segunda-feira, 12 de abril de 2021 - 15:46 h

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Covid-19: Rodrigo se reunirá com governador e não descarta fechamento de comércio

Covid-19: Rodrigo se reunirá com governador e não descarta fechamento de comércio

Matéria publicada em 27 de março de 2021, 13:55 horas

 


Prefeitos de toda a região discutirão na segunda-feira sobre o Hospital Regional, novos leitos e a capacidade de manter as atividades econômicas; reunião será virtual

Barra Mansa – O prefeito de Barra Mansa, Rodrigo Drable, anunciou no início da tarde deste sábado, dia 27, em uma live, que vai se reunir com o governador do Estado do Rio, Claudio Castro, para definir medidas severas de combate à Covid-19 e não descartou o fechamento do comércio.  O anúncio foi feito ao lado da vice-prefeita Fátima Lima, do secretário municipal de Saúde, Sergio Gomes, e dos vereadores que integram a Comissão de Saúde da Câmara Municipal. A reunião será virtual, às 10 horas,  e terá a participação de outros prefeitos da região. A todo serão 10 chefes de executivo vão falar sobre o Hospital Regional a liberação de novos leitos para o Estado, por parte do governo federal, e a capacidade de manter as atividades econômicas em funcionamento.

-A última coisa que eu queria era fechar o comércio, não por temer o desgaste político, mas por causa das consequências que as pessoas vão ter com a perda de familiares, a dor que elas vão ter – disse.

Rodrigo  informou que as UTI`s estão com capacidade de ocupação de 58%, sendo que 63% dos leitos clínicos estão ocupados, enquanto 42% dos respiradores estão sendo usados. Segundo ele, a  ocupação nas UTI`s quase chegou a 100% na noite de sexta-feira. O município registra desde o início da pandemia 321 óbitos por Covid-19.

-Estive com o Dr. Sérgio ontem à noite na Santa Casa  para decidir a transferência de pacientes. A situação é seria. Peço que as normas  sejam respeitadas. O cenário no Estado é caótico – disse o prefeito, que pediu orações por um amigo que está internado em estado grave com Covid-19.

Novos leitos

Na noite de sexta-feira, dia 26, o prefeito anunciou que conseguiu abrir mais 7 leitos de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) para pacientes com Covid-19, mas afirmou que já temia não ser suficiente para atender o aumento da demanda. A instalação deve acontecer até a próxima quarta-feira.

“A nossa situação hoje é grave e a tendência nos próximos dias é de que continue piorando se não houver uma queda na circulação de pessoas nas ruas. Todo esforço que fizemos para criar novos leitos deu certo, mas chega um ponto que não tem estrutura hospitalar que aguente, pois é um contexto que envolve médicos, insumos e os equipamentos”, disse o prefeito, lembrando que os insumos estão em falta em todo o país e não há como comprá-los no momento.

Em seguida, ele citou as regras do decreto publicado esta semana que restringe o funcionamento de alguns estabelecimentos e pediu que sejam respeitadas. “Ontem, os fiscais percorreram a cidade e muitos comerciantes não estavam cumprindo as determinações do decreto. Foram lacrados”, disse.

“Nosso esforço agora é para salvar vidas”, resumiu, citando o caso de um comerciante de Volta Redonda que pediu para o comércio ficar aberto e depois morreu por Covid-19. “O patrimônio se reconstrói, mas a vida não”, completou.

Decreto

O prefeito aproveitou para informar que os bares, restaurantes e congêneres estão proibidos de funcionar amanhã, domingo, conforme prevê o decreto publicado esta semana:

-No funcionamento de bares, restaurantes, lanchonetes e estabelecimentos congêneres, restabelecido pelo artigo 4º do Decreto Municipal nº 9.884 de 10 de junho de 2020, além das disposições previstas no referido texto legal, deverá ser cumprido: O horário de funcionamento será permitido de segunda a sábado de 11:00 horas às 14:00 e de 18:00 horas às 21:00 horas; Somente poderão ser utilizadas 50% das mesas do estabelecimento; Estabelecimento com capacidade para mais de 40 pessoas, deverão submeter todos os presentes a verificação de temperatura antes de adentrar no recinto, não podendo ingressar aqueles com febre; Fica proibida a permanência de clientes em pé, bem como a utilização de pista de dança dentro dos estabelecimentos – diz o decreto.

Alerta

Pela manhã, Rodrigo postou em uma rede social mensagem pedindo a colaboração dos moradores de Barra Mansa e alertou sobre a situação caótica na Saúde que toda a região está vivendo.

-Hoje é um dia importante pra decidirmos como serão os próximos. A grande questão não está em “fechar ou não, o comércio ou bares”. A dificuldade está em salvar vidas de pessoas que estão morrendo. Enquanto a cidade dorme, tem uma grande equipe dentro das unidades de Saúde, se esforçando para manter vivos, amigos, parentes, pessoas que conhecemos. Estamos no limite do que podemos fazer. O Brasil se tornou o pior pais do mundo nesse combate ao Covid. A situação caótica chegou ao Estado do Rio, e agora está na nossa Região. Peço encarecidamente. Salve sua vida. Dos seus parentes e amigos. Fique em casa pelos próximos dias. A vacinação está avançando. Precisamos diminuir a velocidade dos contágios e casos graves na cidade. Estou fazendo tudo que podemos. Mais uma noite virada no trabalho.  Porém esse esforço não adianta se as ruas estiverem lotadas. Por favor, evite sair de casa nos próximos dias. Faça isso por você mesmo. Não é por mim. É por você é por sua família – afirmou Rodrigo.

Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

14 comentários

  1. Avatar

    Praça do loteamento Aiuruoca e a praça do postinho no bairro Vista Alegre está toda noite lotado de jovens menores de idade bebendo e usando drogas todas as noites. Cadê os responsáveis, a fiscalização e a segurança pública da cidade. Vamos vê isso aí prefeito e cmt da polícia e da guarda municipal.

  2. Avatar

    Gente e um absurdo a CSN continua com as atividades como não estivesse acontecendo nada ,e ter coragem de alisar delegar que o serviço dela é essencial ,chaparia para carro e essencial??? Chaparia para telha do zinco e essencial??? Cimento e essencial, vergalhão e essencial?? Csn não respeita nada , refeitório super lotados preventiva com mais de 100 pessoas tudo amuntuada e a csn por sua vez proíbe a venda de coca cola , reunião acontecendo normalmente , infelizmente o poder público não faz nada .

  3. Avatar

    O governador é negacionista bem como o Bozonaro. Não seja mais um prefeito. Cuide da saúde da população de Barra Mansa. Não vá nos decepcionar

  4. Avatar

    O nosso querido prefeito de Barra Manssa. Falou hj que os culpados de todos os problemas são os munícipes de Barra Manssa. Por tudo que está acontecendo. Não é pela incompetência dele. Que tem o poder e o dinheiro público pra fazer o que precisa

  5. Avatar

    E infelizmente nada fez, vai na imprensa fala bonito.mais hoje a realidade mostra a incompetência. Mais uma vez à população vai ser sacrificada pela incompetência de seu governante.

  6. Avatar

    Teve verba a mais de 01 ano pra preparar a cidade para está poblema que estamos enfrentando hoje.

  7. Avatar

    Boa noite a toda a população de Barra Manssa. Mais uma vez está sendo demostrado que estamos sendo administrado por uma pessoa totalmente incopetente.

  8. Avatar

    Os prefeitos chamando de decepção o primeiro dia de feriadão. Só um idiota não acharia que com o todo o comércio liberado as pessoas iriam ficar dentro de casa. inocentes senhores prefeitos.

  9. Avatar

    O povo não tem consciência, no centro, próximo ao parque das preguiças, o bar fecha, porém os clientes ficam rodando de um lado para o outro até dar a hora de abrir novamente. .
    Tem que multar as pessoas, só assim eles obedecerão.
    Eta povinho!!

  10. Avatar

    Acho bom fechar mesmo. Nao espere noçao do povo pq nao terao nunca. Tem q intervir mesmo, deixa reclamar. Criança chata só aprende assim, na marra.

  11. Avatar
    Usem mascaras!!!!!

    Acordem essa cepa de Manaus é 9 vezes mais contagiosa e os jovens estáo tendo sintomas graves com ela.

    Se as pessoas não cumprirem protocolos não haverá leito que chegue.

    80% das pessoas que são entubadas por causa do covid falecem.

    • Avatar

      Entubar mata ea medicina está no caminho totalmente errado covid é uma tuberculose muito forte mais tem muita gente ficando milionário com a vida dos outros.deus é fiel e as vezes o povo merece por acreditar em politicos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document