sábado, 22 de janeiro de 2022 - 05:07 h

TEMPO REAL

 

Capa / Polícia / Delegado tenta identificar bandidos que invadiram pousada em Angra dos Reis

Delegado tenta identificar bandidos que invadiram pousada em Angra dos Reis

Matéria publicada em 11 de dezembro de 2018, 08:07 horas

 


Arma apreendida será periciada (crédito PM)

Angra  dos Reis – O delegado titular da 166ª DP (Angra  dos Reis), Bruno Gilaberte, tenta identificar os 12 assaltantes que, no domingo (9), invadiram um condomínio de luxo, no bairro Mombaça. Os bandidos fizeram reféns 15 pessoas, entre turistas e funcionários de uma pousada localizada no condomínio.

Policiais militares foram recebidos a tiros e revidaram os disparos. Segundo os agentes, um dos integrantes da quadrilha foi baleado e morreu após ser levado para o Hospital Geral da Japuíba.  Outros comparsas conseguiram fugir sem levar nada das vítimas.

Os PMs libertaram os reféns que estavam amarrados com fitas adesivas. Uma pistola, possivelmente, usada pelo criminoso que morreu, foi apreendida e será periciada. O delegado requisitou ainda  imagens de câmeras instaladas no condomínio e pousada.  Depoimentos de vítimas e testemunhas estão sendo registrados.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Os vagabundos que assaltaram o condomínio e a pousada, segundo os esquerdeopatas,, são vítimas da sociedade opressora.
    Bando de covardes.
    Com a palavra os DH:s na pessoa de um certo deputado muito conhecido em defender bandidos do RJ.

Untitled Document