sábado, 28 de março de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Polícia / Confrontos no Frade deixam sete mortos

Confrontos no Frade deixam sete mortos

Matéria publicada em 15 de dezembro de 2019, 15:57 horas

 


Briga entre facções dominou o sábado; neste domingo, Bope foi até a comunidade e apreendeu três fuzis

Caminhão com sete corpos foi deixado abandonado no Frade (Foto: Reprodução)

Angra dos Reis – O bairro do Frade teve mais um fim de semana marcado por atos de violência, com confrontos entre facções rivais de traficantes no sábado e uma operação do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) no domingo. Pelo menos sete pessoas morreram, ainda não se sabe em quais circunstâncias. Os corpos foram abandonados em um pequeno caminhão, em frente ao batalhão do Corpo de Bombeiros, no mesmo bairro. Após perícia da Polícia Civil no local, os corpos foram levados para o IML de Angra. Três fuzis, três pistolas e duas granadas foram apreendidos pela Polícia Militar.

Na madrugada desse domingo, dia 15, policiais do Bope foram ao Frade. No dia anterior, a comunidade se assustou com uma guerra aberta entre bandidos de facções rivais travada nas ruas do bairro. Vídeos enviados ao DIÁRIO DO VALE mostram traficantes se enfrentando com fuzis e pistolas. É possível escutar muitos barulhos de tiros, correria e bandidos se escondendo atrás de carros tentando se proteger. Uma bala perdida atingiu o banheiro de uma casa, perfurando uma toalha que estava pendurada na parede. Em outro caso, uma mulher foi ferida de raspão na cabeça quando estava dentro de casa. O Frade tem sido alvo constante de uma disputa entre duas facções criminosas.

Na ação os policiais do batalhão especial foram recebidos a tiros, houve intenso confronto e após a estabilização do local foram encontrados: um fuzil AR 15 calibre 556; dois fuzis calibre 762; uma pistola .45; uma pistola 9mm; um rádio comunicador e duas granadas. Todo material apreendido seguiu para registro na 166ª DP.

Munições e granadas apreendidas

Policiais Militares do 33º Batalhão impediram que um carregamento de munições e granadas caseiras chegasse ao Frade, provavelmente para abastecer uma das facções que disputam o controle de venda de drogas no bairro. Os PMs receberam informações de que um carro vermelho sairia do bairro Areal em direção ao Frade, levando material para bandidos.

Na altura do bairro Itinga, os PMs interceptaram um Celta com a cor indicada. O motorista afirmou que trabalhava com corridas por meio de um aplicativo e que no porta malas do carro estaria uma mochila contendo munições e no Banco da frente, uma sacola cheia de granadas artesanais. Foram encontradas 480 munições calibre 5.56 e vinte e uma granadas.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

8 comentários

  1. Avatar

    Parei de ir pra angra dos Reis !!!

  2. Avatar
    Atirador Barra Mansa

    Se esse muro do batalhão e o campinho falasse não é Borosa? Triste pois nos anos 90 eu adolescente frequentemente estava aí e hoje em dia nem de graça quero passar perto.

  3. Avatar

    Que nada amigo virou favela da maré. Parabéns ao BOPÉ QUE CANCELOU VÁRIOS CPF .

  4. Avatar

    Meu comentário não foi publicado.

  5. Avatar

    Está parecendo um mega projeto articulado por empresários e governo, visando desvalorizar toda essa região da Costa Verde. Depois, compram barato os imóveis, afastam esse bando de pobres e montam diversos “resort’s para quem puder pagar.

  6. Avatar

    Frade virou um Açude com litoral.

Untitled Document