quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Economia / CNI comemora conclusão de trecho da BR-163 no Pará

CNI comemora conclusão de trecho da BR-163 no Pará

Matéria publicada em 3 de dezembro de 2019, 09:02 horas

 


Obra foi executada por batalhão de engenharia e construção do Exército

Antes da obra, caminhoneiros enfrentavam engarrafamentos e atoleiros na BR-163
(Foto: Divulgação/Exército)

Pará – A Confederação Nacional da Indústria (CNI) comemorou a conclusão das obras de um dos trechos da BR-163 no Pará. O serviço foi realizado por militares do 8º Batalhão de Engenharia e Construção (8º BEC) do Exército. Para a CNI, a conclusão da obra vai melhorar o escoamento da produção agroindustrial e a exportação desses produtos.

“A conclusão das obras contribui para desafogar os portos das regiões Sudeste e Sul e coloca as cargas brasileiras mais próximas de parceiros comerciais estratégicos na Europa e em outros importantes destinos para os produtos nacionais”, disse o presidente da CNI, Robson de Andrade.

A BR-163, que liga os estados de Mato Grosso e do Pará, é uma das principais vias de acesso aos portos do chamado Arco Norte, usados para exportação de soja e milho. O trecho asfaltado, de 51 quilômetros, liga os municípios de Moraes Almeida e Novo Progresso, ambos no Pará. Antes da obra, os caminhoneiros enfrentavam engarrafamentos e veículos atolados na lama nesse trecho da estrada.

Segundo a CNI, a conclusão da obra vai trazer economia na logística envolvendo os dois estados. “Para a carga que se encontra na região de Sinop e Lucas do Rio Verde [Mato Grosso], por exemplo, a redução no percurso pode ser de até mil quilômetros, em comparação com a saída pelos portos do Sul e Sudeste”, diz a entidade, em nota.

A Confederação Nacional da Indústria, no entanto, cobra mais investimentos na área de infraestrutura. “Atualmente, o país investe menos de 2% do PIB [Produto Interno Bruto] na área. Para efeito de comparação, todos os países do Brics [grupo formado por Brasil, Rússia, Índica, China e África do Sul] investem, pelo menos, o dobro do Brasil. A solução para os atuais gargalos da infraestrutura nacional passa, obrigatoriamente, pela expansão da participação privada nos investimentos e na gestão da infraestrutura”, afirma a CNI.

*Informações da Agência Brasil


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. Avatar

    Interessante a CNI falar sobre esse sucesso. Pelo menos reconheceu o feito.

    Não fosse a CNI talvez essa rodovia já estaria asfaltada há décadas. A CNI parece que esqueceu dos apoios aos governos corruptos que mantinha a estrada ruim para ganharem votos com PROMESSAS.

    PROMESSAS que os volta-redondenses adoram, os eleitores do Pará tbm não ficam atrás. Se bem que aqui eles trocaram na última eleição para prefeito para “gestor público” e que a “prefeitura tem dinheiro e só falta gestão pública”

  2. Avatar

    É o nosso dinheiro sendo usado sem corrupção . Parabéns ao Ministro Tarcisio e sua equipe de guerreiros do Exército .

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document