quarta-feira, 21 de novembro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Candidato ao governo do Estado se reúne com lideranças religiosas

Candidato ao governo do Estado se reúne com lideranças religiosas

Matéria publicada em 16 de setembro de 2018, 16:50 horas

 


Wilson Witzel participa de encontro na Associação de Pastores de Volta Redonda (Foto: Divulgação)

Volta Redonda – O candidato ao Governo do Estado pela coligação “Mais ordem, mais progresso” (PSC/PROS), o ex-juiz federal Wilson Witzel, visitou o Sul Fluminense no sábado (15). O primeiro compromisso foi um café da manhã com lideranças religiosas na Associação de Pastores de Volta Redonda. A convite do Apóstolo Juarez Ferreira, Wilson esclareceu dúvidas sobre direito aplicado à família e às instituições religiosas. O evento contou com a presença de mais de 80 pessoas, entre elas o Pastor Ezequiel Teixeira, candidato a deputado federal pelo Podemos.
Durante a palestra, o ex-juiz federal falou sobre a sua trajetória profissional:
-Os valores religiosos me guiam para ter uma conduta reta na vida. É por isso que ao longo de 35 anos de serviço público nunca pactuei com desonestidade e corrupção – disse.
Depois, Wilson seguiu para um ato na Praça Brasil, em apoio à recuperação do candidato à presidência Jair Bolsonaro (PSL), que foi atacado enquanto cumpria agenda em Juiz de Fora, na semana passada. No evento, Wilson falou sobre suas propostas para a economia do estado:
-Até 2022, o Rio pode ter investimentos em torno de R$ 100 bilhões se atrairmos para cá a indústria alimentícia, a calçadista e a de transformação. Além de resolver o problema da segurança pública, para fomentar o turismo, vamos abrir essas novas frentes de atuação e montar uma espécie de ‘portfólio de investimentos’ a ser apresentado ao capital estrangeiro – explicou.
No fim do dia, Wilson seguiu para encontro com eleitores em Miguel Pereira.
O candidato gravou um vídeo, onde declarou:
– Volta Redonda e o Sul Fluminense sofrem com a alta carga tributária, nos combustíveis e na energia elétrica, e a divisa com São Paulo torna isso mais dramático. O estado do Rio de Janeiro precisa ser competitivo. Nós vamos reorganizar a tributação no estado, para torná-lo mais competitivo com relação ao sudeste.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

5 comentários

  1. Sorte nossa que tem tanta chance de se eleger quanto a Marina Silva tem de ser Miss Universo 2018

    Política e religião é uma combinação perigosíssima

  2. Vou no juiz tbm..foi o único candidato ao governo do estado q falou sobre o alto tributo dos combustíveis..o resto ta nem ai para população do estado..só não enxergam pq não querem.

  3. Vou no Juiz.
    Garotinho,Eduardo Paes e Romário são o fim da picada.
    Samuca que dizia que era uma nova política decepcionou.

  4. Eduardo paes amigo de cabral e lula, garotinho nem preciso falar, vou de Romário o baixinho é ficha limpa

  5. Religião (ordem religiosa), estado (ordem política) e dinheiro (ordem econômica). Formam as três ordens universais que guiaram o mundo sob um único conjunto de leis, desde o primeiro milênio a.C. E após quase 3 mil anos o modus operandi é o mesmo.

Untitled Document