sábado, 7 de dezembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Cinco acidentes são registrados na Dutra; seis pessoas ficam feridas, uma em estado grave

Cinco acidentes são registrados na Dutra; seis pessoas ficam feridas, uma em estado grave

Matéria publicada em 5 de maio de 2017, 16:14 horas

 


Motorista em estado grave foi socorrido na Santa Casa de Barra Mansa; há sete quilômetros de congestionamento no trecho VR e BM

5ea4b47d-6391-41ca-b6d7-dd23701f604e

Três acidentes ocorreram no sentido Rio e dois em direção a São Paulo
(Foto: Enviada pela PRF)

Volta Redonda e Barra Mansa – Cinco acidentes foram registrados na tarde desta sexta-feira (5), na Rodovia Presidente Dutra (BR-116), no trecho entre Volta Redonda e Barra Mansa, de acordo com a PRF (Polícia Rodoviária Federal). Três acidentes aconteceram no sentido Rio de Janeiro e dois em direção a São Paulo. Seis pessoas ficaram feridas, uma em estado grave. As outras vítimas tiveram ferimentos leves. Todos os feridos foram encaminhados para hospitais da região.
A vítima em estado grave é o motorista de um caminhão, que não teve a identidade divulgada, que bateu na mureta central da pista. Segundo o inspetor da PRF, Carlos Nogueira, o caminhoneiro foi arremessado para fora do veículo, caiu na pista sentido contrário, enquanto o caminhão seguiu até bater num barranco, ficando atravessado e deixando a estrada em meia pista. O homem foi socorrido pela equipe da concessionária que administra a rodovia e encaminhado a Santa Casa de Misericórdia de Barra Mansa.

Ainda de acordo com o policial rodoviário, quatro pessoas que estavam em um Renault Clio que vinha no sentido contrário ficaram feridas após o acidente com o caminhão. O inspetor explicou que o motorista do carro de passeio teria visto o caminhoneiro colidir com a mureta central, se assustou e acabou perdendo o controle da direção e capotou. A outra vítima que se feriu estava no Celta quando ocorreu uma colisão traseira.

Segundo a CCR NovaDutra – concessionária que administra a rodovia – em Barra Mansa, no km 259 ao 266, houve registro de sete quilômetros de congestionamento devido ao reflexo dos acidentes.

Foi registrado ainda o tombamento de um caminhão do Inea (Instituto Estadual do Ambiente), no km 267, mas não houve feridos.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document