>
sexta-feira, 1 de julho de 2022 - 19:55 h

TEMPO REAL

 

Capa / Tempo Real / Dupla vinda de Angra dos Reis é presa após assaltar joalheria em Barra Mansa

Dupla vinda de Angra dos Reis é presa após assaltar joalheria em Barra Mansa

Matéria publicada em 25 de novembro de 2020, 10:12 horas

 


Barra Mansa – Um assalto na manhã desta quarta-feira (25) assustou quem passava pelo Centro de Barra Mansa. Segundo as polícias Civil e Militar, a dupla que assaltou a Joalheira Regina, na Avenida Joaquim Leite, é de Angra dos Reis. A PM recuperou todo o material roubado, que foi avaliado em aproximadamente R$ 110 mil.

O delegado titular da 90ª DP, Ronaldo Aparecido de Brito, deverá indiciá-los por roubo qualificado e resistência, porque após o roubo ao estabelecimento, um dos  ladrões teria tentado retirar a arma de um PM, quando foi preso, também no Centro da cidade.

Também após o assalto, os policiais militares se depararam com vários assaltantes armados dentro de um Gol. Segundo os PMs, ao avistarem a viatura policial, os criminosos saíram do veículo e se dividiram, correndo cada um deles para um lado.

Um dos suspeitos foi preso na antiga estação de trem. Ele estava, de acordo com a PM, com um relógio escondido na cueca.

O outro foi preso após roubar uma caminhonete  Saveiro e bater, durante a fuga, na viatura da PM. Pela versão policial, ele reagiu e, por isso, foi baleado. O suposto assaltante foi levado para a Santa Casa de Barra Mansa, onde se encontra sob a escolta da PM.

Policiais militares apreenderam a faca e o revólver, calibre 38, usado pelos bandidos para render funcionários do estabelecimento comercial. Também foram apreendidas 10 munições intactas.

Susto

A perseguição entre bandidos armados e policiais militares, provocou corre-corre e tumulto entre populares. A polícia conseguiu recuperar 100% das peças roubadas da joalheria. Foram recuperados: 13 relógios, 369 pingentes, 67 brincos, 46 pulseiras, 21 cordões e 12 anéis.

O assalto foi registrado na 90ª DP (Barra Mansa), para onde foi levado um dos presos, já que o outro comparsa continua internado na Santa Casa de Barra Mansa. Ele teria sido baleado nas nádegas, segundo testemunhas.

A polícia procura por outros integrantes da quadrilha, que conseguiram fugir.

O delegado ouviu o suspeito e testemunhas. O delegado também aguarda o resultado do exame pericial feito no estabelecimento e no local do tiroteio, por agentes do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE), que será anexado ao inquérito que ele instaurou para apurar o crime.

Qualquer informação que auxilie o trabalho de investigação da polícia pode ser feito por meio dos telefones 2253-1177 (Disque Denuncia) ou 08000- 260- 667  (28º BPM).

No carro, utilizado pelos suspeitos, policiais encontraram caixas com produtos roubados da joalheria (Foto: Divulgação)


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. Parabéns aos guerreiros da Polícia Militar pela ação.

  2. Capeta da grota do Santa cruz

    Poxa se eram 3 então a PM perdeu a chance de mandar os 3 para o colo do CAPIROTO e pedir música no fan…t…com.

Untitled Document