Doenças do outono: saiba como proteger a saúde dos idosos nesse período do ano

by ana Calderone

Cuidado com a alimentação é crucial para o fortalecimento do sistema imunológico / Foto: Depositphotos

País – Conhecida por ser uma estação do ano com significativas mudanças climáticas, é durante o outono que acontece uma transição de temperatura e aumento da umidade. Essas mudanças podem alterar e influenciar diretamente na saúde dos brasileiros, especialmente os idosos. Pessoas nessa faixa etária são mais suscetíveis à doenças respiratórias, alergias e resfriados, por isso, a adoção de práticas de prevenção é uma saída para evitar tais enfermidades. Silvia Camila Marchiore, gerente técnica da Home Angels, listou algumas dicas.

Hidratação: Um erro comum é associar hidratação somente no verão. A água é fundamental para o bom funcionamento dos órgãos e para a regulação da temperatura corporal. “Criar o hábito de ingerir líquidos antes mesmo de esperar ter sede é importante para que o idoso não corra riscos de desidratação. Por isso, o estímulo de ingestão de hora em hora, em pequenas quantidades, é um forte aliado para a hidratação correta”, afirma.

Alimentação balanceada: Essencial em qualquer estação do ano, o cuidado com a alimentação nesse período é crucial para o fortalecimento do sistema imunológico. Por isso, refeições com fartura em legumes, verduras e frutas são essenciais.

Roupas adequadas: A oscilação de temperaturas é comum, por isso atenção redobrada com as peças de roupas. “Principalmente pela manhã e à noite, é importante que idosos se mantenham aquecidos com peças confortáveis e de acordo com suas necessidades. Vale lembrar também do uso de meias com antiderrapantes e sapatos confortáveis”, destaca.

Monitorar a saúde: Exames regulares e visitas a especialistas são recomendados. Além disso, monitorar as condições crônicas, como pressão arterial e diabetes, também é importante. “A companhia de um cuidador de idosos para a administração correta de medicamentos e essas checagens de pressão e diabetes faz total diferença. Além de garantir a efetividade na prevenção e nos tratamentos de cada assistido, eles são ótimos acompanhantes nessa fase e que a maioria das pessoas sente grande solidão”, reforça Silvia.

You may also like

Leave a Comment

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996