>
quinta-feira, 26 de maio de 2022 - 14:29 h

TEMPO REAL

 

Capa / Região / Delegado investiga caso de oficiais de justiça feitas reféns pelo tráfico, em Angra

Delegado investiga caso de oficiais de justiça feitas reféns pelo tráfico, em Angra

Matéria publicada em 7 de junho de 2017, 12:48 horas

 


Angra dos Reis – O delegado titular da 166ª DP, Bruno Gilaberte, continua investigado o caso de duas oficiais de justiça. Elas foram feitas de reféns pelo tráfico de drogas há uma semana, no Areal.

As duas oficiais foram abordadas por três homens, armados de pistolas,  quando entregavam mandados judiciais naquele bairro.  Os bandidos mandaram as mulheres se afastassem do carro oficial, estacionado próximo a uma praça, e entregarem as armas.

Ao deporem na delegacia, as vítimas informaram que os marginais levaram as bolsas, mesmo após serem informados que não havia armas.

Segundo as vítimas, elas ficaram cerca de uma hora e meia em poder dos desconhecidos e só foram liberadas após muita negociação.  Os traficantes falaram ainda para as oficiais não entregarem intimações ou cumprirem mandados no Areal, sob a condição de entrarem e não saírem mais do local.

– Já existe um inquérito instaurado pela 166ª DP e a Polícia Civil está tentando verificar a estrutura da organização criminosa, no Areal, e descobrir quem foram os responsáveis por este ato contra as oficiais de justiça. Nenhuma investida contra os poderes constituídos do Estado será tolerada.  Haverá uma resposta séria deste fato – disse Gilaberte.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

11 comentários

  1. Esses bandidinhos pé-de-chinelo são piores do que os da capital. Vagabundo baixa-renda do brejo é tudo bucha e não tem nada a perder.

  2. A resposta ja veio hj, 3 bandidos mortos e 2 pistolas e 1 fuzil AK 47 apreendidos no areal

    • الفتح - الوغد

      Ak-47 é armamento que só se via na Região Metropolitana. Angra dos Réus tá igual Beirute…

  3. Não sei mais o que falta para endurecer as leis de tráfico! Talvez por motivos igual ao do Zezé Perrela?

  4. duvida…pra entregar mandado…nao precisa de escolta de pm?

  5. Não é só no bairro Areal – tem Belém, Frade, Jacuecanga, Camboa etc…bandidagem assumindo o controle. Alguém dos Direitos Humanos para apaziguar a situação????

    • É cada ignorante no seu galho

      Somente quando a coisa lá se profissionalizar e quando for necessário um caveirão é que o tal dos direitos dos manos que aparece. Enquanto isso direitos humanos de pessoas de bem e que trabalham não será atendida.

  6. Não aguento mais tanta violência. Vou me mudar pro Complexo da Vila Brasília em VR.

  7. Angra virou uma terra sem lei, está parecendo a cidade do Rio de Janeiro

Untitled Document
close