sábado, 4 de julho de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Churrasco é interrompido e estabelecimentos são interditados em Volta Redonda

Churrasco é interrompido e estabelecimentos são interditados em Volta Redonda

Matéria publicada em 1 de junho de 2020, 14:29 horas

 


Segundo a prefeitura, motivo foi o descumprimento de decretos do combate ao novo coronavírus

Volta Redonda – A força-tarefa de fiscalização em Volta Redonda interditou três estabelecimentos localizados nos bairros Aterrado, Caieiras e Santa Cruz, no último domingo (31), por descumprimento aos decretos de funcionamento e de aglomeração. As equipes também encerraram um churrasco que acontecia em via pública, na Rua General Sampaio, no bairro Colina. Cadeiras e mesas foram apreendidas, já que nenhum participante se apresentou como donos dos móveis.

A ação, organizada pela Fiscalização de Atividades Econômicas e Sociais da Secretaria Municipal de Fazenda (SMF), com o apoio da Secretaria Especial de Segurança Publica (SESP) e do 28º Batalhão realizou ronda em pelo menos dez bairros.

Força-tarefa

A força-tarefa tem o objetivo de verificar se as regras para evitar o contágio pelo novo coronavírus, cumprimento dos horários estipulados de abertura e fechamento e as medidas de segurança dentro dos estabelecimentos comerciais estão sendo cumpridas.

O prefeito Samuca Silva destacou que todos são responsáveis pelo combate ao coronavírus.

– A população tem nos ajudado muito, realizando denúncias e apontando locais de aglomerações. Precisamos da ajuda de todos. Vamos usar máscaras, álcool em gel e, principalmente, só ir às ruas em caso de necessidade. Junto vamos vencer a Covid-19 – disse o prefeito.

A força-tarefa passou pelos bairros Jardim Amália, São Geraldo, Colina, Vila Santa Cecília, Santa Cruz, Caieiras, Vila Americana e Aterrado, no domingo.

Regras

Entrada permitida nos estabelecimentos de apenas uma pessoa a cada 10m² (metros quadrados); uso obrigatório de máscara; e a disponibilização de álcool em gel para clientes são algumas das regras que devem ser cumpridas. Bares e restaurantes só podem funcionar até às 19h.

Eixos

As medidas existem para manter os seis eixos de monitoramento condicionantes para a flexibilização, como o número de casos suspeitos não aumentar em 5% por dois dias seguidos; a ocupação de leitos no CTI não ultrapassar 50%; a ocupação de leitos no Hospital de Campanha não ultrapassar 60%; além de manter o grupo de risco em isolamento social; uso de máscara obrigatório nas ruas; e a proibição de qualquer tipo de aglomeração.

Cadeiras e mesas foram apreendidas no churrasco
(Foto: Secom VR)


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

10 comentários

  1. Avatar

    podia ter ido a vila e voltado sem essa!!!!

  2. Avatar

    O José Luiz está certíssimo.

    • Avatar

      Esse pessoal não cansa de passar vergonha.

      Não estudam, não sabem o que falam.

      Esse José Luiz foi uma ironia.

      Esse foi o General que comandou a invasão à Usina Presidente Vargas, o qual restaram três mortos.

      E quem, provavelmente, determinou que explodissem o monumento 9 de novembro, lá na Vila Santa Cecília.

      Movimento este projetado pelo comunista Oscar Neimeyer.

      Atentado esse que foi considerado o último ato de uma ditadura já cambaleante, e que foi enterrada pelo movimento Diretas Já.

      O rapaz que comentou muito provavelmente não sabe de nada disso.

      Uma pena. Pois os erros são novamente cometidos se não se conhece o passado.

      Um bozoista desses é digno de pena.

      Mas pra tudo tem cura.

      Toma cloroquina que melhora.

    • Avatar

      Respondendo ao “professor” Arthur que na época da invasão da CSN por tropas do Exército a tal Ditadura já havia acabado e o Presidente eleito era José Sarney que assumiu com a morte de Tancredo Neves do qual Sarney era o Vice. Como a CSN era do Governo Sarney DETERMINOU A REINTEGRAÇÃO DE POSSE. Com o uso das FA’S. Aprenda a divulgar os fatos reais.É SÓ ESTUDAR e não DISTORCE.

  3. Avatar

    Avança sinal.
    Joga lixo no rio.
    Para em vaga de deficiente.
    Recebe auxilio sem precisar.
    Acha que enganar o próximo é ser esperto.

    Vc espera o que ?

  4. Avatar

    Vocês querem saber como funciona uma ditadura? É tipo isso, mas com todo mundo passando fome.

    • Avatar
      José Luis Lopes da Silva

      Não, não é isso.

      Em uma ditadura, da qual você demonstra pouco conhecer, as leis são pervertidas em atendimento a uma autocracia.
      Em uma ditadura, as pessoas são torturadas por pensarem diferente.
      Em uma ditadura, as pessoas efetivamente não tem liberdade de expressão.
      Em uma ditadura, você não pode escrever besteiras em comentários de jornal sem ser descoberto, perseguido, torturado, morto, e enterrrado pra nunca mais se ouvir falar de você.
      Em uma ditadura, também se passava fome, mas não pode-se falar disso.
      Então, meu caro, não tente demonstrar o conhecimento que você não detém.
      A reportagem mostra um ente público, agindo como está na lei, em atendimento a uma necessidade óbvia de saúde pública, contra aqueles que, a pretexto de como você diz: não passarem fome, coloquem em risco a si, aos clientes, e familiares.
      Já ouviu o termo TUTELA COLETIVA?
      Pois é isso o que está acontecendo neste momento.
      Prefeito e Ministério Público agindo, mesmo que alguns membros da sociedade discordem.
      Mas na ditadura, tente discordar, e você não veria alguém colando um cartaz e aplicando uma multa…..
      Você veria alguém vendar seus olhos, te pendurar numa corda, pelo pescoço, e te suicidar.
      Um pouco mais de estudo meu jovem. Menos opinião e mais estudos.
      A começar pelo meu nome. Quem sou eu? Que papel desempenhei na sua vida?

    • Avatar

      Nem sabe o que é uma ditadura, pense antes de falar ao invés de falar sem pensar.

    • Avatar

      Vai estudar, Na Real! Assim vai parar de passar vergonha na rede… Aposto que é bolsominion…

Untitled Document