sexta-feira, 13 de dezembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Esporte / Em jogo de duas viradas, Flamengo e Vasco ficam no empate por 4 a 4

Em jogo de duas viradas, Flamengo e Vasco ficam no empate por 4 a 4

Matéria publicada em 14 de novembro de 2019, 01:10 horas

 


Partida teve sete gols a favor, um contra, duas viradas e 11 cartões

Partida quente começou com gol antes do primeiro minuto e fechou com empate aos 47 do segundo tempo – Foto: Vasco.com.br

Rio de Janeiro – Em jogo de oito gols, Flamengo e Vasco empataram por 4 a 4, nesta quarta-feira, no Maracanã, em jogo antecipado da 34ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, os rubro-negros chegaram a 78 pontos, mas não podem conquistar o título antecipado no fim de semana. Já os cruzmaltinos, com 43, seguem com o sonho de chegar na zona de classificação da Libertadores.

O clássico começou logo com um gol do Flamengo, marcado por Éverton Ribeiro. Só que o Vasco virou ainda na etapa inicial, com gols de Marrony e Yago Pikachu. Antes do intervalo, os rubro-negros ainda empataram após gol contra de Danilo Barcelos.

No segundo tempo, o Vasco marcou o terceiro, com Marcos Júnior. Desta vez, foi o Flamengo que virou, com dois gols de Bruno Henrique. Só que nos acréscimos, Ribamar marcou o quarto dos cruzmaltinos e decretou a igualdade no Maracanã.

Na próxima rodada, o Flamengo vai até Porto Alegre para enfrentar o Grêmio, no domingo. O Vasco só volta a campo na segunda-feira, quando recebe o Goiás, em São Januário.

 

O Jogo

O Flamengo começou com tudo e abriu o placar no primeiro minuto do clássico. Reinier fez boa jogada individual e tocou para a área, Gabigol escorou e Everton Ribeiro mandou para a rede.

Com dois minutos, os rubro-negros quase marcaram o segundo, com Gabigol, mas o atacante chutou em cima de Fernando Miguel. O Vasco não se intimidou e criou sua primeira boa chance aos seis, em cabeceio de Marrony.

A partir dai, os cruzmaltinos melhoraram a marcação e passaram a ter as melhores chances de gol. Guarín e Rossi assustaram, mas finalizaram para fora. O zagueiro Rodrigo Caio ainda quase marcou contra. O Flamengo seguia em busca do ataque, mas pecava nos passes no setor ofensivo.

De tanto insistir, o Vasco chegou ao empate aos 34 minutos. Em avanço rápido, Rossi cruzou, Raul escorou de cabeça para Marrony mandar para a rede.

O revés foi sentido pelos rubro-negros, que viram o Vasco virar aos 36 minutos. Yago Pikachu fez linda jogada e foi derrubado na área por Rodrigo Caio. O árbitro marcou pênalti, convertido pelo lateral direito.

Nos minutos finais, o Flamengo pressionou e conseguiu o empate já nos acréscimos. Gabigol cobrou falta para o lado para Rafinha. O lateral cruzou rasteiro, Danilo Barcelos tentou o corte e colocou para a própria rede para deixar tudo igual no intervalo.

No segundo tempo, o Flamengo voltou pressionando o Vasco, mas viu os cruzmaltinos chegarem ao gol aos seis minutos. Rossi cruzou rasteiro para a área para Marcos Júnior, livre, apenas tocar para a rede.

O gol não mudou a postura do Flamengo, que seguiu tendo mais posse de bola, mas pouco incomodava o Vasco. No entanto, os rubro-negros chegaram ao empate aos 19 minutos. Em contra-ataque rápido, Bruno Henrique tabelou com Arrascaeta e chutou para a rede.

O empate deu ânimo aos flamenguistas, que aumentaram a pressão em busca do gol. A virada quase aconteceu aos 24 minutos. Filipe Luís cruzou, mas Gabigol não conseguiu a finalização. A bola chegou em Bruno Henrique, que chutou sobre o travessão. Só que aos 35, o Flamengo virou no Maracanã. Após cruzamento, a bola chegou em Bruno Henrique, que chutou de primeira para a rede.

Nos minutos finais, o clássico voltou a ter emoção quando o Ribamar foi lançado na área e chutou para grande defesa de Diego Alves. Só que nos acréscimos, o mesmo Ribamar marcou o quarto do Vasco para decretar o empate no Maracanã.

 

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 4 X 4 VASCO

 

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: 13 de novembro de 2019 (Quarta-feira)

Horário: 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa-SP)

Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Bruno Raphael Pires (Fifa-GO)

Cartões amarelos: Gabigol, Rafinha, Filipe Luís, Gerson, Bruno Henrique e Willian Arão (Flamengo); Richard, Marrony, Raul, Yago Pikachu e Rossi (Vasco)

 

GOLS

FLAMENGO: Everton Ribeiro, a 1min do primeiro tempo; Danilo Barcelos (contra), aos 49min do primeiro tempo; Bruno Henrique, aos 19 e 35min do segundo tempo

VASCO: Marrony, aos 34min do primeiro tempo; Yago Pikachu, aos 36min do primeiro tempo; Marcos Júnior, aos 6min do segundo tempo; Ribamar, aos 47min do segundo tempo

 

FLAMENGO: Diego Alves; Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luís; Willian Arão, Gerson (Vitinho), Everton Ribeiro (Piris da Motta) e Reinier (Arrascaeta); Bruno Henrique e Gabigol

Técnico: Jorge Jesus

 

VASCO: Fernando Miguel; Yago Pikachu, Osvaldo Henriquez, Ricardo Graça e Danilo Barcelos; Richard, Marcos Junior (Bruno Cesar), Raul (Gabriel Pec) e Freddy Guarín; Rossi e Marrony (Ribamar)

Técnico: Vanderlei Luxemburgo


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

9 comentários

  1. Avatar

    Depois de muito tempo, assisti a um jogo do futebol brasileiro. Me chamou atenção o comportamento da imensa torcida do Flamengo presente no estádio. Só apoiava o time quando esse estava ganhando. Quando o Vasco empatou e estava à frente no placar, a chamada “nação” emudeceu.

  2. Avatar

    Vou ser o primeiro a dizer CHUUUUUPAAAA Zelso. Quando o mengão ganhar do River.

    • Avatar

      Fica o exemplo a ser seguido por todos os times nunca subestime o time adversário levar 4 gols de um time igual esse Vasco está no momento é de deixar qualquer um de cabelo em pé

    • Avatar

      Rafinha é um péssimo ser humano e está contaminando o grupo, veja as declarações do Bruno Henrique ao fim do jogo, soberba. O mais engraçado é que nem sabem falar, analfabetos com dinheiro. Esse Carlos Jesus é comum , não tem nada demais, sem falar que as lixeiras são quebradas quando o flamengo ganha o vandalismo aumenta.
      Se ganhar do River vou embora do Brasil, moro até no Paraguai

    • Avatar

      Concordo. Pois empatar contra o vasco é pra fazer qualquer time repensar e ver onde está errando kkkkkkk.

  3. Avatar

    Esse flamengo quando joga mau, empata, mas nunca perde! Poxa, ninguém ganha desse time do flamengo. Vou ter que virar flamenguista. Que droga!

  4. Avatar

    A torcida vascaída comemorou o empate como se fosse o título! kkkkkkkkkkkkkk. É notório ver quando um time está se apequenando.

  5. Avatar

    Eu falei que o gás tá acabando.
    Duvido que aguenta o River. Duvido.
    Picachupa passou por dentro deles como quis e agora vão entrar no peru pra sorrir mesmo perdendo o jogo.
    Mais uma coisa, meus vizinhos estão apreensivos mal comemoram os gols kkk acho q estão vacinados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document