quinta-feira, 17 de outubro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Comerciantes fazem reclamação após ficarem horas sem energia

Comerciantes fazem reclamação após ficarem horas sem energia

Matéria publicada em 15 de janeiro de 2019, 19:44 horas

 


Volta Redonda – Comerciantes da Rua Luis Alves Pereira, no Aterrado, estão se sentindo prejudicados após a queda de energia que o bairro sofreu no início da manhã desta terça-feira (15). Segundo eles, o fato aconteceu por volta das 10 horas e é a primeira vez que isso acontece no local.

Na rua, existe uma variedade de comércio, desde o alimentício à prestação de serviços. Os comerciantes relatam que tiveram prejuízo nas vendas e que tiveram que parar os trabalhos. “Tivemos que fechar a loja mais cedo. Ficamos sem luz, sem internet. Estamos perdendo a clientela do dia”, disse um comerciante.

Outro estabelecimento que serve alimentos, o prejuízo não foi maior porque, segundo eles, o prédio estava funcionando com uma fase. ‘’A nossa sorte foi essa. Ficamos um tempo sem energia, mas até que voltou rápido. O prejuízo poderia ser maior”, disse um funcionário.

Durante a tarde, uma equipe da Light esteve no local para tentar solucionar o problema, mas foi interrompida pela forte chuva que caiu. Até o momento, a empresa não informou o motivo da queda de energia.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

7 comentários

  1. Avatar

    O Aterrado inteiro sofre há muitos anos com as constantes quedas de energia. Sofre bem mais que outros pontos centrais da cidade… Isso é falta de investimento da Light, considerando que é um dos bairros que mais cresceram em Volta Redonda, tanto em número de moradores quanto em empreendimentos comerciais e de serviços. O dimensionamento da rede está obsoleto, contudo sai mais barato (para a concessionária) remediar do que fazer a adequação… As regiões do Belvedere, Morada da Colina e Santa Helena também sofrem o mesmo problema, e por motivos semelhantes. As autoridades constituídas têm que cobrar da Light uma solução definitiva para isso!!!…

  2. Avatar

    Incrível mas depois da saída do Neto nada funciona direito na cidade mais.. Alguns exemplos: semáforos estragados e ausência da GMVR no cruzamento Gustavo Lira x sao joao. Ruas e calçadas esburacadas no centro. Camelô pra todo lado na Amaral peixoto, completa desordem. Carnes de IPTU não chegam em sua totalidade, todo ano tem q buscar no guichê é isto nunca havia acontecido aqui…nem mesmo no tempo do Wanildo rsrs fala serio

    • Avatar

      Temos que concordar.
      Tudo piorou com essa gestão (indigestão) pública.
      Nunca havia faltado água em minha rua… Agora todo final de semana falta.
      Criminalidade aumentando a cada dia.
      Será que não podemos pedir uma ajuda e ensinamento ao deputado Antônio Furtado, o qual nós elegemos.
      SOCORRO!!!!!!!
      O POVO ESTÁ SOFRENDO DEMAIS.

    • Avatar

      Deixa de ser tolo, só sabe reclamar, Samuca ótimo prefeito, Neto deixou prefeitura falida, problemas sempre vão existir, pelo menos agora a prefeitura está nas mãos de pessoas que trabalham onestamanete, mas com diz o ditado, se nem Deus agradou todo mundo, quem e o simples prefeito pra agradar.

    • Avatar

      e antes era diferente??? eu hein

    • Avatar

      Vamos lá… Semáforos queimavam e apagavam após chuva forte e até mesmo sem ela com TODOS os prefeitos, afinal são equipamentos sujeitos a defeitos, como qualquer outro… Guarda municipal sempre foi espécime rara na rua, tanto com Neto quanto com Samuca. Vê-se as viaturas, não os guardas de trânsito atuando. Acho que eles não gostam de soprar apito… Camelô realmente tem sido um problema. Com Neto era realmente mais organizado (ele tem várias lojas na AP). Mas é aquele negócio, se a prefeitura reprime os ambulantes lá vem o povo criticando a atitude, dizendo que tem que prender bandido e não trabalhador e coisas do tipo. Difícil agradar, né?… Entrega de carnê do IPTU, salvo engano, vai pelos CORREIOS, que não pertencem à prefeitura…

      Ao outro cidadão ali que questionou a segurança, deve-se ensiná-lo que segurança pública é dever constitucional do ESTADO, não do MUNICÍPIO… Boa parte da população desconhece isso. Se tivessem aulas de educação moral e cívica…

    • Avatar

      nao sou fã do ex prefeito mas penso parecido..apesar do “pao e circo” e das maquiagens que fazia na cidade..acho que era mais organizado mesmo

Untitled Document