domingo, 21 de abril de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Política / Conferência de Saúde de Volta Redonda é marcada por confusão

Conferência de Saúde de Volta Redonda é marcada por confusão

Matéria publicada em 14 de abril de 2019, 18:40 horas

 


Vereador diz que propostas são aprovadas por causa de cargos comissionados e conselho desmente acusação em nota divulgada à imprensa.
(Foto: Arquivo)

Volta Redonda – A 12° Conferência Municipal de Saúde de Volta Redonda foi marcada por uma discussão entre o vereador Paulinho do Raio X e membros do Conselho Municipal de Saúde, que emitiu nota contra o vereador. O parlamentar, durante a conferência, acusou a entidade de aprovar propostas do governo municipal pelo fato de 70% dos membros do conselho serem cargos comissionados do governo.

A acusação feita pelo parlamentar foi desmentida pelo Conselho em nota. No documento a entidade afirma que “só quem não conhece ou não participa, ativamente, das decisões do conselho emite uma acusação tão grave igual a esta”. A nota acrescenta ainda que “diante da fala desrespeitosa de um representante do povo, cabe o Conselho Municipal de Saúde repudiar tais mentiras, calúnias e difamações”.

Após a divulgação da nota, o vereador Paulinho do Raio X gravou um vídeo pedindo desculpas aos membros da entidade. Ele disse, no entanto, que vai questionar as ações da entidade todas as vezes que tiver desconfiança quanto as decisões tomadas. O vereador afirmou ainda que “causou estranheza a nota divulgada pelo secretário de saúde em nome do conselho”. O vídeo termina com o parlamentar reforçando o pedido de desculpas aos conselheiros, mas questionando a gestão do secretário da pasta junto à entidade.

Espaço democrático
Para o secretário municipal de Saúde, Alfredo Peixoto, a 12ª Conferência Municipal de Saúde de Volta Redonda, foi marcada por se tratar de “um espaço democrático e de participação popular”. O evento ocorreu no Teatro Maestro Franklin de Carvalho Júnior, anexo ao Colégio Getúlio Vargas e reuniu, de sexta à domingo, cerca de 800 pessoas, entre representantes da população que usa a rede pública de saúde, profissionais da área, gestores e prestadores de serviço, que apresentaram propostas a serem incluídas no Plano Municipal de Saúde, válido até 2021.

No sábado, dia 14, o evento começou com a palestra da presidente do Comitê Estadual de Prevenção e Controle de Morte Materna e Perinatal do Rio de Janeiro, Maria do Espírito Santo Tavares dos Santos, e do professor adjunto do Instituto de Medicina Social (UERJ), Paulo Henrique Almeida Rodrigues, que é sociólogo e doutor em saúde coletiva.
De acordo com o secretário de Saúde de Volta Redonda, Alfredo Peixoto, as palestras contribuem e garantem mais repertório aos participantes na hora de discutir em grupo os três eixos temáticos propostos pelo Ministério da Saúde: “Direito à Saúde”, “Consolidação do SUS” e “Financiamento do SUS”, além do tema central “Democracia e Saúde”.

“Após a realização das palestras, os participantes foram divididos em 12 grupos, quatro para cada eixo temático. Sendo que cada turma discute o tema escolhido além do assunto central “Democracia e Saúde. Sempre com o objetivo de criar propostas que vão nortear a saúde pública no município”, explicou Alfredo.

A coordenadora da Atenção Básica, Jussara Moreira de Oliveira, e da divisão de Área Técnica de Educação e Saúde da secretaria, Marciléa de Sá Paiva Lima, trabalharam no sábado, dia 14, como mediadoras de grupos. “A Conferência garantiu a participação popular, que é o objetivo do evento”, disse Jussara.

O prefeito do município, Samuca Silva, também ressaltou a importância democrática da conferência que norteia o serviço público de saúde e o funcionamento do SUS com propostas que resultem em melhoria no atendimento à população. “A conferência dá voz ao usuário, ao prestador de serviço, ao profissional de saúde e a representantes do poder público nesta área. E são essas pessoas que sabem como melhorar o serviço de saúde no município”, falou Samuca.

Com as propostas fechadas por cada grupo, o encerramento da conferência, neste domingo, dia 14, foi marcado pela apresentação para todos os participantes, quando os delegados, que representam a sociedade civil organizada, votaram pela inclusão ou não das propostas sugeridas nos grupos no Plano Municipal de Saúde, criado em 2018 e válido até 2021.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

19 comentários

  1. Avatar
    é incompetente sim

    A subsecretária, que foi secretária de fazenda, é uma incompetente, ligada a família política de Resende.

    Ela nem aparece mais.

    Tinha colocado o filho inútil dela numa boquinha na prefeitura, mas já saiu.

    Depois, foi acusada pela ex nora de sequestrar o neto. Tirar o filho da mãe é feio viu.

    Agora, a senhora NormaLydia Borba Chaffin tem essa boquinha de subsecretária de saúde, algo que ela não entende.

    Podem reparar, ela nem se dá ao trabalho de parecer que sabe de alguma coisa.

    Mais uma gerente de banco que o Samuca enfiou no governo, mas que não entende de nada.

    Queria ver ela levar a Taís, a filhinha dela, para ser internada na UGH.

    Fora o fato de um veterinário ser o secretário de saúde.

  2. Avatar
    SUPREMA CORTE BRASILEIRA

    Bem, a ação de Paulinho se correta ou não traz à discussão um assunto que não deve ficar engavetado nos arquivos pertinentes. Acho que eventos como esse têm que acontecer por mais vezes e que, haja uma divulgação mais expressiva a nível tal, que chegue aos quatro cantos do Município.
    Se não fosse a polêmica criada por Paulinho eu nem ficaria sabendo que este evento teria ocorrido.
    Agora, Paulinho exagerou em suas considerações, eu já participei do CMS e nunca vi falta de seriedade por parte de seus participantes. que haja mais discussão nesta área.

  3. Avatar

    Volta Redonda está acabada. Muito amigo do prefeito se dando bem e a população tomando no rab0. E parece que os fãs do showman estão se espalhando e fingindo que o mundo é perfeito. Bom, sem bem que para quem paga plano de saúde está tudo lindo. Todos batendo palmas e se divertindo.
    To acho que samuca silva foi a pior coisa que aconteceu para essa cidade, to entra #voltaNeto ou #atéZoinhoEuEncaro

  4. Avatar
    Rajane Corrêa Rosa

    Não vou entrar neste terreno estranho para mim.Mas nós servidores públicos de VR , estamos sem atendimento médico, já não estava bom , mas agora piorou. São milhares de pessoas ( ativos,inativos e dependentes ) nesta situação. Isto não é FAKE , é VERDADE. Ninguém nos ouve, ninguém nos ajuda. Estamos antenados e bem organizados acompanhando tudo o que vem ocorrendo em nosso município.COM CERTEZA DAREMOS A RESPOSTA EM 2020.

    • Avatar

      VAI VENDO aí o que dá votar em candidatos que NÃO CONHECEM a Administração Pública e NÃO ENTENDEM de Gestão Pública.

  5. Avatar

    Este ano infelizmente não pude participar mas pelo visto nada mudou em relação a conferência de 2017, onde foi de uma forma ditatorial e realmente esse CMS de Volta Redonda é uma vergonha e ficam calados diantes das ações inescrupulosas do secretário de saúde e falo com propriedade pois ele afastou uma gerente de um determinado serviço de saúde porque ela simplesmente questionou a contratação de mais um funcionário para trabalhar no administrativo da unidade, pois, na verdade não havia necessidade e o CSS tomou onhecimento e nao se manifestaram.
    Espero que o MP ajude a resolver isso.
    Retornando a conferência passada fiz questionamentos pesados e eu mesmo estando como delegado tive o meu direito a voz cerceado de uma forma ditatorial, espero que na eleicao de ontem tenham sido eleitas pessoas realmente capacitadas e dispostas a ajudar a nossa população.

  6. Avatar
    capeta da grota do Santa cruz

    o capeta tá solto em vr

  7. Avatar
    José Geraldo dos Santos jjggsantos@gmail

    Essa é a grande palhaçada desse prefeito, palestras pra noticiário pra dar a impressão que ta tudo bem com a saúde de VR, não tá, tá o caos, um prefeito que faz mudanças no intuito de prejudicar a população, o HSJB, só atende óbitos, como esse prefeito pode imaginar que uma cidade de quase 300 mil habitantes, pode ser atendida numa espelunca que é o CAIS do aterrado, o Hospital Retiro mal dá para o bairro, nao tem medicos especialistas, porque esse prefeito comprou o Santa Margarida, uma massa falida, ora não tem medicos pra atender no que já tem, ptecisamos urgente de indagar a esse prefeito o porque dessa compra.

  8. Avatar

    Saúde de volta Redonda acabou depois que entrou este rato da barriga branca Alfredo veterinário como secretário de saúde !!! O Paulinho do raio x está coberto de razão e o povo precisa apoiar o Paulinho !!! Porque tá feio a nossa saúde aqui !! Acorda povo .

  9. Avatar

    Este Paulinho Raio X é um boçal por completo. Isso que dá esse povo votar em vereadores por acharem o sujeito legal, simpa´tico ou por que ele consegue favores em meio ao caos na saúde.

    • Avatar

      Vc e de que setor do governo?em.q secretaria vc trabalha?

    • Avatar

      Cadê o Valente do secretário dr Alfredo
      O TODO PODEROSO se acha dono dono mundo .. persegue quem não entrou no governo. .. persegue quem é de vereador que nao apoia ele.. ta feio isso.médico de cacahorro

  10. Avatar

    O título é injusto digno de que quer desmerecer o evento sem interesse pela verdade e sim pelo sensacionalismo.
    Houve Divergência sim. Confusão não!!!
    Foi um evento incrível com propostas essenciais para políticas públicas em um ambiente acolhedor com apresentações culturais impecáveis.
    E organização irretocável.
    Houve quem tentou desabrilhantar a importância do evento.
    Mas ao meu ver foi a melhor conferência que já participei.

    • Avatar

      Concordo. Para mim foi muito bom estar lá
      E fui pela primeira vez mas apesar de pequenos atritos o evento estava um sucesso

  11. Avatar

    Putz!

    VAI VENDO o parlamentar tem razão. Vi e ouvi um deles falando no microfone que o CMS não teve conhecimento antes da entrada da O.S. em VR. Mesmo a PMVR e a CMVR não serem transparentes, eu não acredito que o CMS não sabia, ou ficaram quietos para agradarem o prefeito devido aos cargos comissionados.

    E outra: Do jeito que essa conferência foi conduzida, penso que dificilmente na próxima terá mais de 50 pessoas além dos integrantes. Atraso do palestrante na sexta, computadores falhando para registrar as propostas dos grupos, tempo extenso nos grupos no sábado com muitos participantes caindo fora (eu tbm), questionamentos do regulamento diante dos regimes de votações, e para não perderem a falta da prática da pontualidade, muitos atrasos. Será uma estratégia dos conselheiros com cargos comissionados?

    Entre outras, eu tive uma má impressão quando os conselheiros RECUSARAM e EXCLUIRAM a proposta de “Promover e incentivar a comunidade a participar dos Conselhos Gestores de Saúde dos bairros”. Será que os conselheiros não querem muita participação comunitária? Parece que o parlamentar me ajudou a discernir.

    Sem transparência dos governos, os trabalhos do CMS não têm qualquer utilidade PARA A SOCIEDADE.

    • Avatar

      VAI VENDO aí o que dá votar em candidatos que NÃO CONHECEM a Administração Pública e NÃO ENTENDEM de Gestão Pública.

  12. Avatar

    Não tenho nenhuma afinidade com esse Paulinho do RX,porém tenho q ressaltar q ele não falou nada de mais,apenas a verdade,o conselho é formado por pessoas ligadas a secretária de saúde,e vivemos em uma época em vr q se não fizer oq o Sr prefeito quer ele detona …

    • Avatar

      Se ele falasse a verdade, ele nao precisava pedir desculpas… ele nem sabe o que está falando… usou simplesmente a quantidade de pessoas no local pra fazer propaganda política e se deu mal.

    • Avatar

      Cumpra sua função de cidadão e participe da reunião do conselho para fazer algo útil para a população.

      Se acha difícil, vá até a sala do conselho e pegue a lista dos conselheiros e conte vc mesmo quantos são ligados aos gestores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document