Criação de Centro de Referência de Promoção da Igualdade Racial de BM é oficializado

Equipamento oferecerá orientações, encaminhamentos para serviços públicos, proteção e defesa de violações de direitos, atividades, entre outros

by Vivian Costa e Silva

Foto: Felipe Vieira

Barra Mansa – A Prefeitura de Barra Mansa, por meio de parceria entre a Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (SMASDH) e a Gerência de Promoção da Igualdade Racial (Gepir), oficializou nesta quarta-feira (10), a criação do Centro de Referência de Promoção da Igualdade Racial.

A solenidade contou com a presença do prefeito Rodrigo Drable; da vice-prefeita e secretária de Educação, Fátima Lima; de demais representantes do Executivo;  de membros do Legislativo; do Conselho Municipal de Políticas de Promoção de Igualdade Racial (Comuppir); da superintendente estadual de Promoção da Igualdade Racial, Gaby Makena – representando a secretária de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos do Rio de Janeiro, Rosangela Gomes; do grupo Abadá Capoeira; do Instituto Universo Acreditar; do Sest/Senat; e da assessora técnica do departamento de Políticas de Promoção da Igualdade Racial de Volta Redonda, Juliana Sampaio.

Durante a abertura da solenidade, o prefeito Rodrigo Drable destacou os avanços que Barra Mansa têm alcançado na área de assistência social e direitos humanos.

– Hoje estamos celebrando a criação deste trabalho, mas na verdade deveríamos celebrar o dia em que esse trabalho não tivesse a necessidade de existir, essa é a reflexão que deveríamos fazer. O povo negro vem sendo vítima por muito tempo e nós ainda não estamos no caminho, infelizmente, tanto é que eventos e espaços como este se fazem necessários. Por isso é importante nós garantirmos que as pessoas com conteúdo não se calem. Hoje Barra Mansa tem a maior rede de assistência social do estado do Rio, com o maior conjunto de serviços e equipe devidamente preparada – afirmou Drable.

Foto: Felipe Vieira

O prefeito aproveitou para lembrar que o Restaurante do Povo, que retomou os trabalhos em abril, é um exemplo da importância da continuidade da luta pela igualdade racial. “O nosso restaurante foi reaberto graças a uma mulher negra, que é a secretária Rosangela Gomes, sendo o único a oferecer café da manhã, almoço e jantar. Isso é fruto de um trabalho em conjunto, onde a nossa equipe não se diferencia pela cor da pele. Se as coisas são transformadas ao longo do tempo, isso se dá muito mais pelas ações e principalmente pelos exemplos”, declarou o chefe do Executivo.

Representando a Secretária de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos do Rio de Janeiro, Rosangela Gomes, e a superintendência estadual de Promoção da Igualdade Racial, a professora Gaby Makena parabenizou Barra Mansa por dar mais esse passo na proteção dos direitos da população negra. “Gostaria de desejar vida longa a projetos e espaços como este, a população precisa ocupar esses equipamentos. Nossa luta é legítima e lugares como este são fundamentais para a promoção de políticas públicas voltadas para a equidade racial”, afirmou Makena.

Ainda durante o evento, a vice-prefeita e secretária de Educação, Fátima Lima, e a pedagoga e servidora aposentada Maristela Fonseca, que foi uma das responsáveis pela antiga assessoria de promoção de igualdade racial, e que iniciaram as ações públicas raciais na pasta, foram homenageadas pelos trabalhos prestados. “Lá em 2017, quando assumimos o mandato, eu pedi ao Rodrigo que a Gerência de Promoção da Igualdade Racial, que não estava funcionando, voltasse a ser atuante e ficasse sob a responsabilidade do meu gabinete. E, neste  momento importante, quero demonstrar a minha gratidão por todas as pessoas envolvidas nesta luta, entre elas a Maristela, aos grupos de movimento negro, ao Comuppir e a muitos outros que estiveram presentes nesta caminhada em busca dos nossos direitos”, celebrou Fátima.

Foto: Felipe Vieira

O Centro de Referência de Promoção da Igualdade Racial ficará instalado na Rua Santos Dumont, nº 126, no Centro – anexo ao Centro de Atendimento LGBTQIAPN+, oferecendo orientações, encaminhamentos para serviços públicos, proteção e defesa de violações de direitos, atividades e outras ações. O espaço contará com equipe especializada e qualificada para promover acolhimento a vítimas e receber denúncias de crimes de racismo e injúria racial ou crimes equivalentes, além de ser um centro de promoção da igualdade racial.

– Além do centro de referência, que estamos dando início hoje, Barra Mansa é a única a manter um número 0800 municipal que visa fornecer um atendimento melhor à população e receber denúncias de crimes de racismo. Estas são ações muito importantes, pois nós recebemos muitas denúncias e muitas vezes não tínhamos um local ou uma equipe especializada para receber este tipo de demanda, agora nós temos estes dois equipamentos que são fruto de um trabalho de parceria de uma rede inteira. Ninguém faz nada sozinho – finalizou a vice-prefeita.

O número disponibilizado pela Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos para denúncias de crimes raciais é: 0800-1242020.

Foto: Felipe Vieira

You may also like

Leave a Comment

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996