FORMATURA DO COLÉGIO EXEMPLO “G”, MAS TAMBÉM TEM NO COLÉGIO “R” NO “M” E NO “I”. ACHO QUE SE BOBEAR DE “A” À “Z”.
    POIS BEM A FORMATURA GIROU EM TORNO DE MIL REAIS POR ALUNO COM DIREITO A 10 CONVITES.
    HOJE ISSO DEVE ESTAR EM TORNO DE 1.500. NUMA TURMA DE 10 ALUNOS DA QUINZE MIL. QUARENTA ALUNOS DA SESSENTA MIL. DUAS TURMAS DE 50 = 150.000,00.

    QUAL O MOTIVO DA CONTA?
    1. JOGAR POR TERRA OS VALORES FAMILIARES
    2. JOGAR POR TERRA OS VALORES SOCIAIS
    3. CORROMPER OS VALORES PEDAGÓGICOS
    4. DISTORCER O PAPEL DA ESCOLA QUE SERIA DE EDUCAR E EVIDENCIAR O CUMPRIMENTO DAS NORMAS E LEIS SOCIAIS.

    FICA AQUI MAIS UMA VEZ A DENUNCIA:
    DEZEMBRO ESTÁ AI, É SÓ SABER O DIA DAS FORMATURAS DE ALGUMAS DAS ESCOLAS PARTICULARES DE VOLTA REDONDA.

    SENHOR DELEGADO DEIXO AQUI O NOSSO APELO
    APELO DAQUELES PAIS QUE SÃO DESCRIMINADOS PELA MAIORIA QUE BATE PALMA PARA ESTE TIPO DE EVENTO PARA ADOLESCENTES REGADO À BEBIDA ALCOÓLICA.

  6. Avatar

    ficar de olho nas festas dia 1 nos clubes umuarama e clube náutico,pois vai rolar festa de rock nos 2 clubes,gosto de rock mais sou contra menores bebendo e usando drogas,atenção polícia e conselho tutelar vamos ficar de olho no dia 1 noite pra estes safados não vender pinga e cerveja para menores.

  7. Avatar

    60 denúncias ? Quantos presos ?

  8. Avatar

    Quanta hipocrisia nesta segunda feira,vi três adolescentes do curso Angro comprando bebidas alcoólicas num supermercado aqui Aterrado.Passaram no caixa tranquilamente,esses estudantes,não tinham mais do que 15 anos.

  9. Avatar

    As ações são ineficientes, justamente por estarmos tratando nossos adolescentes como débeis, eles não podem ser responsabilizados por nada, nem guando resolvem se tornarem assassinos, muita propaganda e nada de efetivo, eu mesmo liguei para o tal CIOSP para me queixar dos flanelinhas na Vila, sábado passado, conclusão, percebi que seria necessário que eu os prendessem e levasse até eles, assim é que as coisas funcionam, muita propaganda e eficiência negativa.

    • Avatar

      É isso mesmo! Hoje ninguém mais tem filhos, só “príncipes “, e eles desde bem novinhos, não podem ter a menor frustração… São os supermimados!

  10. Avatar

    O que fizeram com essas mais de 60 denúncias? Nada?

Untitled Document