>
segunda-feira, 23 de maio de 2022 - 15:36 h

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Comandantes de batalhões de Volta Redonda e Angra descartam bloqueios em portas de quartéis

Comandantes de batalhões de Volta Redonda e Angra descartam bloqueios em portas de quartéis

Matéria publicada em 9 de fevereiro de 2017, 15:45 horas

 


Portella e Regis afirmam que quartéis dos dois municípios vão funcionar normalmente nesta sexta-feira; equipe do DIÁRIO DO VALE foi até a porta do batalhão de Volta Redonda nesta tarde e não existe nenhum movimento de familiares no local

Volta Redonda – O comandante do 28º Batalhão da PM (Volta Redonda), tenente-coronel Damião Luiz Portella, afirmou nesta quinta-feira (09) que o quartel funcionará normalmente nesta sexta-feira (10). A declaração foi dada após a circulação de boatos, em redes sociais, de que haverá um movimento em Volta Redonda, a exemplo do que ocorre em Vitória.

– Posso garantir que vamos trabalhar normalmente, porque nosso compromisso é com segurança da sociedade e nunca vamos (instituição), deixar de apoia-la. Caso tentem impedir o nosso trabalho vou tentar negociar com os manifestantes – disse Portella, referindo-se a possibilidade de mulheres dos policiais irem para a porta do batalhão.

Ele disse ainda que teve a informação, inicialmente, de que o ato seria realizado apenas por mulheres dos policiais lotados nas Unidades de Policiamento Pacificadora (UPPs), que moram no Sul Fluminense. A equipe do DIÁRIO DO VALE esteve na porta do Batalhão de Volta Redonda nesta tarde e, até por volta das 16 horas, não havia movimento de familiares no local.

 

Quartel do 28º BPM de Volta Redonda está normal (foto: Paulo Dimas)

Quartel do 28º BPM de Volta Redonda está normal (foto: Paulo Dimas)

Em Angra dos Reis

O comandante do 33º Batalhão da PM (Angra dos Reis), tenente-coronel Luiz Cláudio Regis, também afirmou que fará de tudo para conscientizar os policiais que uma manifestação desse tipo poderá ser prejudicial à segurança da população, principalmente no Rio, um estado com altos índices de criminalidade.

Ele fez coro às declarações do comandante do 28º Batalhão da PM de que os quartéis vão funcionar normalmente na sexta-feira. Os dois militares reforçaram ainda a nota divulgada pela PM do Rio sobre uma possível manifestação no Estado do Rio:

A íntegra da nota:

“A violência é um grave problema da nossa sociedade. Dentro desse contexto, sabemos que o Rio de Janeiro possui peculiaridades na área da Segurança Pública, só encontradas aqui. Nós, policiais militares, atuamos diuturnamente nesse cenário e sabemos agir nos casos extremos. A Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro é a Instituição que garante a “civilidade”, o ir e vir, o trânsito de pessoas. Só nós conhecemos a realidade nua e crua do dia a dia de policiamento. No entanto, é preciso pensar que o impacto da nossa ausência poderá recair sobre nossos ombros, sobre nossas famílias. A nossa falta causaria males incalculáveis e irreparáveis. Temos a certeza que passamos por um momento muito delicado, mas é preciso avaliar as consequências dos nossos atos. Protestos são legítimos, mas precisamos buscar a melhor forma de reivindicar nossos direitos. Paralisar um serviço essencial afeta toda a população, incluindo nossas famílias. A quem interessa a barbárie?#ValorizeQuemteProtege “.

 

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

7 comentários

  1. Reportagem M.E.T.I.R.O.S.A, foto antiga, vão ver na porta dos batalhões!!! Lá ainda existe , mãe, irmãs e filhas de policiais ( podem ser invisível ao governo, mas não a população), Tem policial na rua sim, mas com as despensas vazias, devendo perdendo seus bens. Colégios já não fazem mas questão, que filhos de PM, estudem lá, pela incerteza se seus pais poderão pagar. Parabéns pela entrevista, mas busque pessoas que tenham o que falar, coronel ganha bem, mérito dele, mas não mascarem por favor!!!!

  2. coloquem as forças armadas e executem todos….policiais, bandidos, pivetes, assassinos, estupradores , etc…

  3. COM A POLÍCIA ATUANDO A BANDIDAGEM, NÃO TEM MEDO. IMAGINA SEM? CULPA DO GOVERNO FEDERAL E ESTADUAL, A POLÍCIA TINHA QUE SE JUNTAR AS 4 FORÇAS ARMADAS E TOMARA ESTA PORRA DE PAIS, É DAR OUTRO GOLPE MILITAR POIS DA MANEIRA QUE ESTÁ NÃO DÁ. CHEGA. POLÍCIA TEM QUE GANHA BEM, TER ARMAS DE GROSSO CALIBRE, CARROS NOVOS E CONDIÇÕES PARA O ENFRENTAMENTO.

  4. elisangela alves rodrigues

    Engraçado. Todos criticam, falam mal dos policiais militares, dizem que são truculentos, sem educação, brutos etc. Agora, diante de uma suposta paralisação estão todos preocupados.kkkkk…… Cheio de palavras bonitas, ué por acaso não são vocês que dizem que pm’s não prestam.

    • INDEPENDENTE DE QUALQUER COISA TODO TRABALHADOR TEM O DIREITO DE RECEBER PELO SEU TRABALHO ,SERÁ QUE ISSO É DE DIFÍCIL COMPREENSÃO PARA MUITOS NÉ……KKKKKKKK

  5. Muito bacana a atitude dos nossos policiais na região , tenho certeza que toda população concorda com eles sabemos que para qualquer trabalhador é dever do patrão como tal garantir seus direitos e cumpri-lo quem trabalha quer receber em dia pois tem seus compromissos para honrar e nossos políticos tem o dever de fazer como tal cumprir a lei pagando os funcionários em dia, principalmente nossos policiais que enfrentam todos dias essa ruas cheias de vagabundos só esperando para fazer uma vítima.
    Que DEUS possa sempre estar abençoando a vida deles.
    Ao nosso governador cabe o dever de pagar todos os benefícios em dia conforme manda as leis e a constituição.

  6. Parabéns pela atitude! Até no meu whatsapp circularam esses boatos, porém, já me informaram que eram falsos! E que o Estado faça a sua parte de pagar em dia os policiais militares, pois precisamos deles! Inclusive, até mesmo os governantes que deveriam ter esse compromisso precisam deles! #valorizequemteprotege

Untitled Document