Em meio à pandemia, ‘VR Cidade da Música’ e Orquestra Sinfônica adotam aulas online

by Diário do Vale

Plataforma de videoconferência aproxima os 35 músicos profissionais dos 50 estudantes
(Foto: Redes sociais)

Volta Redonda- Cinquenta jovens, com idades entre 15 e 18 anos, integrantes da Banda de Concerto e Orquestra de Cordas do Projeto Volta Redonda Cidade da Música, estão tendo aulas online devido a pandemia do novo coronavírus. As aulas tiveram início no dia 1 deste mês e seguirão até novembro, a programação didática inclui lives e exercícios de técnica diária do instrumento, além de sugestão de repertório pelos professores, a partir do que cada aluno vem estudando.
Na prática, uma plataforma de videoconferência aproxima os 35 músicos profissionais dos estudantes, que são orientados por monitores e professores do projeto. Os alunos têm aulas virtuais de clarineta, contrabaixo, flauta, percussão, trombone, tuba, trompa, trompete, viola, violino e violoncelo. Quando possível, as aulas são realizadas com a estrutura online na sede do projeto, no bairro Vila Mury, respeitando os protocolos sanitários e de distanciamento necessários para evitar o contágio da Covid-19.
A parceria também inclui lives especiais para os jovens músicos com residentes da Universidade Federal Fluminense como os grupos Música Antiga da UFF e Quarteto de Cordas da UFF e o fagotista Jeferson Souza (OSN). Além disso, está prevista a produção de um documentário sobre o intercâmbio educativo-musical entre a OSN e o Volta Redonda Cidade da Música. Uma das coordenadoras do projeto em Volta Redonda, a maestrina Sarah Higino, informou que o relacionamento com a universidade não surgiu agora.
– Há anos a Orquestra de Cordas de Volta Redonda é convidada para participar da série de concertos que a Orquestra Sinfônica Nacional realiza no Teatro da UFF, em Niterói – lembrou.
Ela acrescentou que, neste momento de pandemia, quando fomos obrigados a diminuir nossas atividades, o músico que está acostumado a trabalhar em conjunto também teve que se adequar às novas diretrizes que inclui o distanciamento social.
– Ao mesmo tempo, o musicista precisa se manter tecnicamente e musicalmente ativo. Daí surgiu a ideia do intercâmbio musical entre a OSN e o VR Cidade da Música. O encontro online aproxima e gera conhecimento e troca de experiências – disse Sarah.

O projeto

O Volta Redonda Cidade da Música foi idealizado e implantado há 46 anos pelo professor e maestro Nicolau Martins de Oliveira e atualmente também é coordenado pela maestrina Sarah Higino e pelo maestro José Sérgio Torres da Rocha. Para o prefeito Samuca Silva, a música é uma expressão artística importante, presente no cotidiano da maioria das pessoas.
– Estimular a prática, desde a infância, e oferecer a formação adequada na área é também um dos papéis do poder público para promover a educação da população – disse o prefeito, reforçando que o “Cidade da Música” cumpre este papel com maestria em Volta Redonda.
O projeto abrange 39 escolas da Rede Municipal de Ensino – unidades da Secretaria Municipal de Educação (SME) e Fevre (Fundação Educacional de Volta Redonda), alcançando 4,6 mil crianças, adolescentes e jovens, dos ensinos Fundamental e Médio. É considerado um celeiro de talentos e, de 1974 até hoje, já formou uma série de músicos que se profissionalizaram em conjuntos e orquestras no Brasil e no exterior.
A OSN-UFF, parceira do projeto em Volta Redonda, tem 59 anos de fundação. É uma das principais orquestras do meio musical brasileiro e, em sua missão de fomentar e difundir a música brasileira de concerto, acumula experiências no campo da educação, realizando aulas de campo, concertos didáticos, projetos itinerantes e extensionistas no estado do Rio de Janeiro.

You may also like

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996