sexta-feira, 23 de outubro de 2020 - 21:02 h

TEMPO REAL

 

Capa / Plantão da redação / Guarda Municipal retoma curso de formação para aprovados em concurso em Volta Redonda

Guarda Municipal retoma curso de formação para aprovados em concurso em Volta Redonda

Matéria publicada em 9 de setembro de 2020, 09:38 horas

 


Aprovados retornaram às aulas teóricas com medidas preventivas

Volta Redonda- Após o treinamento ser interrompido por conta da pandemia de Covid-19, em março deste ano, os alunos do curso de formação da Guarda Municipal de Volta Redonda (GMVR) que foram aprovados em concurso público retornaram às aulas presenciais na terça-feira, dia 8.

A primeira aula presencial após a pandemia dos 42 aprovados no concurso público foi realizada no Teatro Prof. Jesus Moreira Maciel, anexo ao Colégio João XVIII, no bairro Retiro. Na ocasião, estiveram presentes secretários e gestores de autarquias municipais.

O curso foi retomado com as aulas teóricas que devem durar até o fim deste mês. A partir de outubro será iniciado o estágio prático, com os grupos divididos em áreas de atuação da Guarda, como trânsito, Cisp (Centro de Inteligência e Segurança Pública), patrimônio, praças, Estádio Raulino de Oliveira, entre outras áreas.

De acordo com Valdo Gomes Rocha, corregedor da GMVR e coordenador do curso de formação da Guarda Municipal, o teatro comporta o efetivo de alunos dentro da regra de distanciamento social, que define até um terço de ocupação do espaço.

“Todos têm seu próprio álcool em gel, usam máscara e também disponibilizamos álcool para uso de todos que estão cumprindo o distanciamento. O espaço também é limpo e higienizado. Tudo está sendo feito para preservar a saúde dos alunos e dos instrutores”, explicou Valdo.

Durante o curso de formação, serão ministradas aulas sobre Direitos Humanos, Técnicas de Abordagem, armamentos menos letais, entre outros. O treinamento também contará com a parceria de secretarias municipais como as de Esporte e Lazer (Smel), de Meio Ambiente (SMMA) e Desenvolvimento Econômico e Turismo (Smdet), além de instituições como o Corpo de Bombeiros.

O coordenador Valdo explicou ainda que restam em torno de 300 horas de aula para concluir o trabalho de instrução e a previsão é que os novos guardas municipais estejam formados em dezembro, já para atuação no período natalino, que registra grande movimentação nas ruas.

O morador do bairro Voldac, Marcio Valério dos Santos, de 27 anos, afirmou que o período de espera pela retomada do curso foi de muita ansiedade. “Quando fiquei sabendo que o curso ia voltar, foi um misto de alegria e alívio. Alegria por saber que ia poder voltar a receber todo o conhecimento e alívio por saber que, de certa forma, essa situação do vírus está um pouco controlada, permitindo que voltasse, assim como outros setores”.

 

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

5 comentários

  1. Avatar

    Dá pra ver o interesse

    Sentados na última fila de cadeiras
    Imagina se vão querer trabalhar

    • Avatar

      Não leu a reportagem, leu?
      Os caras têm que manter a distância, pelo o que eu vi na foto, são três alunos por fileira e a fileira está intercalada uma com a outra.

  2. Avatar

    Estão preparando mais parasitas observadores de tela de celular, nas esquina da vila, em grupos. É o fim!!!

    • Avatar

      Fica pensando que eles ficam mexendo no celular…. aqui lá é um Palm onde fazem as autuações de trânsito.

      Vai achando…

    • Avatar

      É só ser correto no trânsito e como cidadã que o Guarda não irá lhe incomodar. E o nosso colega “Cidadão” está correto, aquilo lá nas mãos dos guardas não é um celular e sim um Palm para aplicar as infrações de trânsito.
      Paula, procure se informar melhor ok.
      Agora, o cidadão me passa na frente do guarda dirigindo com o celular na mão, olha na cara dele e ainda dar um chau para o guarda, aí me vai falar que o guarda é mau que o guarda é ruim… E etc… É o trabalho dele, só isso…
      Para pra pensar num cara desse falando ao celular e dirigindo, atropelar um filho seu…ou um cara numa moto toda barulhenta e sem habilitação atropelar um ente querido seu…
      O problema do ser humano é que sempre olham o seu próprio umbigo, nunca olham o outro lado e a função do outro.

Untitled Document