sexta-feira, 25 de setembro de 2020 - 18:01 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Centro Oncológico de Angra dos Reis iniciará atendimentos em setembro

Centro Oncológico de Angra dos Reis iniciará atendimentos em setembro

Matéria publicada em 7 de agosto de 2020, 14:26 horas

 


Angra dos Reis – Obra de implantação da Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia foi iniciada nesta semana, em Angra dos Reis, no HMJ (Hospital Municipal de Japuíba. O Centro Oncológico começará a funcionar em setembro e contará com atendimento em oncologia clínica e cirúrgica, disponibilizando aos usuários do SUS atendimento em quimioterapia e cirurgias oncológicas.

Os pacientes que atualmente precisam sair do município para se tratar, poderão receber os cuidados na própria cidade, a partir do mês que vem.

O prefeito Fernando Jordão, acompanhado dos vereadores Helinho do Sindicato e Jane Veiga, do diretor do HMJ, Sebastião Faria, e do secretário-executivo de Atenção Oncológica, Renan Vinicius, que coordena o projeto, visitou nesta sexta-feira (7) a obra e ficou feliz com o que viu.

– Estamos tendo a possibilidade de implantar no HMJ a quimioterapia, que representa 60% dos casos em que os pacientes são transferidos para tratamento em outras cidades. Também vamos poder realizar, neste primeiro momento, as cirurgias de câncer. Isso só está acontecendo porque o HMJ avançou e tem hoje um centro cirúrgico de referência na região – destacou o prefeito.

Para abrigar o novo serviço, o HMJ remanejou setores administrativos internamente, liberando o espaço onde funcionava a cantina para a instalação de consultório médico, sala de aplicação de quimioterápicos e recepção.

– As cirurgias de câncer vão acontecer na própria estrutura do hospital. Teremos um oncologista clínico que coordenará o atendimento, direcionando o paciente e definindo o tratamento, e um cirurgião oncológico que, de fato, fará os procedimentos cirúrgicos – explicou o secretário-executivo de Atenção Oncológica.

O serviço ocupará 242,40 m², abrigando a recepção, dois consultórios e sala de aplicação de quimioterápicos com 12 cadeiras para atendimentos simultâneos em quimioterapia, sendo dois leitos, além de estrutura de apoio. A realização dos procedimentos cirúrgicos oncológicos ocorrerá no centro cirúrgico do hospital, também com a oferta de exames diagnósticos de endoscopia e colonoscopia.

De início, os serviços serão custeados pela Prefeitura de Angra. Em um segundo momento, após a habilitação pelo Ministério da Saúde, o serviço passará a ser regional, tornando Angra dos Reis referência em atendimento oncológico.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document