Centro de Reabilitação Física de Volta Redonda recebe novos equipamentos

Materiais serão direcionados para melhorar os tratamentos no setor de Ortopedia; cerca de 2.600 atendimentos são realizados mensalmente no local

by Diário do Vale

Foto: Geraldo Gonçalves – Secom/PMVR.
Novos aparelhos vão melhorar a eficiência dos tratamentos no Cemurf

Volta Redonda – Os pacientes que são atendidos no Centro Municipal de Reabilitação Física (Cemurf) da prefeitura, que funciona no Acesso Amarelo do Estádio da Cidadania, vão dispor de novos equipamentos, que servirão para otimizar os tratamentos oferecidos à população de Volta Redonda. Eles estão sendo direcionados para melhorar os tratamentos no setor de Ortopedia, que é a principal demanda do local atualmente. Cerca de 2.600 atendimentos são realizados mensalmente no local.
Entre os novos materiais recebidos pelo CEMURF – criado em 2004, durante o segundo mandato do governo Neto – estão o ultrassom, Tens (usado para alívio da dor em processos crônicos ou agudos), laser, massageador, kit de liberação miofascial, bolas e equipamentos para fortalecimento, entre outros.
O espaço funciona com atendimento ambulatorial e em conjunto com o Centro de Reabilitação em Pós-Operatório de Cirurgia Ortopédica e Saúde do Trabalhador Otacílio José da Costa, especializado em pós-operatório do membro superior e membro inferior, coluna e acupuntura e fibromialgia. Na clínica da dor são realizados osteopatia, pilates e RPG.
De acordo com a coordenadora municipal de Fisioterapia, Luciana Lopes Costa, a chegada dos novos aparelhos vai otimizar os procedimentos de tratamento fisioterápico no setor.
“Vamos oferecer inúmeras melhorias na qualidade, possibilitando, principalmente, uma abordagem mais rápida aos pacientes. Isso vai ao encontro do principal problema em nosso setor, que foi o aumento exponencial na procura pelo serviço de fisioterapia no município de Volta Redonda, que é referência em nossa região”, disse a coordenadora.

Como receber o atendimento

A Fisioterapia Municipal do Cemurf funciona no Acesso Amarelo do Estádio da Cidadania; para ter acesso ao serviço, os pacientes precisam ser moradores de Volta Redonda e terem sido encaminhados pelas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), pelos Hospitais São João Batista, Dr. Munir Rafful (Retiro) ou pelo Into (Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia), da rede estadual de saúde. A primeira etapa do processo é a avaliação feita por um fisioterapeuta; em seguida, o paciente é encaminhado para a especialidade mais adequada à sua necessidade e que dará início ao tratamento, em um total de dez a 20 atendimentos.
Os atendimentos também são realizados nas Unidades Básicas de Saúde dos bairros Dom Bosco, Vila Mury, Retiro II, Siderlândia, Conforto, Água Limpa, Vila Rica e Três poços, e ainda pelo Programa de Atendimento Domiciliar em Fisioterapia, que atende a pacientes acamados. Eles seguem o protocolo de avaliação dos profissionais de fisioterapia, que os encaminham para o setor indicado para o melhor atendimento de cada patologia.

Serviço

O Centro de Reabilitação Física de Volta Redonda funciona no Estádio Raulino de Oliveira, situado na Rua 552, no bairro Jardim Paraíba. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 7h ao meio-dia e das 13h às 18h. O agendamento da avaliação após encaminhamento pela Unidade de Saúde, hospitais ou Into deve ser feito das 8h ao meio-dia e das 13h às 16h.

You may also like

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996