quinta-feira, 13 de maio de 2021 - 03:36 h

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Corpo de empresário é encontrado em Resende

Corpo de empresário é encontrado em Resende

Matéria publicada em 28 de outubro de 2016, 15:46 horas

 


Gustavo Moraes era dono do restaurante Poderoso Chefão e estava desaparecido desde a tarde de quinta-feira

Gustavo Moraes estava desaparecido desde quinta-feira (foto: Reprodução Facebook)

Vítima: Gustavo Moraes era casado e deixa duas filhas; corpo tinha marcas de facadas
(Foto: Reprodução Facebook)

Resende- O corpo do empresário Gustavo Moraes, de 47 anos, foi encontrado na manhã desta sexta-feira (28), próximo à fábrica da Votorantim, no bairro Mirante da Serra.  Ele era dono do restaurante Poderoso Chefão e estava desaparecido desde a tarde da última quinta-feira. Segundo a Polícia Civil, o corpo estava com marcas de corte de faca.
O caso foi registrado na 89ª Delegacia de Polícia (Resende) e corpo encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML).
Gustavo era casado e tinha duas filhas. Ele foi candidato a vereador não eleito na última eleição municipal e era diretor da Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e Serviços de Resende (Aciar).
O caso foi registrado na 89ª Delegacia de Polícia (Resende). Até o fechamento desta edição, não havia informações sobre o crime e nem mesmo sobre suspeitos do homicídio.

Comerciante de Volta Redonda segue desaparecido

Continua desaparecido, desde a semana passada, o comerciante Cláudio da Silva Figueiredo, de 57 anos. Ele mora no bairro Jardim Amália e foi visto pela última vez na manhã da última sexta-feira, dia 21, numa fazenda dele no distrito de Dorândia, em Barra do Piraí.
Na segunda-feira, o carro de Cláudio, uma Hilux prata, foi encontrada queimada na estrada que liga o distrito de Floriano a Rialto, em Barra Mansa. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil de Barra do Piraí. Qualquer informação que possa contribuir com o trabalho de investigação pode ser passada pelo telefone: (24)2445-4342.
No dia em que desapareceu, Cláudio vestia calça jeans e uma camisa listrada.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

13 comentários

  1. Avatar

    O cara morre e o pessoal ta preocupado com o nome do restaurante! Eita pessoalzinho!

  2. Avatar

    NÃO PODE REFRESCAR NESSAS OCASIÕES NÃO APARECE OS DESUCUPADOS CHAMADO DIREITOS HUMANOS PRA ESSAS FAMILIAS AGORA SE MORRE BANDIDO PQP FAZEM A MAIOR BUZUQUE. FICA A DICA BANDIDO BOM É………………………………..,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,.

  3. Avatar

    Nossa já é o terceiro empresário, aí Senhores delegados pode ficarem esperto que isso, tá parecendo um serial killer de empresários.

  4. Avatar

    Deve ter uma quadrilha atuando na região Sul Fluminense.
    Deveriam montar uma força-tarefa com todas as DPs da região Sul Fluminense para apurarem e elucidarem esses crimes que estão ocorrendo de formas semelhanes.

  5. Avatar
    Meus sinceros sentimentos a família

    Fiquei muito triste. Ele era uma boa pessoa. Meus sinceros sentimentos a família.
    A coisa é muito mais séria do que se pensa. Resultado desta crise sem precedentes. Aconteceu muitos casos semelhantes também em Portugal e Espanha nos últimos anos. Outro dia foi no Rio de Janeiro, o cara matou toda a família e depois se matou. Precisamos reagir e mudar muitos valores em nossa sociedade. E ajudar quem está passando por dificuldades.

  6. Avatar

    Que nome esquisito para se dar um restaurante.

  7. Avatar
    Samuca Baltazar Neto

    Teve o português, o da caminhonete queimada e agora esse outro empresário, tudo na mesma semana no sul fluminense…

  8. Avatar

    O bem e o mal são separados por uma linha cada vez mais tênue.

Untitled Document