sábado, 14 de dezembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Nacional / Defesa Civil planeja ampliar o uso de drones no estado

Defesa Civil planeja ampliar o uso de drones no estado

Matéria publicada em 26 de março de 2016, 17:00 horas

 


No ar: Pela primeira vez no verão carioca, drone tem contribuído para facilitar salvamentos de vítimas de afogamento (Foto: Maurício Pingo)

No ar: Pela primeira vez no verão carioca, drone tem contribuído para facilitar salvamentos de vítimas de afogamento (Foto: Maurício Pingo)

Rio – Secretaria de Defesa Civil, por meio do Corpo de Bombeiros, planeja ampliar o uso de drones no estado. O equipamento que transmite imagens em tempo real poderá ser utilizado em diversas ações, como busca de pessoas em matas fechadas, deslizamentos de terra e incêndios florestais. Dois drones já funcionam em caráter experimental: um no resgate de pessoas em risco de afogamento e outro na busca por focos do mosquito Aedes aegypti.

“O objetivo é adquirir aproximadamente 15 drones para garantir mais agilidade aos procedimentos de atendimentos emergenciais. Os drones poderão ser usados para salvamentos na água e em outras atividades do Corpo de Bombeiros. Junto com a aquisição destes equipamentos, pretendemos realizar treinamentos para que os nossos bombeiros aprendam a utilizá-los”, afirmou o responsável pela Coordenadoria de Operações com Veículo Aéreo Não Tripulado (Covant), tenente-coronel Rodrigo Bastos.

Tecnologia

Uma força-tarefa formada por 800 bombeiros tem realizado desde o fim de fevereiro vistorias em imóveis urbanos com a tecnologia do drone. Com o equipamento, é possível captar imagens em 4 K (altíssima resolução) que são enviadas em tempo real para um tablet. A tecnologia usada em parceria com a Secretaria de Saúde reduziu o efetivo disponibilizado e trouxe celeridade às ações. O monitoramento dos focos da dengue, do vírus zika e chikungunya, que era feito em cinco dias, tem sido concluído em menos de uma hora.

“Nossa parceria com a Secretaria de Saúde será mantida pelo tempo que for necessário para acabarmos com essa epidemia”, disse o tenente-coronel.

Afogamentos

Pela primeira vez no verão carioca, o drone tem contribuído para facilitar salvamentos de vítimas de afogamento, além de auxiliar os bombeiros em ações de prevenção. O equipamento, que fica na praia de Copacabana, será usado até o próximo dia 30.

“O drone é usado como medida preventiva. É com ele que monitoramos as áreas de perigo e avisamos aos guarda-vidas para que preparem os locais com placas sobre correntezas”, contou o coordenador da Covant.

O uso do drone adaptado a materiais de salvamento, como boias e cordas, tem sido estudado por bombeiros militares no centro de pesquisa da Coordenadoria de Operações com Veículo Aéreo Não Tripulado. O núcleo tem testado o uso de boias de salvamento tipo Rescue Tube, com formato flexível, e de cordas. A ideia é avaliar as diversas possibilidades de adaptação do drone para melhorar o tempo-resposta da atuação dos bombeiros, tanto nas praias como em diversas outras ações.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Avatar

    Gostaria de sugerir ao comando do CIOSP a adoção de medida semelhante, mas para observar o comportamento dos guardas municipais.

Untitled Document