segunda-feira, 26 de outubro de 2020 - 03:20 h

TEMPO REAL

 

Capa / Destaque / Central de Monitoramento do Coronavírus em Resende realiza mais de dez mil atendimentos durante pandemia

Central de Monitoramento do Coronavírus em Resende realiza mais de dez mil atendimentos durante pandemia

Matéria publicada em 9 de julho de 2020, 16:46 horas

 


Resende – A Secretaria Municipal de Resende está acompanhando todos os casos da Covid-19 no município, além de tomar medidas necessárias para o combate ao novo coronavírus. Até o momento foram realizados mais de dez mil atendimentos pela Central de Monitoramento do Coronavírus no município.

De acordo com a prefeitura, muitas vezes a mesma pessoa é atendida mais de uma vez, ou seja, um mesmo paciente pode ser responsável por mais de um contato. Neste total, também se juntam os atendimentos feitos aos contactantes.

A Vigilância em Saúde, através das equipes de Epidemiologia, e pela Atenção Primária, por meio das Equipes de Saúde da Família, bem como através de uma plataforma online conhecida como “Monitora COVID”, realizam os acompanhamentos. O trabalho também conta com o apoio de funcionários do CEREST e da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer.

Durante o acompanhamento, são realizadas chamadas por telefone ou videochamadas e são enviadas mensagens de texto por WhatsApp aos pacientes atendidos no Centro de Triagem do Hospital de Emergência.

O serviço de monitoramento realiza o acompanhamento clínico dos pacientes suspeitos e confirmados, como também de quem manteve contato com estas pessoas. Ele também busca agendar exames, controlar os resultados, informar e orientar, além de elaborar relatórios e estatísticas de monitoramento.

Segundo a prefeitura, foram feitos mais de oito mil contatos entre a equipe e os pacientes por telefone e mais de três mil por outros meios.

Equipes da Epidemiologia e Saúde em Família monitoram os pacientes infectados pelo coronavírus para verificar o quadro de saúde e também sua evolução. Em seguida é iniciada uma etapa para localizar as pessoas que tiveram algum contato com os infectados nos últimos dias. Por fim, todos são monitorados e orientados a entrar em quarentena no período de 14 dias.

O trabalho alcança tanto quem está em isolamento domiciliar como quem tem de buscar tratamento hospitalar
(foto: Divulgação PMR)

Plataforma digital

Além deste monitoramento por telefone, a Prefeitura disponibiliza um sistema para pacientes que vão até o Centro de Triagem do Hospital de Emergência. Os técnicos recebem os dados dos pacientes que chegam à tenda do hospital e mais tarde entra em contato com a pessoa pela plataforma “Monitora COVID” por mensagem por WhatsApp para fazer o monitoramento. A Secretaria Municipal de Saúde reforça que os pacientes mantenham os dados de contato atualizados e corretos para garantir o atendimento.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document