terça-feira, 19 de outubro de 2021 - 21:59 h

TEMPO REAL

 

Capa / Saúde / Clínica da Família do Vila Brasília já disponibilizou 68 consultas médicas desde a sua inauguração

Clínica da Família do Vila Brasília já disponibilizou 68 consultas médicas desde a sua inauguração

Matéria publicada em 15 de novembro de 2020, 08:37 horas

 


Na nova unidade o foco é o atendimento humanizado

Na nova unidade o foco é o atendimento humanizado -Foto: Divulgação PMVR

Volta Redonda- Inaugurada há menos de 15 dias, a Clínica da Família Upinha Municipal de Volta Redonda já disponibilizou 68 consultas médicas nas especialidades médicas de urologia e ginecologia. A nova unidade de saúde ligada a estratégia de saúde da família é destinada ao atendimento dos moradores dos bairros Mariana Torres, Verde Vale, Belo Horizonte e Coqueiros, que formam o Complexo Vila Brasília.

Na nova unidade o foco é o atendimento humanizado e a aproximação entre os serviços de saúde, trazendo para a Atenção Básica as especialidades médicas. Para isso, os profissionais foram capacitados para buscar uma escuta qualificada.

De acordo com a secretária municipal de Saúde, Flavia Lipke, essa integração faz parte das estratégias do Planifica SUS, que está sendo implantando no município.

“Nosso objetivo é de, cada vez mais, disponibilizar para a população um atendimento humanizado e perto da sua casa. Essa foi a primeira unidade que foi implantada nesses moldes, mas o intuito do governo municipal é ampliar a Clínica da Família para outras comunidades”, disse a secretária.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, o objetivo é que, em breve, a Clínica da Família amplie o atendimento, incluindo as especialidades de endocrinologia, cardiologia e fisioterapia, disponibilizando para a população assistência integral à saúde e servindo como elo entre a estratégia da saúde da família e as especialidades médicas. Os usuários serão referenciados das cinco unidades que compõe as sete equipes do Programa Saúde da Família.

A nova unidade possui duas salas de consultórios médicos – para atendimentos das especialidades em ginecologia e urologia -, além de uma ampla recepção para realização de trabalhos de Educação em Saúde e Acolhimento Humanizado. Toda a estrutura atende as normas técnicas vigentes e vai funcionar de segunda à sexta-feira, das 8 às 17 horas. A equipe é composta por ginecologista, urologista, técnicos em enfermagem, cuidadores em saúde e enfermeiro.

O aposentado José Adilson Laranjeira, 58 anos, morador do bairro Belo Horizonte, que tem diabetes, estava aguardando para ser atendido pelo urologista e elogiou o atendimento. “Não só aqui, mas também em outras unidades de saúde pública sou muito bem tratado. A gente percebe que eles têm um carinho grande pela gente e que querem nos ajudar. São abençoados”, disse o aposentado.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document