domingo, 21 de abril de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Lazer / E a versão mais dark de 2018

E a versão mais dark de 2018

Matéria publicada em 10 de fevereiro de 2019, 10:18 horas

 


Versão Netflix do Mogli teve direção de Andy Serkis e atores talentosos

A versão 2016 do Mogli ainda estava recente na memória do público quando a Warner produziu “Mogli: Entre dois mundos” usando a mesma técnica. Captura de movimentos, animais criados por computação gráfica e atores famosos fazendo as vozes dos animais. Muita gente achou “Mogli: Entre dois mundos” superior a versão da Disney aí ao lado. O problema é que, para reduzir os custos da produção, a Warner se associou a Netflix na empreitada. E o filme acabou não sendo exibido nos cinemas e ficando restrito ao público que baixa filmes da internet.

A direção é de Andy Serkis, o ator britânico que ficou famoso emprestando seus movimentos para personagens como o Golum, do Senhor dos Anéis, e o chimpanzé César, da versão moderna do Planeta dos Macacos. Serkis reuniu um grande time de atores para fazer as vozes dos bichos como Christian Bale  de Bagheera, Kate Blanchet como a cobra Kaa e Benedict Cumberbatch com o tigre Shere Khan. Serkis reservou para ele mesmo um dos papéis principais, do urso Baloo.

Se Mogli foi a inspiração para Edgar Rice Burroughs criar o Tarzã, esta versão aproxima o menino lobo indiano ainda mais do senhor das selvas africano. Ao contrário dos filmes da Disney, onde a maior ameaça vem dos predadores da floresta, o tigre e a cobra, aqui o perigo é o homem.

Mogli tenta se aproximar de suas origens humanas e chega a ser adotado por uma família de um vilarejo indiano. Mas a chegada de um caçador coloca em risco todos os animais da floresta e Mogli vira um verdadeiro defensor da natureza contra a invasão humana em sua selva paradisíaca.

Ao contrário do Mogli da Disney esta versão não tem canções e foi rodada nas florestas da África do Sul. O tom é mais dramático, com os animais que criaram Mogli, como os lobos e o urso, cobrando do menino uma atitude contra os caçadores que ameaçam sua liberdade. O DVD é mais difícil de encontrar do que a versão da Disney, mas vale a pena uma busca em plataformas de streaming.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document