terça-feira, 16 de julho de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Congresso apresenta regulamento dos jogos escolares

Congresso apresenta regulamento dos jogos escolares

Matéria publicada em 19 de agosto de 2018, 17:56 horas

 


Novidade: Edição de jogos vai incluir categoria estudantil na Corrida Rústica de São Francisco de Assis (Foto: Chico de Assis)

Barra Mansa – A Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer de Barra Mansa realizou na sexta-feira, dia 17, o I Congresso Técnico do JEBAM (Jogos Escolares de Barra Mansa), previsto para acontecer entre 20 de setembro e 27 de outubro. Durante o encontro com representantes das escolas participantes da edição passada, foi apresentado o regulamento técnico. Além das 19 modalidades, a grande novidade é a inclusão da categoria estudantil na 5ª Corrida Rústica de São Francisco de Assis, no bairro Vila Ursulino.
Segundo a secretária de Juventude, Esporte e Lazer, Rose Vilela, o Congresso Técnico tem como objetivo apresentar a proposta da organização para os participantes.
-É um momento de avaliação do que foi feito no ano passado, ouvindo as sugestões de melhorias e o que devemos continuar nesta edição – explicou.
De acordo com Rose, foram poucas as mudanças devido à necessidade de se criar um modelo único e que fidelize a participação dos estudantes.
-Uma das novidades é a inclusão dos estudantes na Corrida Rústica de São Francisco de Assis, no bairro Vila Ursulino, prevista para acontecer no dia 30 de setembro – destacou.
No ano passado, o JEBAM voltou após um hiato de oito anos. O torneio contou com a participação de 33 escolas municipais, estaduais e particulares com mais de três mil alunos em 19 modalidades: Atletismo, natação, futsal, futebol, basquetebol, voleibol, handebol, badminton, tênis de campo e de mesa, ginástica artística, xadrez, vôlei de praia, judô, karatê, taekwondo, queimada, cabo de guerra e câmbio.
O coordenador geral do JEBAM, Daniel Alves, destaca que a extensa lista de modalidades é um dos grandes diferenciais do evento.
-Mesmo com a grande quantidade de esportes, algumas escolas, ainda que não ofereçam a atividade no currículo, inscrevem seus alunos na competição. É uma chance do aluno representar a escola e também de se desenvolver no esporte que pratica fora da sala de aula – ressalta.
Durante a reunião, professores da rede pública comentaram sobre a expectativa dos alunos e a preparação feita durante o ano.
-A gente aproveita o horário integral da escola para realizar treinamentos voltados aos jogos. O objetivo é mobilizar o maior número de alunos, mesmo os que não competirão, para estimular a prática do esporte – comenta o professor Diego Faria da Escola Municipal Padre Anchieta.
Na visão da professora Maria Helena Souza, do CIEP 054, localizado no bairro Vila Maria, os jogos são uma oportunidade de integração dos alunos e das diversas escolas. “É um momento único de novas experiências e aprendizados. Apesar da competição, quem ganha são todos os alunos”, afirma.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document