Cláudio Castro anuncia plano operacional do Estado para o Carnaval

Segurança pública contará com aumento de 5% do efetivo da Polícia Militar e videomonitoramento com reconhecimento facial. Campanha contra o assédio foi intensificada e ocupação hoteleira chega a 85%

by Mayra Gomes

Foto: Divulgação

Estado do Rio – O governador Cláudio Castro apresentou, na manhã desta segunda-feira (05), o plano operacional do Carnaval 2024. O anúncio foi feito no Palácio Guanabara com as campanhas que serão realizadas pelo Estado durante os dias de folia, como ações de conscientização contra o assédio à mulher e sobre a dengue. Ao todo, 12.100 policiais militares reforçam o patrulhamento na capital e no interior – aumento de 5% comparado a 2023. Como destaque, a segurança pública terá, pela primeira vez no Carnaval, videomonitoramento com reconhecimento facial na orla da capital, Sambódromo, estações de metrô e Supervia. Todas as imagens captadas serão transmitidas em tempo real para o Centro Integrado de Comando e Controle (CICC).
 
– Estamos a menos de uma semana de dar início à maior e mais popular festa do país. E eu tenho orgulho de ser o governador do Estado do Rio, que faz o maior Carnaval do mundo. Estamos preparados com um grande plano operacional. Nossas secretarias estão prontas para atuar nesta festa nos mais diversos setores. Fizemos um investimento de R$ 62,5 milhões, o maior da história do Carnaval do Rio de Janeiro, destinado às escolas de samba, a um novo calendário de eventos durante todo o ano na Cidade do Samba, e nos blocos e outras manifestações culturais – afirmou o governador.
 
Na Marquês de Sapucaí, no Setor 11, será montado um posto avançado da 6ª DP (Cidade Nova) e unidades especializadas da Polícia Civil. Seis torres de observação também serão instaladas ao longo da Avenida Presidente Vargas e durante todo o evento haverá monitoramento por drones.
 
Nas ruas, as ações também serão intensificadas. Nos megablocos, no Centro do Rio, haverá patrulhamento com drones e pontos de interceptação e revista com 250 detectores de metais, iniciativa que se repete nas estações de metrô da Zona Sul (Copacabana, Ipanema e Leblon). Já no interior do Estado e municípios da Região Metropolitana, batalhões da área farão reforço do  policiamento nos blocos de rua.
 
– São mais de 12 mil policiais extras para garantir o acesso de todos a essa festa maravilhosa. Esse é um trabalho de integração não somente das secretarias de Governo, mas também com os municípios – ressaltou o secretário de Estado de Segurança Pública, Victor dos Santos.
 
Ouviu um não? Respeite a decisão
 
Campanhas para a segurança da mulher foram intensificadas, e durante o Carnaval o lema “Ouviu um não? Respeite a decisão” ganha ainda mais espaço em ações no Sambódromo, blocos de rua e na Intendente Magalhães. O aplicativo Rede Mulher, o 190RJ da Polícia Militar, a Patrulha Maria da Penha (com 46 viaturas), o programa Empoderadas e o reforço de policiais civis nas 14 Delegacias de Atendimento à Mulher também farão parte das estratégias do governo. O governador Cláudio Castro determinou que as secretarias ofereçam todo o suporte do Estado para preservar a segurança das mulheres.
 
– Estamos repetindo o sucesso do nosso slogan do ano anterior, mas com um novo olhar, agora voltado para repreender atos inadequados do público masculino. A mensagem “Ouviu um não? Respeite a decisão” foi aderida em diversos municípios e órgãos públicos de todo o Estado. O lema é tolerância zero com o assédio e violência contra a mulher – destacou a secretária da Mulher, Heloisa Aguiar.
 
Corpo de Bombeiros
 
O Corpo de Bombeiros contará com 10.000 militares em todo o Estado. Dois mil bombeiros estarão distribuídos em guarnições de pronta resposta, em caso de emergências e socorro a vítimas. A operação também terá 20 viaturas posicionadas em locais estratégicos para atendimento pré-hospitalar, eventos de múltiplas vítimas, combate a incêndio e salvamento em altura.
 
Lei Seca
 
A Operação Lei Seca vai disponibilizar 100 agentes para atuar nas ruas durante o período de Carnaval. No Sambódromo, haverá teste de bafômetro nos motoristas dos carros alegóricos dos grupos Ouro e Especial. Já nas ruas e estradas, blitzes diurnas e noturnas farão parte das ações, além do uso de drones para auxiliar e evitar a fuga e troca dos condutores dos veículos interceptados.
 
Detran
 
O Detran realiza a vistoria em itens de segurança dos carros alegóricos da Marquês de Sapucaí. Aproximadamente 90 veículos serão fiscalizados. O departamento de trânsito fará ainda ações de conscientização com equipes nos setores do Sambódromo para informar sobre os riscos em misturar bebida e direção.
 
Cultura
 
O Carnaval deste ano tem o maior investimento da história realizado pelo Governo do Estado, de R$ 62,5 milhões. Do total, R$ 40,5 milhões são destinados aos desfiles das escolas de samba, R$ 10 milhões para promover um calendário de eventos durante todo o ano na Cidade do Samba e R$ 12 milhões para blocos, grupos de Folia de Reis, bate-bolas e outras manifestações culturais.
 
Turismo
 
A previsão é chegar a 85% da ocupação hoteleira na capital durante os dias de folia. Os hotéis da cidade do Rio estão com mais de 74% de reservas. A expectativa é de que 5 milhões de foliões gerem uma movimentação financeira de cerca de R$ 4,5 bilhões na economia da capital.
 
Será disponibilizado um lounge com atendimento poliglota para suporte aos turistas, principalmente estrangeiros, na Sapucaí, em parceria com Abav-RJ e a Fecomércio-RJ.
 
A Secretaria de Turismo conta com um ponto de atendimento e apoio ao turista durante todo o Carnaval em Copacabana, na altura do posto 4. Além disso, a pasta atua em parceria com a Delegacia Especial de Apoio ao Turismo, com atendimento de guias de turismo bilíngues.
 
Saúde
 
A campanha “Contra a dengue todo dia” tem o objetivo de conscientizar e mobilizar a população para o combate à dengue. A ação vai reforçar as ações do Estado no atendimento à população e incentivar o envolvimento de todos, com a distribuição de repelentes, adesivos, bandanas e chapéus com alertas sobre a doença para o público no Sambódromo.
 
Os nove telões do Sambódromo vão passar um filme de 15 segundos sobre o combate à dengue. Antes de a primeira escola desfilar, foliões vão exibir faixa com a frase ‘10 minutos salvam vidas’. A campanha será divulgada também no sistema de som da Sapucaí. Haverá ainda spots de rádio e ações em redes sociais.
 
Fundação para a Infância e Adolescência (FIA)
 
A Fundação para a Infância e Adolescência atuará distribuindo pulseiras de identificação para crianças no Sambódromo e na Rodoviária do Rio e folders com orientações para os responsáveis, além de campanha de conscientização em ônibus e terminais da Região Metropolitana.
 
O esquema operacional foi apresentado pelo governador Cláudio Castro e pelos secretários de Segurança Pública, Victor dos Santos, de Polícia Militar, coronel Luiz Henrique Pires, de Polícia Civil, delegado Marcus Amim, de Defesa Civil, coronel Leandro Monteiro, de Governo, Bernardo Rossi, de Cultura, Danielle Barros, de Turismo, Gustavo Tutuca, da Mulher, Heloisa Aguiar, de Saúde, Claudia Mello, e o vice-presidente do Detran, André Mônica.

You may also like

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996